terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Fez ontem 44 anos...


Entrega do diploma pelo Dr. Coriolano Ferreira-Dirctor Geral dos Hospitais



Grupo que concluiu o curso.
Eu sou a terceira da esquerda na fila de trás.

Na foto acima desta sou cumprimentada
pela Senhora En fermeira Franco Henriques
En fermeira super-intendente do Hospital.

Fez ontem 44 anos, que eu concluí o meu Curso Geral de Enfermargem e recebi o meu diploma.
Estudei na Escola de Enfermagem do Hospital de Santa Maria em Lisboa.
Este Hospital era novo, na altura, e era, e continua a ser... o maior hospital de Portugal.
Foi criado como Hospital Universitário que ainda é.
A Escola funcionava num edifício pertinho do hospital, mas não estava dentro da cerca.
Há há bastante tempo, foi edificado um edifício próprio para a Escola dentro do espaço envolvente do Hospital.
Corria o ano de 1961 quando ingressei na Escola, depois de ter passado por um rigoroso e apertado exame de admissão.
O regime era de internato; permanecíamos na Escola de segunda a sábado, só podendo sair no fim de semana.
Mais tarde, creio que já no terceiro ano, permitiam-nos sair três vezes por semana das 18 ás 18 e trinta, portanto por meia hora. Eu tinha 24 anos.
A monitora chefe era por nós tratada por "O general", tal era a dureza de trato e a disciplina.
Vigorava ali um autêntico regime militar que se aproximava do terror.
Recordo, e creio que nunca esquecerei um dia em que a minha irmã Esperança, no fim da tarde, apareceu para visitar-me, acabadinha de chegar de França, onde trabalhou por vários anos... e não é que quando me dirigi á monitora de serviço, pedindo autorização para receber a minha irmã que não via há anos, essa autorização me foi negada!?
A minha noção de justiça funcionou então, e eu, consciente do castigo que iria receber...decidi saír sem autorização e fui encontrar-me fora da Escola com ela!
Quando entrei ninguem me disse nada, mas eu já sabia que não iria escapar "do julgamento".E assim foi. No dia seguinte fui chamada á monitora chefe -"o general", e fui bem apertadinha por ela...
O castigo que eu esperava, era não poder sair nem ir a fim de semana durante um ou mais fins de semana, o que era muito mau porque eu não poderia estar com os meus pais e rmãos nem ir ao Culto á Igreja.
Ms, e quando somos crentes e agimos com boa consciência, há muitas vezes "UM MAS".
Não é que depois do interrogatório e da minha justificação, eu vislumbro para meu espanto, um esboço de sorriso... no rosta da monitora quando me diz:

"A enfermeira Cruz não devia ter feito isso consigo.
Pode ir e não volte a sair sem autorização."
Esta é uma de muitas histórias acontecidas na Escola durante o meu curso.Talvez um dia destes eu conte aqui outras.

Dou infinitamente graças ao bom Deus que me deu a benção de tirar este curso, que para além de me dar possibilidades de me realizar "fazendo o bem", foi tambem a minha enxada com a qual ganhei o meu pão para mim e para a minha família, pois o salário de um Pastor baptista em Portugal, era tão baixo que não dava para quase nada.
Ainda hoje o é.

"Mas, graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo."
E Ele tem sido fiel e maravilhoso em toda a minha vida.
Glória pois e louvor a Ele:

34 comentários:

Eduardo Cruz disse...

Parabéns querida, devem ter sido anos maravilhosos vivenciando tão carinhoso oficío.

Deus te abençoe!!!

Jhacy disse...

Parabéns, Viviana,
Fez-me lembrar da minha própria formatura, momento mágico, maravilhoso.

Beijos, amiga!

Pelos caminhos da vida. disse...

Amiga me perdoa por chegar aqui atrazada?
Ontem estava numa correria total,mas não me esqueci não.
Parabéns amiga,por todos esses anos se dedicando a sua profissão,tenho um sublinho enfermeiro,acho uma profissão gde e feita por pessoas de almas gdes como vcs.

Não esqueça de pegar o presente ok?

bjs.

Um presente para vc la no meu blog.

Vilma disse...

Parabéns!!
Uma linda profissão quando é dedicada por vocação, a qual tenho a certeza que é o seu caso Viviana! :))
Um beijinho!

Viviana disse...

Olá querido Eduardo,


Obrigada, obrigada, pelas suas amáveis e ternas palavras.

Sim, na verdade, foram muitos anos de entrega e doação completas.

Tanto que tenho que agradecer ao Senhor!

Um abraço, meu bom amigo

Viviana

Viviana disse...

Olá querido Eduardo,


Obrigada, obrigada, pelas suas amáveis e ternas palavras.

Sim, na verdade, foram muitos anos de entrega e doação completas.

Tanto que tenho que agradecer ao Senhor!

Um abraço, meu bom amigo

Viviana

Viviana disse...

Olá Jhacy linda,

Entendo...

Obrigada minha boa amiga.

Que o bom Deus abençoe o seu caminhar e lhe conceda muitas, muitas alegrias.

um abraço

viviana

Viviana disse...

Olá Ana linda,

Não chegou atrasada não, minha boa amiga.

A Ana vem sempre a tempo de com a sua presença e as suas palavras, alegrar o meu coração.

Que lindo e que bom que tem um sobrinho enfermeiro.

Acho que é uma profissão muito bonita e muito importante.

Obrigada pelo selinho.
Ele é deveras lindo.
Logo que possa irei buscar.

Um beijo
Viviana

Viviana disse...

Olá uerida Vilma,


Muito obrigada pelas suas boas e amáveis palavras.

Coloquei muito amor e muito empenho em todo o trabalho que realizei como enfermeira...

Deus o sabe.

Um abraço

viviana

BC disse...

Que bonito Viviana, o recordar.
Estamos em tempo de comemorações e isso é bom.
Que enfermeira boazinha devia ter sido, hoje apanha-se cada uma mais mal encarada.

Acho que uma emfermaira/o tem que ser o braço direito do médico e para estas profissões só se deveria ir com muito carinho, amor e abnegação, não acha?
Beijos e parabéns
Isabel

Rosa disse...

Olá Viviana.
Acho a profissão que exerceu uma das mais belas que existem.
É preciso ter vocação, dedicação, uma grande sensibilidade e amar a vida.
Admiro todos os que a escolhem.
E por tudo isso admiro a Viviana.
Parabéns
Beijos de admiração.

neli araujo disse...

Viviana querida,

Este comentário abaixo é de meu amigo Renato. Foi deixado em meu blog para a amiga querida! beijinhos, Neli


Renato de Oliveira disse...

"Olá Neli,

Peço muita desculpa de vir colocar uma questão que tem haver com o Blog da Viviana.

Tive o prazer de ler várias vezes o seu Blog (Viviana), sem o poder comentar (o Blog não o permite). Porém no último post (Fez ontem 44 anos) tem duas coisas que eu gostaria de referir, se para tal me fôr permitido pela Neli, de modo a que a Viviana o leia! Com toda a vossa licença e com as minhas maiores desculpas:

1º Dar os parabéns pelo aniversário da formação de enfermagem da Viviana, uma das "profissões" mais nobres que conheço;

2º Informar que o Hospital de Santa Maria, por acaso, não é o maior de Portugal, visto existir um seu irmão gémeo na cidade do Porto, de seu nome Hospital de S.João. São exactamente iguais em área e capacidade e em ambos estarem implantados as respectivas Faculdades de Medicina!

Peço mais uma vez desculpa a todos, especialmente à Viviana e à Neli, mas por motivos que acima citei não consegui outro meio para fazer valer estas m/opiniões!

Beijinho,

Renato

9 de Dezembro de 2008 14:29"

Viviana disse...

Neli querida,

Agradeço por ter "trazido" até aqui o comentário da Renato.

Um beijinho
Viviana

neli araujo disse...

Vivi, minha querida!

Agora o recadinho é meu!
Parabéns pelos 44 anos de profissão, amiga!

Gostei muito do episódio envolvendo a chegada de tua maninha Esperança da França! Eu teria feito o mesmo, linda!
Não podemos disperdiçar estes momentos com nossos queridos!

Gostei muito das tuas fotos! Linda amiga!
beijo carinhoso, e que Deus te abençôe muito, muito!
SEMPRE!!!!!!

Neli

Viviana disse...

Olá Renato,

Que bom que a Neli "trouxe" até aqui o seu comentário.

Muito obrigada pelas suas amáveis palavras acerca da profissão de Enfermagem

Quando ela é exercida com dignidade e vocação, é realmente muito bela.

Obrigada tambem pelos seus parabens
os quais os aceitei com alegria.

Não lhe sei explicar porque razão o Renato não consegue aqui comentar...

Não tenho conhecimento de mais ninguem que tenha essa dificuldade.

A propósito de eu ter escrito que o Hospital de Santa Maria é o maior de Portugal...creio ter dito a verdade, pois não há nenhum maior do que ele.

Ou há?

Há sim, um outro igual a ele... não maior...que eu conheço muito
bem desde há muitos anos.

E que tanto quanto sei, foi construído a seguir ao de Santa Maria.

È interessante que quando eu estava a escrever que o Santa Maria é o maior Hospital de Portugal, veio á minha mente o de S. João no Porto, lembrando-me que é igual, mas como era apenas igual, considerei não haver necessidade de o citar.

Se fosse maior, pode ter a certeza que eu não iria dizer que o maior era o Santa Maria
Entende-me Renato?

De qualquer forma, se iso o incomodou, peço imensa desculpa, pois não tenho a mínima intençao de com as minhas palavras incomodar ou magoar quem quer que seja.

Sou dada á boa paz.

Fique bem, tenha uma boa noite.

E tente mais uma vez ver se consegue aqui comentar pois dar-me-ia muito prazer.

Um abraço
Viviana

Viviana disse...

Olá Isabel,

Eu gosto muito de recordar.

Sobretudo quando se trata de coisas, ou situações que nos deram muitas alegrias, como é o caso.

Enfermeira boazinha?

Bom, Isabel, como mulher com uma sólida formação cristã, que teve a benção de antes de saber ler... já conhcer os ensinos do Evangelho de Cristo, e de a partir dos sete anos ter sempre á mão a Biblia - a Palavra de Deus... naruralmente aprendi a amar o próximo e a olhar o outro, como alguem muito importante, criado como eu, á imagem e semelhança de Deus... e a quem muito Deus ama e quer bem.

Assim sendo, creio que a enfermagem foi uma das muitas formas que eu encontrei de passar o amor de Cristo derramado por Ele no meu coração, aos outros, neste caso ás pessoas a quem prestei cuidados.

Tentei sem dúvida fazer o melhor que sabia e o melhor que podia.

Considero-me uma previlegiada.

Um abraço, minha boa amiga
Viviana

esperança disse...

Olá, maninha linda, boa noite.
Quando terminaste o teu curso de enfermagem eu estava em França; O J. Pedro, que era na altura meu namorado, foi com o Odel (não sei escrever o nome) à cerimónia de entrega dos Diplomas. O Odel gostava muito de ti, mas levou uma tampa, pois tu já namoravas o Jorge. lembras-te? Bons tempos!!!...
Foste, em toda a tua carreira, uma excelente enfermeira, desempenhando com rigor e carinho todas as tuas funções.
Lembro, mas não lembrava mais, de, quando vim cá de férias te ir ver e não me deixarem entrar.
Havia na realidade, em todo o lado, disciplina rigorosa, talvez até medo, mas deixa que te diga, que agora, é por todo o lado um-rega-bofe, que deixa muito a desejar. mais um bocadinho de rigor, fazia muito bem a este pais.
Tem, tenhamos todos os que te visitam, uma noite de sossego moral e espiritual

carmen disse...

PARABÉNS, VIVIANA!!!

SER ENFERMEIRA É TUDO ISTO QUE VOCÊ ESCREVEU...
E PARABÉNS, POIS VOCÊ CUIDOU DAS PESSOAS COM O MESMO INTUITO QUE EU... FALAR DE JESUS E DO SEU AMOR POR TODOS...
BJS

Viviana disse...

Olá minha linda maninha Esperança

Sim, recordo que estavas em França quando acabei o eu curso.

O jantar comenorativo foi na Churrasqueira do Campo Grande!

Nunca lá tinha entrado antes e nunca mais lá entrei depois.

Sim, convidei o teu João Pedro e o seu grande amigo Waddel, entre outros.
Recordo que rimos muito, mas muito naquele jantar.

Quanto ao rigor que havia, na Escola era mesmo excessivo; porque yodas nós éramos mulheres feitas, algumas na casa dos cinquenta, quaenta e claro, mua maioria eram mais novas.

Tens razão no qu dizes.
Quando veio o 25 de Abrili e a revolução, começou-se a passar de um extremo ao outro.

Agora há na verdade muito falta de disciplina e respeito, o que trás imensas situações complicadas como por exemplo, a falta de respeito dos alunos para com os professores.

E muitas muitas outras situações.

Olha, maninha linda, tem uma boa noite.
Um beijinho.
viviana

Viviana disse...

Olá querida Carmen,

Obrigada, muito obrigada, minha cara amiga e colega!

Sim, foi isso mesmo.

Através dos cuidados prestados procurei divulgar e tornar conhecido o Amor de Cristo.

Um beijo amiga enfermeira, ainda no activo.

Viviana

Alice disse...

Viviana querida !... que linda profissão Deus te deu !
Creio que as enfermeiras são "zeladoras de almas", pois são elas quem seguram em nossas mãos no momento do medo e da aflição !

Deus te abençoe hoje e sempre


mil bjkas no seu coração

Viviana disse...

Alice querida,

Que bom recebê-la aqui mesmo antes de ir dormir...

Aqui já é quarta-feira.

Obrigada minha linda e doce amiga, por essas palavras doces e ternas que brotam desse seu bom coração .

Um beijo

E que Deus a bençoe muito tambem.

Viviana

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Linda profissão,e o momento em que alcançamos o direito de exercê-la é inequecível,parabéns!

Beijo com carinho,Sonia Regina.

Viviana disse...

Olá querida Sónia,

Sim, é uma enorme satisfação.

Obrigada amiga linda.

Agradeço tambem a gentil oferta do selinho;hoje vou passar o dia fora, mas logo, logo, eu irei buscá-lo.

um beijo
viviana

neli araujo disse...

Vivi lindinha,
Bom dia!
Achei mais um recadinho pra você. Agora virei mensageira, hehehe


Renato Oliveira disse...
Neli,

Mais uma vez me desculpe, mas não consigo responder à Viviana! Talvez^por azelhice na palavra passe!

Cara Viviana,

Não tem que me pedir desculpa, nem sequer me magoou ou incomodou!

Sinceramente, pensei, que a Viviana não tivesse conhecimento da construção do Hospital de S.João no Porto, cujos planos arquitetónicos foram os mesmos do Hospital de Santa Maria!

De resto tudo bem e não se preocupe comigo, porque não me lesou!

Continuo a não entrar lá para comentar! O que nos vale é esta Mulher delicada e dedicada como é a Neli que nos salva de tudo, se calhar até do "purgatório"!

Abraço,

Renato

bete disse...

Viviana, vir aqui na sua casa é sempre se emocionar, como são delicadas e belas as suas histórias. Queria que mais e mais pessoas se pusessem a contar suas histórias na net, porque todos tem coisas pra contar, é só querer, gostaria que as pessoas se mostrassem mais. Todos aprenderíamos com isso. Parabéns pelos 44 anos de uma linda profissão, e parabéns por este blogue também.

Viviana disse...

Neli querida,

Não sei como aconteceu mas só hoje vi o seu comentário de ontem á noite...

Respondi aos outros que vieram depois e ao seu não.

Desculpe amiga linda, mas a minha linda cabecinha a quem eu devo muito...por vezes começa a deixar-me ficar mal.

Coisas de neurónios.

Amiga,

Obrigada pelas suas palavras de Parabens.

Quanto ao episódio ocorrido com a Esperança, eu agi de acordo com a minha consciência.

Mas sabe, creio que fui a única a desafiar o "general", daquela forma.

Mas olhe, no fim eu acho que ela até ficou contente com a minha atitude...

As fotos tirei de um album que fiz na altura para guardar as recordações daquele longinquo dia 08 de Dezembro de 1964.
Duas ficaram muito pequenas, quase não dá para ver, mas se as pessoas se lembrarem de clicar em cina, amplia e vê-se bem melhor.

Obrigada, Neli querida pelo seu carinho e amizade que são muito importantes para mim.

um beijo

Viviana

Viviana disse...

Neli linda,

mais uma vez agradeço o "correio" do Renato.

Um beijo
Viviana

Viviana disse...

Olá renato,

Ainda bem que não ficou incomodado nem aborrecido com o caso do Hospital.

Obrigada

um abraço
Viviana

Viviana disse...

Bete querida,

Que bom que gostou da história dos 44 anos de Enfermagem.

Obrigada pela sua apreciação , a qual é importante para mim e eu prezo muito.

Já uma vez a Bete me disse que gostaria que as pessoas dos blogues contassem mais as suas histórias e factos com elas ocorridos.

Tambem acho que seria muio bom!

Não sei porque nãoo fazem; talvez para não se exporem...



Tenha uma boa noite amiga linda.
um abraço

viviana

Maria disse...

Gostei gostei muito seu blog permita-me acompanhá-lo. Parabéms a vc. Sei q temos coisas em comum. Grande abraço.

Viviana disse...

Olá Maria,

Que agradável surpresa encontrá-la aqui no meu cantinho!

Obrigada pelas suas amáveis e simpáticas palavras de apreço pelo blogue e tambem pelos seus parabens.

Venha sempre que quiser e puder.
Já fui espreitar o seu blogue e tambem acho que temos coisas em comum...

um abraço
viviana

neli araujo disse...

:)

Vivi, minha querida,

Você é linda!

Uma beijoca

Viviana disse...

Querida Neli,

Quem é que é linda, quem é?

è a minha doce e meiga amiga Neli!

Um coração de ouro!

Uma alma bela.

um beijo

viviana