quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Hoje é dia de luto nacional em Andorra


Luto- Imagem da net

Hoje, quinta-feira, dia12/11/09, é dia de luto nacional em Andorra.
O motivo tem a ver, tristemente, com cinco trabalhadores portugueses que no passado sábado morreram soterrados, quando ruiu um túnel em que trabalhavam, em los Valires.
Segundo as notícias que ouvi, eram todos naturais do norte de Portugal.
Gente que não encontra oportunidades de trabalho na sua zona, e que por isso vai trabalhar na construção civil em Espanha e em Andorra.
Segundo as estatísticas, já morreram 40 homens este ano, naqueles dois países.
È muita gente. È gente a mais.
Mas, infelizmente, tambem aqui no nosso país, estão constantemente a acontecer acidentes deste género.
Práticamente, todas as semanas ouvimos sobre isso.
Os que me conhecem, sobretudoo o Jorge e o Zé, sabem como eu reajo mal a essas notícias.
Impressiona-me que morra tanta gente nessas condições e que não se faça NADA,mas mesmo NADA, para impedir esse terror.
Se há leis...elas não são cumpridas.
Não entendo, não consigo perceber, como com tantas vidas ceifadas quase diariamente, não se tomem medidas drásticas, para impedir essas mortes prematuras de pais de família, de "meninos da sua mãe", e de maridos.
Mesmo sendo uma leiga no assunto, parece-me que é urgente que se elaborem leis rígidas sobre as condições de trabalho desses cidadãos, que são tão importantes e tão portugueses, como qualquer um outro, seja dignatário de cargos políticos ou administradores de grandes empresas.
Olho para a Assembleia da República e vejo aqueles 230 deputados, preocupados por vezes com tantas coisas menos urgentes, ou mesmo não urgentes... e pasmo e revolto-me, que nada façam por estes pobres trabalhadores; nem mesmo os chamados partidos de esquerda, que enchem a boca com a defesa dos interesses dos trabalhadores, mas que na prática se preocupam muito pouco com isso, tendo por mais urgente ligitimar os casamentos entre pessoas do mesmo sexo, por exemplo.
Não sei como esta indiferença possa ser resolvida, mas sinto que é necessário, e exijo, que se tomem medidas e se acabe ou pelo menos se minore, esta ceifa de vidas humanas que têm todo o direito a serem protegidas no seu local de trabalho.

11 comentários:

Anita disse...

Nos momentos felizes, louve a Deus...
Nos momentos dificeis, busque a Deus...
Nos momentos silenciosos, adore a Deus...
Nos momentos dolorosos, confie em Deus... mas nunca se esqueça a cada momento de agradecer a Deus.

Junto-me a si Viviana neste dia de luto por aqueles nossos portugueses que perderam a vida no passado Sábado.
Que Deus possa confortar todas estas famílias.

Um dia muito abençoado.
Beijinhos cheios de amor.
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

gaivota disse...

todas as tuas palavras e opiniões que aqui deixas sobre este dramático assunto que envolve famílias portuguesas, e que "passam ao lado" de quem deveria pelo menos tentar estar mais dentro da situação, partilho e subscrevo inteiramente!
que Deus proteja e conforte estes familiares, e lhes dê força...
beijinhos

BC disse...

Infeliszmente minha amiga todos os dias acontecem coisas deste género e não só, é triste.
FLORES PARA ELES!!!
Beijinhos para si boa amiga
Isabel

renato disse...

Olá Viviana!

O problema é que as Leis já existem! Mas interesses económico-financeiros impedem muitas das vezes que a segurança no trabalho se faça com as condições de acordo com as leis!

E depois a fiscalização de trabalho também não actua porque não quer ou não pode!

É urgente que as empresas actuem de acordo com a lei para evitar que as mortes aconteçam!

Um abraço,

Renato

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Pelo que vejo os políticos portugueses não são diferentes dos brasileiros...o que interessa a eles não é o povo são os interesses deles...

Pobres trabalhadores em busca do pão de cada dia,enriquecendo os proprietários das minas e morrendo por nada de seu!!

Um beijo entristecido!

Sonia Regina.

Maria Emília disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Viviana disse...

Querida Anita

Tocamntes e preciosas as palavras deixadas aqui, amiga!
Que sempre eu as possa recordar...

Obrigada por a solidariedade para com estes nossos compatriotas.

Triste, muito triste.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Olá Gaivota linda

Obrigada boa amiga .

Revolta-nos que os que se deveriam preocupar seriamente com estes tristes acontecimentos não o façam.

Não é aceitável.

Um abraço, amiga

viviana

Viviana disse...

Querida Isabel

Eu sei o quanto a minha boa amiga é sensível a estes acontecientos tristes...

Diz bem:

"Flores para eles"


Um abraço

viviana

Viviana disse...

Olá Renato, mreu bom amigo

Dizem-me que as leis existem...

Eu tenho sérias dúvidas sobre a sua qualidade.

tambem tenho muitas dúvidas sobre a sua aplicação.

Só sei uma coisa:

Os portugueses morrem cada vez mais mestes acidentes.

Isso é a única certeza que tenho, infelizmente.

Um abraço

viviana

Viviana disse...

Querida Sónia

È isso aí minha amiga.

Uns e outros, aprenderam todos na mesma cartilha!

A governarem-se!

O resto...pouco importa.

Um abraço

viviana