segunda-feira, 12 de novembro de 2012

"A língua é tão pequena... e faz tanto!"

                               Cavalo "dominado" pelo freio. Fonte da imagem: http://www.djibnet.com/

«Ora nós pomos freios nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo. Vede, também, as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme, para onde quiser a vontade daquele que as governa.. Assim também, a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande  bosque um pequeno fogo incendeia. A língua, também, é um fogo; como mundo de iniquidade, a língua está posta entre os nossos menbros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, é é inflamada pelo inferno. (Ep. de S. Tiago cap. 3:16)

Não só é mais difícil controlar a língua do que outros membros do corpo; também há uma relação de causa efeito entre o controle da língua e o controle dos outros membros. Se conseguimos falar bem, e isto quer dizer com autêntico amor cristão em todos os momentos  e não só com doutrinas ortodoxas, controlaremos com relativa facilidade todo o resto do corpo. É assim com o cavalo: controlamo-lo por meio de uma coisa pequena instalada na sua boca.
É a glória e a desgraça da língua o poder controlar muitas coisas. Em Portugal estamos nuna fase em que predomina a desilusão em relação com as pretensões dos partidos políticos do período que se seguiu á Revolução.
Mas não deixa de ter uma certa atracção o ouvir um grupo de pessoas mais ou menos convictas  cantar "slogans", expressando a sua militância. Talvez  não os levemos muito a sério mas tais palavras ainda movem grupos á acção.Há pessoas que continuam a sentir a necessidade de lutar e não sabem muito bem como. Sabem que não estão bem, e querem uma situação melhor e por isso querem estar envolvidos na luta.Um "slogan" e a convicção de um grupo minoritário dá oportunidade para que possam agir dalguma maneira e sair da inércia. Hoje podem cantar a favor de uma pessoa  e amanhã contra ela, mas  foi através de "slogans" que, noutros contextos, se manipularam as massas  que levaram Adolf Hitler ao poder. Também as  mesmas pessoas que aclamaram Jesus como Messias se deixaram manipular pelos dirigentes religiosos  de maneira que,  dentro de pouco tempo, pediram a Sua crucificação.
O problema  é que muitas vezes as palavras têm mais poder do que os factos. "O pequeno leme"  tem mais poder do que os "impetuosos ventos"(v4). Da mesma maneira que uma pessoa  que sabe usar bem os "slogans" pode fazer-se ditador (mesmo mum país com nível cultural geral mais alto do que o da pessoa em causa) também uma pessoa  que fala e vive  de acordo com a fé cristã.pode influenciar a vida de milhares de pessoas na igreja e na sociedade.»

Pastor Alan Pallister - no livro- Os Radicais

editora: Centro de Publicaçẽs Cistãs
ano: 1981
estante: Religião
peso: 150g
cadastrado em: 01 de março de 2012
descrição: Livro pequeno, capa gasta, páginas amareladas e marcas normais de manuseio. 152 páginas.

Eu acrescentaria:
No meu...
Capa solta, folhas soltas e sinais de muito, muito manuseio. 

4 comentários:

Angela disse...

A língua para mim é a parte principal do corpo, rss, e é sério, mas muitos deveriam ter uma trave bem grande nela.
Beijo ótima semana

esperança disse...

Boa noite maninha querida,

Bem nos avisa S. Tiago para nosso grande bem… Que tenhamos tento na língua, ou seja, cuidados redobrados. Quantas, e quantas vezes, uma única palavra causa tanto mal!... Tanto sofrimento!... Tanta dor!... É como uma faúlha, um rastilho que incendeia de tal maneira que mesmo que se queira remediar, já não há controle, o mal está feito para nossa desgraça. Podemos ter a certeza, que um dia, todos nós, iremos prestar contas do bem, e do mal. Só O Senhor Jesus pode perdoar as nossas faltar, se crer-mos Nele, e com sinceridade e arrependimento Lhe pedir-mos perdão.

Mas, a língua também é maravilhosa!!!...Pede, agradece, canta hinos de louvor, e melodias de nanar os nossos filhinhos e netos, tem palavras meigas de ânimo, de esperança, de consolo para muitos. Assim como tu costumas fazer…Enfim, é inumerável o bem que podemos fazer com a nossa língua.

Tem, tenhamos todos, uma boa noite




Viviana disse...

Olá, Ângela

Compreendo,amiga

Um abraço
Viviana

Viviana disse...

Querida maninha Esperança

Sim, tens razão.

Sabemos muito bem os estragos e prejuízos que uma língua mal usada pode causar.

Mas como dizes:

"Mas, a língua também é maravilhosa!!!...Pede, agradece, canta hinos de louvor, e melodias de nanar os nossos filhinhos e netos, tem palavras meigas de ânimo, de esperança, de consolo para muitos".

Beijinhos para ti e para o João Pedro
Viviana