sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Sonhos Perdidos - Um poema de Edite C. C. Pereira

O céu azul da esperança...fotografado por mim aqui em Mira-Sintra.

SONHOS  PERDIDOS

«Por onde andam os sonhos
que sonhei quando criança?
Era tão grande a esperança
que me enchia o coração!
Os meus sonhos onde estão?

Por onde andam os sonhos
que sonhei na mocidade?
já tenho tanta saudade
dos impulsos, da paixão.
Os meus sonhos onde estão?

Por onde andam os sonhos
que sonhei já em mulher?
Tanto ficou por dizer...
já nem sei qual a razão.
Os meus sonhos onde estão?

Por onde andam os sonhos
que continuo a sonhar?
Devem estar nalgum lugar
ouvindo o meu coração.
Os meus sonhos onde estão?»

(Edite C.C. Pereira - no livro - Lágrimas e sorrisos)

6 comentários:

Bete P.Silva disse...

Olá estimada Viviana!

Que belo poema!
Vim aqui te visitar, pois fiquei com saudades.
Um beijo, tenha um ótimo final de semana.
Bete

Manuela Pacheco disse...

Mais uma vez são lindos estes poemas!
Obrigado amiga, um grande abraço.
Manuela

Viviana disse...

Querida Bete

É sempre muito agradável "encontrá-la" por aqui.

Obrigada, pois.

Saudades...eu também as tenho boa amiga.

Pois,registamos na alma...as pessoas lindas que encontramos na vida.

Um abracinho
Viviana

Viviana disse...

Querida Manuela

Também achei lindo, este poema da minha boa amiga Edite.

Ela tem "uma alma muito bonita".
e, daí..."produzir estes poemas.

Um abraço

Viviana

Fmaria Mesquita disse...

Olá Viviana. Gostei do poema e adorei a foto. Um abraço grande

Viviana disse...

Olá, Fernanda!

Que surpresa boa, amiga.

Quero muito que esteja bem.

Fico contente que tenha apreciado o poema e a foto.
A foto "viajou" por vários países, sobretudo da África de expressão portuguesa, Brasil e Portugal...
Foi capa de uma revista de cariz cristão evangélico.Ficou muito bonita.

Enfim...não esperava isso, mas foi escolhida.

Um abraço, boa amiga

Viviana