sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Recebi a primeira visita da minha neta Clara


Ontem, feriado em Portugal, o meu filho João telefonou-me perguntando se eu estaria em casa depois do almoço pois pretendia visitar-me e trazer a pequenina Clara, o que se traduziria na sua primeira vinda á casa da avó Viviana.
Ele e a minha nora Joana consideram que aos dois meses de vida a Clara já pode começar a sair de casa, pois até agora só o tem feito para ir ás consultas médicas de rotina.
Obviamente, cheia de alegria, confirmei que sim, que estaria em casa e agradeci desde logo a visita.
Não demorou muito que ele e a Joana chegassem com a bébé, dado que moram a 15 minutos de carro daqui.
Quando a campaínha tocou, rápidamente abri a porta e sorridente, aguardei-os na escada.
O João vinha á frente com a menina ao colo, seguido de perto pela Joana.
Observei o seu rosto, a sua expressão de alegria, até a forma como segurava a Clara; ele estava tão feliz de entrar na casa dos seus pais, onde foi criado, trazendo a sua filha pela primeira vez! Era como se ele trouxesse o mais belo presente, a melhor e mais valiosa prenda!

Entrou, e de imediato me passou a menina para os braços para que eu lhe pegasse ao colo. Aquele momento foi muito especial para mim. Na minha casa, recebia pela primeira vez, a minha netinha mais nova.
Ela, que é admiravelmente serena e calma, aceitou o meu colo de bom grado.
Meu Deus, como ela está linda!
Como é robusta e bem desenvolvida!
Nela, tudo é perfeito! Nem uma mancha, nem uma borbulha!
Admiravelmente bem cuidada pela mãe e pelo pai.
Segredei-lhe ao ouvido: Sê muito bem vinda a esta tua casa, minha querida. Esta será, querendo Deus, a primeira de muitas, muitas vezes, que aqui virás. Tal como os teus primos e a tua irmã. Contar-te-ei muitas histórias de encantar e levar-te-ei comigo pelos campos e pelos bosques, para mostrar-te as coisas bonitas que eu sei, e ensinar-te os nomes das árvores, das flores e dos pássaros!
Esta sua primeira visita alegrou sobremaneira o meu dia, quer dizer, os meus dias...pois ainda hoje sorrio feliz por essa benção concedida por Deus.
Só por viver momentos como este, valeu a pena a vida.
A Clara é a minha oitava neta.

12 comentários:

neli araujo disse...

Viviana querida,

Deve ter sido uma visita maravilhosa, amiga!

Parabéns mais uma vez pela netinha!

Que o Senhor dê bastante saúde à Clara, pois sei que "amor" ela já tem de sobra!

Adorei ler sobre esta visita tão especial!

beijinhos,

neli

Fernanda Rocha Mesquita disse...

Deve ter sido mesmo m momento muito bonito. Li a sua mensagem em viver e sentir e ainda bem porque nao sabia que o blog estava com problemas... as mensagens nao apareciam, mas ja esta resolvido o problema. tambem nao tenho andado muito por aqui. acho que este fim de semana vou ter um pouco mais de tempo. verifiquei que fez anos ha pouco tempo ... parabens. e muitas alegrias
com amizade
fernanda

Rosa disse...

Olá Viviana.
Estou a imaginar a felicidade da amiga ao pegar a pequenina Clara.
Fantástica e amorosa avó :))
Que o Senhor lhe (vos) dê muitos anos de vida para a poder acompanhar no seu crescimento.

Viviana, beijos e um bom resto de tarde, eu vou a correr para a máquina, tenho bué encomendas para amanhã.

Marlene Maravilha disse...

"Serás uma coroa de glória na mao
do Senhor, um diadema real na mao do teu Deus." Isaías 62.3 (estas palavras proféticas sao para a Clara!)
E que possas curtir muito, minha querida amiga Viviana,este presente de Deus!
Louvado seja mesmo o Senhor!
beijos

manuel marques disse...

Felicidades para a avó, neta e restante familia.

Abraço.

Viviana disse...

Querida Néli

Como o Senhor Deus é bondoso para comigo?

Já viu?

A Clara é um tesouro.

Eu sei que será sempre muito abençoada.

Um beijo
amiga linda

viviana

Viviana disse...

Querida Fernanda

Eu estranhei o seu blogue...

Vi que alguma coisa não estaria bem...

Que bom que já normalizou.

Quanto á visita da Clara, foi mesmo um momento único!

Sabe que eu valorizo muito estas "pequenas"? coisas?
Um abraço muito amigo

viviana
Ah! obrigada por os parabéns.

Viviana disse...

Querida Rosa

A amiga consegue imaginar, não consegue?

Foi isso mesmo...

Não tenho palavras sequer para definir o momento e a vivência.

São momentos como este e como um muito especial que ocorreu no dia 2 de Dezembro aqui em casa com um casal muito querido e extraordinariamente Cristão.. que veio de Águeda...para ma abraçar.

Jamais esquecerei.

Uma noite tranquila e beijos para todos

viviana

Viviana disse...

Querida Marlene

Minha boa e fiel irmã em Cristo

Que versículo maravilhoso dedicou á Clara!

Sabe que não o conhecia?

Já o marquei...para usá-lo brevemente.

Obrigada, querida, por tanto carinho e amor cristão.

Um enorme e caloroso abraço

viviana

Viviana disse...

Manuel, meu bom amigo

Obrigada, muito obrigada.

Um abraço

viviana

Michele P. disse...

Viviana

Não pude controlar uma lágrima, que teimosa, escorreu por meus olhos.
Lindo relato! Obrigada por compartilhar a sua experiência conosco.

Um abraço,
Michele

Michele P. disse...

Viviana

Não pude controlar uma lágrima, que teimosa, escorreu por meus olhos.
Lindo relato! Obrigada por compartilhar a sua experiência conosco.

Um abraço,
Michele