quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

MÃE...


...NÃO ME ESQUECI DE NADA MÃE,

GUARDO A TUA VOZ DENTRO DE MIM

E DEIXO-TE AS ROSAS. ..
(Eugénio de Andrade)

Em memória de Juana Uarda Bengelsdorff Regueiras
Minha mãe

Nascida a 10 de Dezembro de 1911

Falecida a 24 de Dezembro de 2002
A minha imensa saudade
O meu profundo amor
E a minha eterna gratidão.

26 comentários:

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Saudades de mãe é como o amor que nos oferecem:para sempre!!!

No meu blog tem um selinho para os amigos.

Beijos,Sonia Regina.

Anita disse...

O surgir de cada dia vem sempre com nova mensagem de esperança!

Um dia muito iluminado.
Que linda homenagem à sua mãe Viviana.
Mães são anjos de Deus na terra.
Beijinhos cheios de amor.
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

Maria Clarinda disse...

Que bom teres a sua voz e o seu eu para recordar...!!!
Linda homenagem!
Infelizmente eu...tenho o vazio de não ter conhecido a minha , partiu cedo demais...
Jinhos muitos

Pelos caminhos da vida. disse...

Mãe:

amor...

carinho...

proteção...

Bom dia amiga.

beijooo.

Pedro Leal disse...

Eu também não me esqueço desta data. E continuo a sentir falta do telefonema, ao fim do dia, para dar os parabéns à avó.

esperança disse...

Olá, boa tarde, minha querida maninha, de coração lindo e doce.
Saí cedo, regressei há pouco, e tive esta agradável surpresa, em memória da nossa muito querida mãe. Como sempre te disse, e volto a dizer: és a maior!
MÃE!!! Cheia de ternura,cheia de carinho, cheiinha de trabalho!!!...Sem um ai, sem um queixume...Nunca lhe ouvimos dizer: dói-me-aqui, ou, dói-me-ali, pela contrario, destilava alegria por todos os poros, era uma poetiza. Lembras-e como constantemente, de uma palavra prenunciada por alguém, fazia um verso ou um chiste ?
Que tenha de Estrelas a iluminar-lhe a alma, como de amor ela irradiava à sua volta.
Nós os quatro, tivemos muita sorte com os pais que Deus nos deu. Não és da minha opinião
Um bom resto de dia, para ti, para todos que passam por aqui.

Viviana disse...

Olá Sónia querida,

Amor de mãe é um amor sem fim!

Sejamos gratos a Deus pela dádiva das nossas mães.

Obrigada pelo selinho.

È muiyto lindo!

Já cá canta!

Um abraço

Viviana

Viviana disse...

Querida Anita,

"Mães são anjos de Deus na terra!"

Que bom!

Um beijo

Viviana

Viviana disse...

Olá Maria Clarinda,

Que bom vê-la por aqui!

Eu costumo dizer que o amor das mães é o amor que existe mais parecido com o de Deus.

Que pena que não conheceu a sua mãe, amiga...

Como deve ter sentido a sua falta!

Mas, decerto que Deus providenciou alguem muito especial para a receber como filha, não foi?

Um abraço

Viviana

Viviana disse...

Ana linda,

Sim amiga, mãe é tudo isso.

Saibamos sempre reconhecer e ser agradecidos por tamanho amor.

Um beijo

Viviana

Viviana disse...

Olá meu filhote lindo,

Eu sei, eu sei...

o quanto tu sentes a falfa da avó Nena!

E recordas a alegria dela quando os netos lhe telefonavam a dar os parabens?

Ela dizia ao despedir-se:

"Então muito obrigadinha!

Fique com Deus."

Um beijo da mãe

bete disse...

Rosas brancas, a cor da saudade.

Em nossa igreja metodista quando eu era criança, no dia das mães, as pessoas que tinham mãe viva usavam um lacinho vermelho, as órfas usavam lacinho branco.

Algumas senhoras elegantes vinham de luto, com vestido preto coberto de vidrilhos, luvas,chapéu com rendas pretas, eu achava aquilo lindo!

Aceite nossa homenagem, dona Juana Uarda Bengelsdorff Regueiras.

Viviana disse...

Olá minha linda maninha Esperança,

Gostáste então da surpresa!?

Foi a forma que achei de homenagear a nossa mãezinha pelo seu 97º aniversário.

Depois fui com a Teresinha ao cemitério pôr tudo lindo!

Goivos brancos com cravos em tom rosa e verdura.

Ficou muito bem

A nossa Nena era tudo aquilo que tu descreves no teu comentário...

Que maravilhosa ela era!

Que bom que Deus no-la deu!

Assim como o nosso paizinho querido que era um santo homem de Deus.

Uma boa noite para ti e o João Pedro

Um beijo

Viviana

Viviana disse...

Olá Bete querida,

Que lindo devia ser esse dia das mães na sua igreja!

Nós por cá usávamos rosas; vermelhas dos filhos para as suas mães e brancas dos "Orfãos"...

Algumas igrejas Baptistas com a "modernidade", deixaram de celebrar esse dia, mas há ainda um bom número que celebra.

Bete linda,

Eu creio que a minha mãe lá no céu, aceitou e agradeceu a sua homenagem.

Acho que ela até sorriu para si.

Obrigada, amiga.

Um abraço

viviana

Nuno de Sousa disse...

Pois é minha boa amiga... são saudades dessa tua mãe que acredito que foi uma excelente mãe, pois soubeste homenageares ela desta maneira, com esta tua bela escrita. Por isso sei que és também um a boa filha e uma boa mãe.
Bjs amiga e força neste mês principalmente dia 24.
A minha mãe faz 70 anos no dia 15.
Bjs
Nuno

Rosa disse...

Olá Viviana
Bela homenagem há senhora sua mãe.
Gosto da frase "Mães são anjos de Deus na terra!"
Não tinha ainda pensado assim, é lindo, é verdadeiro.
E também é....

"O amor de mãe é paz. Ele não precisa ser adquirido, não precisa ser merecido."
( Erich Fromm

Viviana, tenha uma noite tranquila, e a certeza de que os anjos "e hoje principalmente um" a protegerão.

Beijos.

Viviana disse...

Olá Nuno, meu bom amigo

Agradeço as palavras lindas que aqui me deixou.
Elas são sempre bem vindas!
Mas, no dia 10 de Dezembro...ainda o são mais.
È um dia em que a saudade e a nostalgia apertam mais.

E isso deixa-me um pouco mais vulnerável, mais fragilizada.

Mas, como dizia tantas vezes a minha mãe, há um tempo para tudo...
Amanhã é outro dia, e é preciso que eu me envolva naquilo que se me apresenta para resolver e enfrentar.

Então a senhora sua mãe faz setenta anos no dia 15!?

Só leva dois á minha frente.
Acabei de fazer 68...
O que quer dizer que eu podia ser sua mãe.
Giro, não é?
Obrigada meu amigo pela sua preciosa amizade.
Não imagina o quanto a aprecio!...

Tenha uma boa noite e aanhã um lindo dia.

Um abraço

viviana

carmen disse...

Que linda homenagem, Vivi...
A minha mãe está com 85 anos e está começando dar sinais de esquecimento, pressão e glicemia oscilando...
É muito triste ve-la assim, mas procuro dar o suporte e o consolo que precisa...

Lindas rosas!!!
bjs

Viviana disse...

Olá querida Rosa,

Obrigada pelas suas palavras aqui deixadas.

Elas têm um efeito muito bom sobre o meu espírito.

E mais a mais neste dia, que foi um dia dado á reflexão, e me levou a voltar muitos e muitos anos atrás, quando eu ainda estava no céu e a Nena, minha mãe, era uma bébé acabada de nascer...

Pensei na avó Olga e no avô Alvar, ao receberem a sua primeira filha.

A frase que a Rosa deixou é muito bela:

"O amor de mãe é paz.
Ele não precisa de ser adquirido,
não precisa de ser merecido".

Verdadeiro.

Um abraço amiga linda e durma bem.

viviana

Viviana disse...

Querida Carmen,

Que linda idade tem a sua mãe!

A minha viveu até aos 91... o que foi uma benção para nós.

È verdade amiga, custa tanto quando vemos os nossos pais a pouco e pouco a ficarem incapacitados e fragilizados...

Mas... as coisas são como são.

E ainda bem que ela tem a filha Carmen, enfermeirinha... para dar suporte e apoio.

Um beijo amiga e uma boa noite de descanso.

viviana

Ana Maria disse...

Mãe são anjos, lindo esse dizer.
Minha mãe, Viviana,
está com 85 anos, está lúcida, trabalha nos afazeres de casa mais leves, porque ninguém consegue fazê-la parar de trabalhar.
Preocupo com ela e cuido muito .
Minha mãe é meu Anjo de Guarda.
Beijinhos iluminados!

Viviana disse...

Olá querida Ana Maria,

Tambei gostei muito dessa bela expressão sobre as mães.

Creio bem que sim, que Deus fez delas anjos da guarda para nós.

Que bom que a sua mãe com 85 anos está ainda assim tão bem!

Quanto a ela trabalhar...é muito bom sinal!

E acho que é mesmo melhor deixá-la ir fazendo as coisas que ela gosta e consegue fazer.

Que o bom Pai a abençoe e lhe dê muitos mais anos de vida, com muita alegria.
Um beijo, amiga linda

Viviana

neli araujo disse...

Vivizinha querida,

Cheguei tão tarde aqui...esta semana tem sido de muita correria por ser final de semestre escolar...

Mas quero dizer que achei linda e delicada tua homenagem a tua mãezinha!

Linda imagem com estas rosas brancas!

Uma beijoca carinhosa,
Neli

Viviana disse...

Neli querida,

Não chegou tarde não.
Veio a tempo.

Agradeço de coração as suas carinhosas palavras, amiga.
Um beijo

Viviana

esperança disse...

Boa tarde minha muito querida e linda aninha, de bom e doce coração, sempre pronto a ajudar quem necessita.

Vim agora aqui ver o teu cantinho, e reparei que alguém via o poste:” Mãe”. Como a palavra mãe me diz muito, fui espreitar. Vi regalada e cheia de doces recordações…......Que se tratava nossa muito querida, e saudosa mãe.
Foi bom rever a tua homenagem, reportei-me aos nossos tempos de crianças e por aí fora…Com os nossos queridos pais, foi tudo tão bom!!!...

Sabes que ainda ontem no IPO, com a nossa Teresinha, enquanto o nosso muito querido irmãozinho esperava a chamada para o tratamento, falamos muito da nossa querida mãe: entre muitas outras coisas, do cacau, tão bom!!!...Que ela fazia algumas vezes, especialmente na Pascoa, e as fatias de pão frito polvilhadas com açúcar e canela, os pãezinhos doces, os ovos cozidos de várias cores, e tantas, tantas outras coisas…O que admira, é ter sido já há uns 70 e tal anos, e no tempo das vacas magras. Ela mimava-nos com tudo e mais alguma coisa que hoje me causa admiração. Ela era na realidade uma grande senhora!!!...E o nosso querido pai um santo em temor a Deus, e em bondade…Para mim, são únicos. Penso que como nós, todos os filhos acham os seus pais únicos.

Votos de tudo de bom, para ti, e para quem, por aqui passar.

esperança disse...

Boa tarde minha muito querida e linda aninha, de bom e doce coração, sempre pronto a ajudar quem necessita.

Vim agora aqui ver o teu cantinho, e reparei que alguém via o poste:” Mãe”. Como a palavra mãe me diz muito, fui espreitar. Vi regalada e cheia de doces recordações…......Que se tratava nossa muito querida, e saudosa mãe.
Foi bom rever a tua homenagem, reportei-me aos nossos tempos de crianças e por aí fora…Com os nossos queridos pais, foi tudo tão bom!!!...

Sabes que ainda ontem no IPO, com a nossa Teresinha, enquanto o nosso muito querido irmãozinho esperava a chamada para o tratamento, falamos muito da nossa querida mãe: entre muitas outras coisas, do cacau, tão bom!!!...Que ela fazia algumas vezes, especialmente na Pascoa, e as fatias de pão frito polvilhadas com açúcar e canela, os pãezinhos doces, os ovos cozidos de várias cores, e tantas, tantas outras coisas…O que admira, é ter sido já há uns 70 e tal anos, e no tempo das vacas magras. Ela mimava-nos com tudo e mais alguma coisa que hoje me causa admiração. Ela era na realidade uma grande senhora!!!...E o nosso querido pai um santo em temor a Deus, e em bondade…Para mim, são únicos. Penso que como nós, todos os filhos acham os seus pais únicos.

Votos de tudo de bom, para ti, e para quem, por aqui passar.