quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Faz hoje cento e três anos que nasceu a minha doce Mãe

Assim era a minha Mãe

10  - 12 - 1911 - 10 - 12- 2014 = 103 anos

Filha mais velha  de Alvar Ocean Bengelsdorff (Finlandês) e de Olga Schwartz (Alemã)

Nasceu em Bompland - Missiones - Argentina
Casou com um português  do Minho - José Baltazar Regueiras - emigrado-  do qual teve cinco filhos, a saber: Olga  - que  voltou para Deus , pequenina - bébé.
Esperança (a maninha), Viviana, João Serafim e Teresa Néli.
Tem sete netos e dez bisnetos.

A minha Mãe, foi uma mulher extraordinária! Uma lutadora!
Enfrentou lutas, contrariedades, dificuldades,  trabalhos, separação dos seus pais e irmãos (a quem nunca mais viu)  por um Oceano Atlântico .
Crente fiel, amava e reverenciava o Deus - Eterno.
Nas suas casas (teve várias) sempre se pregou o Evangelho de Cristo. Primeiro  juntamente com o meu Pai e depois dele partir para a morada Eterna, ela sòzinha. Faziam-se Cultos, dirigidos por pastores e missionários convidados. Convidavam-se os vizinhos e a sala ficava cheia.
Na última casa - a casa da aldeia - também se promoviam reuniões evangelísticas para crianças. 
Eram dirigidas pelo querido irmão Pastor Jorge Ligeiro,  então, jovem,  e hoje, pastor da Igreja Baptista de Tomar. Nesta última casa, as pessoas interessadas eram tantas, que já não cabiam na sala.  Alugou-se uma casa  e foi então  organizada a Missão Baptista de Maceira - Pero - Pinheiro.
A mãe continuou a testificar do amor de Cristo.
Passava muito tempo, sózinha - o Pai partiu cedo  - 1975 - e ela tinha uma Bíblia e um Hinário sempre junto de si, e qualquer vizinho ou visita que chegasse, não saía sem tomar um cházinho, comer um biscoito, ouvir uma leitura Bíblica e participar de uma oração.
Era assim, a minha Mãe.
Há doze anos, com noventa e um anos de vida, na posse de todas as suas faculdades mentais (lembrava-se de tudo . datas de nascimento dos familiares  da Argentina, etc.) deixou-nos.
Descansa agora no céu, sua morada eterna, onde um dia nos iremos encontrar. É uma questão de tempo.
Os quatro filhos, os sete netos e os dez bisnetos, seguem todos  o caminho que a avó Nena e o avô  Regueiras  nos  desafiaram a seguir: O caminho  do Evangelho de Cristo.

Neste dia, que faz cento e três anos que a minha doce mãe nasceu, há no meu coração uma enorme, enorme GRATIDÃO!
Não há dia nenhum em que nas minhas  orações eu não agradeça ao Deus de Amor e Bondade, pelo Pai e pela Mãe que ele preparou para mim.
O Pai e a Mãe, só não estão comigo fisicamente, porquanto o seu espírito  está permanentemente comigo.
Obrigada  Senhor Muito Obrigada!
Por o Pai e a Mãe que me deste.

Eles ajudaram-me a ser muito feliz!

12 comentários:

Manuela Pacheco disse...

Lindo Viviana como eu gostaria de poder dizer assim um pouco dos meus.Mas hoje, que os meus filhos Rui e Rita fazem 41 anos de vida eu gostaria de estar feliz, mas eles estão longe, ele em Itália e ela em Espanha e quase não sei deles!Um grande abraço para si. Manuela

Maria disse...

Logo que abri o blog, dei com os olhos na Nena. Não pude deixar de sorrir-lhe...

Como eu gostava dela!

"Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.
Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça.
Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva.
Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada.
Dai-lhe do fruto das suas mãos, e deixe o seu próprio trabalho louvá-la nas portas."
Provérbios 31:10, 27-28, 30-31

Parabéns para todos que tiveram o prazer de a conhecer.

Rosa disse...

Olá Viviana.


Bonito o que escreve sobre a mãe.

E em jeito de homenagem, um proverbio a ela (ou a todas as mães) dedicado

"É mais preciosa do que rubis;
nada do que você possa desejar
se compara a ela".
Provérbios 3:15



Viviana, uma noite quentinha e feliz.

Abraços.

Viviana disse...

Querida Manuela

Como eu a compreendo...boa amiga

O meu abraço muito apertadinho

Viviana

Viviana disse...

Querida Mimi

É...

Eu sei, eu sei bem...quanto carinho a Mimi tem para a Nena.

E a Nena tinha para si...

Saudades

Um abraço muito afectuoso
Viviana

Viviana disse...

Querida Rosa

Que benção, eu e os meus irmãos tivemos com os pais que o Senhor escolheu para nós!
Não me canso de agradecer, agradecer

Obrigada

Um forte abraço
Viviana

esperança disse...

Há maninha querida, tenho andado muito ocupada…O tempo é pouco, os dias pequenos, e além disso, quando não tenho tranquilidade absoluta não posso estar no computador.

Vim aqui agora e que bom!!!...Foi ver a carinha saudosa e tão querida!!!... Da nossa mãe.

Escreveste bonito e com verdade uma boa parte do que foi a vida indescritível daquela grande senhora!!!...Em todas as árias da vida. Eu admirava-a, e admiro-a muito!!!...

Olha minha querida; faço minhas, as tuas palavras…. E as palavras da Mimi. E as da D. Rosa, que muito apreciei e assentam á nossa mãe como uma luva. Muito obrigada!!!...

Abraço apertado ás tuas e minhas amigas, com o desejo de Festas em santidade…E que o Ano Novo traga saúde, e que os anseios de todos os que amamos se concretizem…

Viviana disse...

Querida maninha Esperança

Eu sei...que os teus dias estão cheiínhos que nem um ovo!

Quanto ás palavras lindas das nossas amiguinhas para a nossa mãe...também me tocaram muito!

Ao Senhor toda a gratidão, louvor e glória!

Um beijinho
viviana

Orlando Arraz disse...

Estimada irmã em Cristo, Sra.Viviana. Me comovi lendo a biografia de sua mãe,e junto com a Sra. louvo a Deus por mulheres como ela. Verdadeiras mulheres de Deus que souberam conduzir seus filhos nos santos caminhos do Senhor.
Também vi a publicação que dez sobre "Uma casa oferecida a Deus", e agradeço sua generosidade em poder estampá-la no seu Blog, que é uma verdadeira fonte de bênçãos. Que o Senhor nosso Deus continue a abençoá-la.Forte abraço de seu irmão em Cristo,do outro lado do oceano.

Viviana disse...

Meu amado irmão Pastor Orlando Arraz Maz

Estou-lhe muito grata pela sua visita e as suas palavras aqui deixadas.

Deram-me muita alegria, creia!

Na verdade, fui muito abençoada pelo pai e a mãe que o Senhor me deu.

Foram exemplo para os filhos e para os netos.

Ao Deus de todo o amor e bondade, Toda a Glória! Toda a Adoração e Louvor.

Um grande abraço
Viviana

Avozinha disse...

Gostava muito desta grande senhora. Admirava a sua alegria, mesmo em tempos difíceis. Saudades!

Viviana disse...

Querida Eunice

Eu sei, eu sei, quanto a admirava!

Ela também tinha um carinho especial por a sua família.

Foi muito bonita e importante a amizade recíproca.

SAUDADES!? MUITAS!!!

Um abraço
Viviana