segunda-feira, 5 de junho de 2017

Bucólica - Um poema de Miguel Torga

O poeta português - Miguel Torga
Bucólica

A vida é feita de nadas:
De grandes serras paradas
À espera de movimento;
De searas onduladas
Pelo vento;

De casas de moradia
Caídas e com sinais
De ninhos que outrora havia
Nos beirais:

De poeira;
De sombra de uma figueira;
De ver esta maravilha:
Meu pai a erguer uma videira
Como uma mãe que faz a trança à filha.

(Miguel Torga - no livro - Poesia Completa I)
      Buarcos, 20 de Agosto de 1937

2 comentários:

esperança disse...

Boa tarde minha querida maninha linda!...Que neste novo dia que Deus nos concede para desfrutar de coisas boas incontáveis, faço votos para que estejas benzinho,

Foi bom encontrar aqui mais um poema de Miguel Torga. Os poemas dele dizem-me muitoooo…Não há um que eu goste.

Aproveito para te dizer que ontem falei com os meus três amores e tudo está a correr normal, graças ao nosso Deus o menino está bem.

Tem, tenhamos todos, um dia, em tudo, abençoado.

Fmaria Mesquita disse...

Muito lindo este poema Viviana. Abraço e um dia cheio de sorrisos. Tantos como os inúmeros bater das asas das borboletas ( também li o texto acima sobre as borboletas)