quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Preservação - Um poema de Miguel Torga


Imagem da net

«Chama-se liberdade o bem que sentes,
Águia que pairas sobres as serranias:
Chamam-se tiranias
Os acenos que o mundo
Cá de baixo te faz;
Não desças do teu céu de solidão.
Pomba da verdadeira paz,
Imagem de nenhuma servidão.»

Miguel Torga)