terça-feira, 20 de maio de 2014

Entre a vida e a morte, escolhe viver

A bela Silene rosada - protegida pela rocha.
Fonte da imagem: 
http://obotanicoaprendiznaterradosespantos.blogspot.pt/
Encontrei este texto e este vídeo, no blogue da minha amiga, e irmã em Cristo,  Vilma,  - http://coisasdemim.blogspot.pt/ - Não resisti a trazê-los, para os partilhar aqui, com os amigos.
Obrigada Vilma, por os ter publicado.

Entre a vida e a morte, escolhe viver


«Hoje pela manhã lia uma passagem na Bíblia, que gosto muito e que diz assim:



"Por isso nunca desanimamos. E ainda que o nosso corpo fisicamente envelheça, interiormente contudo ele renova-se, com novas forças, dia após dia. Estas tribulações por que passamos, no fim de contas relativamente leves e passageiras, resultam numa abundância de ricas bênçãos de Deus, agora aqui, e para toda a eternidade.  E assim não nos prendemos com as coisas do tempo em que vivemos, mas procuramos fixarmo-nos naquelas que ainda não vemos. Porque as coisas desta vida passarão um dia; mas as realidades de Deus permanecem eternamente." - 
2 Coríntios 4:16-18


Esta passagem faz-me sempre pensar em muitas coisas.


Uma delas é que eu sou uma alma e tenho um corpo!
E este corpo é o lugar onde a minha alma vive.
Nem sempre me sinto bem com o meu corpo, por causa de problemas de doença, mau estar e com o passar dos anos, com o natural envelhecimento dele.
Na verdade, o meu corpo caminha para ficar em ruínas!

Apesar de todos os esforços humanos para conseguir vencer o envelhecimento, não há nada que reverta o processo que nos conduzirá à morte. A Bíblia mesmo nos diz que a morte é o salário do nosso pecado! Não há como fugir dela!
E nesta época materialista, em que cada vez mais se levanta um culto ao corpo, à saúde, ao bem estar, etc., esquecemo-nos que aquilo que é real, a parte permanente e eterna em nós, é invisível! Não se vê!


Não é errado cuidar do corpo. O problema está em não cuidar da nossa saúde espiritual, da nossa alma, pois é ela que permanecerá, quer se creia ou não nisso.
Então, aquilo que observo, é que os consultórios médicos estão cheios, mas cada vez menos as pessoas procuram O médico da sua alma, pois  acredito que boa parte dos problemas físicos  e emocionais, têm a sua origem dentro de nós, na nossa alma.
Deus deu-nos o fôlego da vida e o homem foi feito alma vivente. Deu-nos inteligência, consciência e vontade própria. Essa vontade própria levou-nos a escolher viver longe Dele.
E podemos sentir e viver o que essa separação tem causado.
Mas temos esperança, pois o mesmo Deus que nos criou, também construiu a ponte que nos liga outra vez a Ele:  seu Filho Jesus Cristo!
E na ressurreição, aquilo que é mortal, se revestirá de imortalidade e seremos semelhantes a Ele e para sempre viver na Sua presença!
Por isso, quando sinto dores no corpo, e sofro com isso, sei que é por breve tempo.
Aquilo que me aguarda não tem comparação com aquilo que vivi aqui!

Já agora, assistam a este vídeo. Faz-nos reflectir sobre isto também. Parece macabro fazer uma reflexão num cemitério, mas é onde todos iremos parar um dia: velhos, novos, ricos, pobres .. todos! A reflexão é muito boa! São 7 minutos que valem a pena .. talvez faça diferença para o agora e na tua eternidade»!

3 comentários:

Vilma Correia disse...

Querida Viviana é sempre com alegria que recebo as suas palavras. Sei como neste momento das vossas vidas, são preciosas reflexões como esta. Que ela possa confortar o seu coração e de todos aqueles a quem a for partilhar. Sinta-se sempre livre para se servir neste cantinho e partilhar, pois estas sementes um dia, serão como uma árvore frondosa cheia de folhas e frutos e sombra para quem se alimentou dela. Um grande beijinho e que o Senhor vos conforte .

Viviana disse...


Querida Vilma

Obrigada, por as suas boas palavras.
Sei que os irmãos na sua Igreja estão a Orar pelo meu irmão, pastor Requeiras e, por nós, família.

O Senhor tem sido misericordioso e meu irmão está bastante melhor.
Um grande abraço
Viviana

dilita disse...

Querida Viviana

Gostei! E admirei esta fé tão forte e indestrutível. Feliz de quem a possui!

Beijinho tara si, e boa semana.
Dilita