terça-feira, 25 de agosto de 2009

Porque será?


Imagem da net

Há algum tempo atrás, estando eu a almoçar numa pisaria com o Jorge e o Zé, chamou-me a atenção, um casal na casa dos sessenta, que estavam na mesa em frente, e que desde que chegaram até que sairam, não dirigiram sequer uma palavra um ao outro.
Aquilo fez-me pensar!
Como é possível, sentar-se á mesma mesa, comer uma refeição, virados um para o outro... e não terem nada para dizer ou conversar?
De repente, reportei-me, imaginariamente claro, ao tempo em que eram jovens e namoravam.
Quanta coisa teriam para conversar!
Quanta coisa bonita teriam eles dito um ao outro?
E continuei:
O que é que entre eles aconteceu, para não terem mais nada para dizer um ao outro?
Então, não é agora quando ambos estão de cabelos brancos e a envelhecer dia - a - dia, que mais precisam e mais deveriam conversar, para se apoiarem e ajudarem ?

17 comentários:

neli araujo disse...

Vivi querida,

Eu quase chorei ao ler este teu post, do tanto que ele me emocionou...

Muito triste isso...mas infelizmente acontece o tempo todo, amiga!

beijo carinhoso,

Neli

gaivota disse...

é assim, viviana, ficou tudo dito... talvez cada um receie o que possa dizer, já não haverá "futuro"...
se lá fores, à Vaca Argentina, podes dizer que és minha amiga, que eu sou a "mãe portuguesa" desses hoquistas argentinos, eles bem nos conhecem, íamos lá muitas vezes! e têm outros petiscos, aregntinos também, e "dulce de leche", hummmmmmmmmmmmmmmm
beijinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

É VERDADE QUERIDA VIVI, MAS AGORA JÁ ESTÃO SATURADOS UM DO OUTRO, NÃO SOBERAM ALIMENTAR A AMIZADE E O AMOR QUE UM DIA DEVEM TER TIDO... PENSO EU... ADORO-TE AMIGA,
FERNANDINHA

Rosa disse...

Olá viviana
Como se sente hoje? espero que melhor.
Olhe Viviana, não ouviu, nem imagina a gargalhada que agora dei.
É que ao abrir o post, o que apareceu foi a foto, e o pensamento foi, olha eu eu sr.helder daqui a uns anitos :))
Mas agora a sério, essa situação causa me uma certa impressão, como é possível, parece que findam os temas, parece que cada um pensa para si...
Para mim não dá, então se não tenho tema "há sempre" invento um, calados é que não dá.

Viviana, uma boa tarde.
Até mais logo se Deus quiser.
beijos

esperança disse...

Olá! Maninha muito querida, bom dia!!
Que a tua noite tenha sido boazinha, e oxalá tudo se vá recompondo na tua saúde.

Também digo: como é que é possível ?! Eu não conseguia, sou como tu, falo com tudo e com todos...até tenho este lema: " que não se ponha o Sol sobre a tua zanga".
Sabes que, quando ainda tinha a minha lojinha, tinha um casal amigo, que não se falavam,estavam zangados sempre, só diziam um ao outro o indispensável.
Tenho pena dessas pessoas; não sabem o que perdem...pois é quando somos já idosos, que mais precisamos do apoio, da compreensão, e da ajuda um do outro. O fogo da paixão passa com o tempo, mas fica o melhor, fica amizade verdadeira, ou seja o cerne de uma vida.

Cumprimentos Aí em casa, e beijinhos para ti minha irmãzinha querida, com o desejo de, tuas melhoras.
Esperança

renato disse...

Olá Viviana,

Sabe, Viviana, que por vezes é muito dificil avaliar uma situação como descreve! Podem ter tido algo que os fez silenciar, e por vezes, nas nossas vidas, o silêncio é de ouro!

Sem saber o porquê da situação, não me atrevo a "condenar" nem a pensar que é "triste" estar 1 ou 2 horas sem falar!

A melhor questão que podemos abordar é colocar a pergunta, como a Viviana o fez: "Porque será"?

Um abraço,

Renato Oliveira

Jacira mavignier disse...

Oi, Viviana!

Sua pergunta é: "Porque será?"
Infelizmente, creio eu, na maior parte das vezes, é porque o diálogo se esgotou, o amor se esvaiu, a amizade e o companheirismo não existem mais...só resta a presença, que é diferente da companhia.

Quando o relacionamento chega a esse ponto, como disse o famoso escritor e psicanalista cristão Paul Tournier, (Culpa e Graça) tem de haver uma metanóia, ou seja, mudança de mente, nos dois. Diante de Deus.

Se somente um dos lados quiser mudar, é melhor que não fiquem juntos. Pois a amargura se fará presente dia a dia.

Beijos

Viviana disse...

Neli querida

"Acontece e o tempo todo"

È verdade amiga.

Este foi só um, dos muitos...que eu observo todos os dias.

Não deveria ser assim.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Olá Gaivota linda

"Ficou tudo dito".

Ditosos os que ainda, e cada vez mais...têm coisas para dizer um ao outro.
Tambem há, felizmente.

Quando fôr á "Vaca argentina", o que espero será breve, falarei de si, concerteza boa amiga.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida Fernandinha

Poetisa linda

A Sua alma poética e sensível, sabe muito bem do que estamos a falar...
Disso não tenho a mínima dúvida.

Tambem lhe quero muito bem

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida Rosa

Ri-me á farta da sua gargalhada!

Contei ao Jorge.

Sabe que eu estive mesmo para escrever por baixo da foto:

Eu e o Jorge daqui a algum tempo.

Mas imaginei-me mesmo...

A Rosa e o Helder têm um amor tão lindo!

Uma maravilha!

Que Deus o preserve.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Olá minha linda maninha Esperança

Sim, eu sei que tu entendes muito bem o que é que eu quero dizer.

Tu e o teu João Pedro são um exemplo a seguir.

Um amor muito lindo!

Muito forte.

Parabens e que Deus vos abençoe sempre.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Olá Renato, mru bom amigo

Tem razão.

Nós não sabemos o porquê.

Mas infelizmente vê-se tanto!

È tudo muito complexo nas relações humanas...

Saibamos ser sábios, com a ajuda de Deus.

Um abraço

viviana

Viviana disse...

Jacyra, minha querida amiga

Tão sábias as suas palavras!

A minha amiga percebe do assunto.

E gostei tanto que citasse o Paul Tournier.

Tenho o lvro de que fala e outros que focam o tema.

Quando era mais "jovem" cheguei a apresentar Palestras familiares, baseadas em temas apresentados por este grande home, nos seus livros.

Um beijo

viviana.

Avozinha disse...

Alguém disse que a melhor comunicação se faz sem palavras! Há gente que fala fala por recear o silêncio. Há que ser positivo!

tina disse...

Com certeza presença é bem diferente de companhia. Mas para quem é jovem vai um conselho. Não case com quem não gosta de conversar.Não case com quem só gosta de diversão e não de obrigação.E o mais importante: jamais confundam sexo com amor. Amor é aquilo que vara além do sexo.Amor é caridade, companhia, afeto, cumplicidade. Amor não é sexo.Estes casais já velhos, que não conseguem trocar palavras, ter diálogo é pq viveram uma vida de aparências, baseada no sexo,agora findo os folguedos, pq tudo acaba restou duas múmias burras a se odiarem. Percebe-se isto nitidamente nos olhares destes infelizes. Tenho 59 anos. Experiência própria.Se você for a um supermercado, observe se não são as velhinhas que estão fazendo compras e carregando suas bolsas pesadas.Os velhinhos? Ah cadê eles...!!??nos bares bebendo, olhando para as bundas das moças que passam se achando que são os tais.

tina disse...

Com certeza presença é bem diferente de companhia. Mas para quem é jovem vai um conselho. Não case com quem não gosta de conversar.Não case com quem só gosta de diversão e não de obrigação.E o mais importante: jamais confundam sexo com amor. Amor é aquilo que vara além do sexo.Amor é caridade, companhia, afeto, cumplicidade. Amor não é sexo.Estes casais já velhos, que não conseguem trocar palavras, ter diálogo é pq viveram uma vida de aparências, baseada no sexo,agora findo os folguedos, pq tudo acaba restou duas múmias burras a se odiarem. Percebe-se isto nitidamente nos olhares destes infelizes. Tenho 59 anos. Experiência própria.Se você for a um supermercado, observe se não são as velhinhas que estão fazendo compras e carregando suas bolsas pesadas.Os velhinhos? Ah cadê eles...!!??nos bares bebendo, olhando para as bundas das moças que passam se achando que são os tais.