quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A colheita da Pera Abacate


Uma linda pera abacate na árvore.


Eis as peras abacates.

Entre as várias árvores que estão á volta da casa da aldeia em Maceira - Pero Pinheiro, há um abacateiro, que creio ter sido plantado pela minha mãe que aproveitava as sementes dos frutos que gostava colocando-os na terra. Pois bem, a árvore cresceu e já ultrapassou o telhado da casa, sendo necessário proceder ao corte de vários galhos que, com o vento, batiam nas telhas e levantavám-nas.
Já há vários anos que ela dá fruto; começou por dar alguns e cada ano foi dando mais de modo que este ano produziu bastante. Talvez, porque foi colocada "terra nova", no canteiro onde ela está, diante da casa.
É uma árvore bonita com farta folhagem verde-escura quando desenvolvidas, mas quando nascem são de um verde-claro em tons avermelhados. Está agora assim...ainda com frutos e já nascem folhas novas.
Não era para as colher já, queria deixá-las mais uma ou duas semanas para crescerem mais um pouco, mas veio um vento tão forte a semana passada que quando lá chegámos o chão estava coberto delas, muitas "magoadas" com a força da queda no mármore do chão.Daí, decidimos colhê-las, embora ficassem ainda bastantes na parte mais alta.
É uma alegria quando se colhe alguma coisa que se semeou e que se cuidou com tanto carinho. Como eram muitas tenho estado a destribuí-las por alguns familiares que as apreciam e por alguns amigos. As que mais gosto tive em dar foram para um amigo aqui de Mira-Sintra, que é de S.Tomé e Principe, onde são abundantes estes frutos. Ele plantou uma árvore de Pera abacate no seu quintal, que vejo daqui da minha janela, uma árvore grande, bonita, mas que nunca produziu qualquer fruto, o que lhe causa, naturalmente, grande desgosto. Na verdade há anos que passo debaixo dela e nunca vi uma flor ou um fruto...não sei porquê.
Ele disse-me que é uma árvore "macho". Não entendo suficientemente de arboricultura para perceber o fenómeno. Quando eu lhe disse que tinha uma árvore na aldeia que dava frutos...ele pediu-me que lhe desse alguns quando os colhesse. E dei. Imaginem a minha alegria quando lhe bati á porta com um lindo cestinho - que também lhe ofereci - cheio de lindas peras abacates. O seu sorriso, a sua alegria e o seu "obrigado", encheram-me de felicidade.
Ainda tenho algumas para oferecer mas terei que o fazer rápido porque de um dia para o outro elas estão a amadurecer e depois de maduras não duram muito. Penso, daqui a pouco, ir levar algumas ao Dr. Mascarenhas, meu amigo e vizinho do rés- do - chão, que me disse nunca as ter provado.
Deixo aqui uma receita muito "simplezinha" que já experimentei e gostei, caso sejam "fãs" da pera abacate.
Ah! na próxima semana vamos colher os maracujás - tomate, lá do pátio, que estão madurinhos e a árvore carregadinha. Aí, vamos fazer doce

Uma receita de pera abacate

Ingredientes: 1 pêra-abacate, 2 colheres de sopa de açúcar, 3 colheres de sobremesa de vinho do porto, canela em pó q.b. (Medidas só para uma pessoa)

Preparação: Descasca-se a pêra abacate, corta-se aos bocados e coloca-se na picadora. Deita-se lá para dentro o açúcar e o vinho do porto. Deixa-se picar bem, porque o abacate é uma fruta amarga e se não ficar bem desfeito não sabe tão bem. Depois deita-se numa tigela e cobre-se com a canela.

5 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Adoro vitamina de abacate, hum já me deu vontade depois de ver esse post...

Um gdeeeee abraço amiga.

beijooo.

esperança disse...

Boa noite minha querida maninha, tudo bem? Por aqui graças Ao Senhor, tudo vai bem…
Bela colheita!!! Imagino a tua alegria!!! É a recompensa de lá ires todas as semanas, com a nossa Teresinha, para tanto a casa como o jardim, estarem sempre bonitos. Quanto a nossa querida mãe havia de gostar de ver a árvore carregada de frutos!!! E de as oferecer, como tu, com alegria.
Eu já comi várias vezes em casa da Susana, mas é coisa que nunca comprei. Lá em casa deixam-se amadurecer, ficam escuras e moles. A Susana abre ao meio, tira o caroço que se solta facilmente e come á colherada, só fica a casca. A D, Paula faz as torradas do pequeno-almoço, com manteiga, é claro, e com uma colher tira a polpa mole e barra o pão, já fez para mim, é bom e não amarga nada. Lá na Madeira usam muito e de várias maneiras.
Quanto ao teu amigo de S. Tomé que tem um abacateiro que não dá fruto, tem que experimentar dar uma valente tareia no tronco da árvore, não agora, lá para o começo da Primavera. Não sei se dá resultado, mas foi o que me aconselharam para a nossa, quando me queixei que não dava fruto. Não te disse nada porque nesse ano, com alegria me disseste que o abacateiro tinha fruto. Não custa nada experimentar, sem danificar a arvore, é claro.
Tem, tenhamos todos, uma noite tranquila

esperança disse...

Boa noite Brasil!
Será que a Senhora linda de: (Pelos caminhos da vida)
Poderia por gentileza, ensinar-me a fazer a vitamina de Abacate, para eu fazer para os meus netos? Bate só o abacate, ou acrescenta algo?
Beijos de amizade
Esperança

Pr Jorge Figueiredo disse...

abacate me remete a infancia em minha casa havia um abacateiro, e os vizinhos se presentavam com abacates

goncalves disse...

Bom dia, convido a contribuir com o seu conhecimento para este blog
http://abacateportugal.blogspot.pt/
grato pela atenção