sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Retrato de uma Princesa desconhecida


Imagem retirada da Net

Para que ela tivesse um pescoço tão fino
Para que os seus pulsos tivessem um quebrar de caule
Para que os seus olhos fossem tão frontais e limpos
Para que a sua espinha fosse tão direita
E ela usasse a cabeça tão erguida
Com uma tão simples claridade sobre a testa
Foram necessárias sucessivas gerações de escravos
De corpo dobrado e grossas mãos pacientes
Servindo sucessivas gerações de príncipes
Ainda um pouco toscos e grosseiros
Ávidos cruéis e fraudulentos

Foi um imenso desperdiçar de gente
Para que ela fosse aquela perfeição
Solitária exilada sem destino


Sophia de Mello Breyner Andresen

8 comentários:

Anita disse...

Ame a vida porque nascemos para amar.
E se alguém lhe perguntar o que fez da vida, diga apenas, AMEI !!!

Um maravilhoso e amoroso fim de semana.

Amanhã teremos mais uma reunião de casais cá por casa e o pastor valdemar virá dar o estudo.
Que Deus possa abençoar os 10 casais aqui presentes e suas famílias.
Há tanta para fazer na área da família...

Adorei a foto e o belo poema!

Beijinhos.
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

Rosa disse...

Na Vida é assim mesmo.
Para que uns "brilhem" outros no anonimato, trabalham, servem, são usados e até escravizados.
Sem recompensa, sem algum dia aparecerem na ribalta, sem "gemer" as dificuldades da vida.
Pacientemente vergam a cerviz diante "dos donos" (vamos conhecendo alguns)

Aceitação ou resignação.

O certo é que fazem os "retratos de muitas princesas desconhecidas".

Beijos Viviana.
Boa tarde de sexta- feira.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Viviana!As princesas desconhecidas pululam no mundo a mercê de seus algozes,infelizmente!!!

Beijos com carinho!!!Sonia Regina.

Luciana Bernardo disse...

Olá D. Viviana
Obrigada simplesmente por me deixar ver seu exemplo de vida e de alegria.
Abraços bem apertados,
Lu Bernardo

Ao toque do amor disse...

Aqueles que tem a luz de Jesus em suas vidas, brilham sempre, não importa o que façam.
Amei a tela.
Voce sempre surpreendendo.
Parabens
San

Ana Maria disse...

Linda princesa!
Tenha um sábado glorioso!
Bjinhos!

bete disse...

Olá Viviana, estive longe dos blogues por mais de uma semana, meu filho usou o computador direto por esse tempo todo fazendo uns trabalhos. O pior é que ele forçou muito a máquina, então está lento lento. Mas aos poucos vou colocando minhas leituras em dia. Dei uma lida em tudo o que há aqui, gostei especialmente sobre as camélias, amo muito essa flor.

Fique bem, fique na Paz,tenha um lindo domingo, beijão.

BC disse...

Olá amiguinha Viviana, tenho andado doente, só agora apareci com mais alento e tempo.
A POESIA DA SOPHIA É SEMPRE BELA E IMORTAL!!!!
Beijo
Isabel