quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Dêem-nos notícias agradáveis

Já cansa, já não se suporta, é demais! Todos os noticiários do inicio ao fim, só nos apresentam notícias desagradáveis, tais como: Querelas políticas, candidatos á Presidência da República a tentarem denegrir e conspurcar a imagem do adversário, desemprego, pobreza, violência, medidas contra a crise, eu sei lá, é um não mais acabar de "coisas tristes".
Estava eu e o Jorge a falar sobre isto, diante da T.V. quando o convidado da noite, Dr. Fernando Ulrich, contou que ontem, estando com um grupo de jovens a comemorar o aniversário do seu filho, lhes disse que hoje estaria num canal de televisão como comentador convidado pedindo-lhes sugestões para apresentar no programa e eles sugeriram que falasse de coisas agradáveis e positivas.
Gostei. Achei muito bem.
Deixei a T. V. e fui ver o meu correio electrónico e, nem de propósito, encontro uma notícia muito linda, muito agradável, enviada por o meu bom amigo Renato Oliveira e por ele publicada no Jornal de Notícias do Porto.
Como este caso, devem suceder muitos outros por este país fora, mas que nunca tomamos conhecimento porque há uma enorme preocupação de só passar "desgraças".
Então, decidi partilhar essa boa notícia com os amigos aqui.


Jornal de Notícias do Porto -
Tema escrito por Renato Oliveira.

Clique em cima uma primeira e uma segunda vez, para ver melhor.

14 comentários:

renato disse...

Olá Viviana, boa noite!

Espero que o seu Natal tenha sido muito bom. E foi-o certamente.E continuará a ser!

Seria muito bom que noticias como esta não fossem publicadas, mas a verdade do nosso dia a dia diz-nos precisamente que é preciso, cada vez mais, estarmos atentos a este fenómeno da pobreza e dos sem-abrigo que nos dilacera o coração. Mas, também, foi posto na Terra por Deus, bons Seres Humanos capazes de nos darem autênticas lições de vida e de consagrar a vivência do Natal tal como ela deveria ser o ano inteiro.

Para todos aqueles que auxiliam o seu semelhante o meu muito obrigado e rogo a todos que continuem na senda do bem, porque Deus assim o quer e todos aqueles que necessitam, agradecem com muita emoção.

Um bem-haja para todos

Um bem-haja para a Viviana que faria o mesmo que aquele humilde trabalhador fez pelo seu semelhante.

Um grande abraço emotivo do

Renato

fernanda maria disse...

Verdade, quanto as noticias que invadem as casas dos portugueses. Nos aqui ouviamos sempre o telejornal de portugal, mas deixamos de ver precisamente pelo cansaco de ouvir sempre as mesmas coisas. e pensavamos que se as pessoas vivem angustiadas, maior angustia sentem ao ouvir sempre falar de coisas mas e sem esperanca. sabemos que as coisas tem que ser tratadas pelo nome, mas acontece que tambem sabemos que quando as pessoas estao mal precisam de ser animadas. grande atitude essa publicada por Renato. de certeza absoluta que o autor de tamanha bondade vivera tranquilo e muito feliz por fazer bem. fazer bem e' o melhor acto para sentirmos a verdadeira felicidade.
continuacao de paz e felicidadenos seus dias, Viviana e de seu marido e de todos os que vos rodeiam. eu estou usufruindo da companhia da minha filha.
com amizade
fernanda

Anita disse...

" O que tenho não me pertence, embora faça parte de mim.
Tudo o que sou me foi um dia emprestado pelo Criador para que eu possa dividir com aqueles que entram na minha vida!

Amiga um ano de 2011 cheio de bençãos.
Obrigada pela partilha e que todos nós possamos ser, seres mais humanos neste ano que agora iniciou.
Beijinhos.
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

Rosa disse...

É verdade Viviana, andamos já carregados com o "fardo" da vida que é, por várias circunstâncias, pesado, e ainda levamos constantemente com noticias que nos derrubam ainda mais.
É necessário, sem duvida, estarmos a par do que nos rodeia, mas o que assistimos, é em demasia.

"Dêem-nos notícias agradáveis"

Bom, também eu me vou repetir, vou para a minha máquina, que teima em não querer trabalhar sozinha :))

Viviana amiga, tenha uma boa tarde, mesmo que chuvosa.
Beijos

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois é, acorda-se e fica-se logo
deprimida, mas também precisamos
de saber a realidade.
Como eu gostaria o meu país
estivesse diferente.
Beijinho/Irene

carmen disse...

Linda história, lição de vida e de amor ao próximo...

Me lembrou a parábola do Bom Samaritano, contada por Jesus.

Poderia acontecer bem mais vezes...

bjs e Feliz Ano Novo!!!

manuel marques disse...

Uma lição de vida.

Beijo minha querida amiga.

Viviana disse...

Olá Renato

Tive um bom Natal e uma boa passagem de ano, graças a Deus.

Infelizmente cada vez há mais pessoas a dormir na rua.

Considero isso profundamente triste e ao mesmo tempo um sinal de "atraso" no país.

Mas, ainda bem que existem pessoas como este trabalhador emigrante.

Um abraço

viviana

Viviana disse...

Querida Fernanda

. "fazer bem e' o melhor acto para sentirmos a verdadeira felicidade."

Também acho que sim.

Um beijo, amiga

viviana

Viviana disse...

Querida Anita

Nem de propósito...

" O que tenho não me pertence, embora faça parte de mim.
Tudo o que sou me foi um dia emprestado pelo Criador para que eu possa dividir com aqueles que entram na minha vida!

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida rosa

É como diz minha amiga.

" andamos já carregados com o "fardo" da vida que é, por várias circunstâncias, pesado, e ainda levamos constantemente com noticias que nos derrubam ainda mais."

Precisamos de coisas alegres e positivas!

Que nos ajudem, nos estimulem, nos empurrem para a frente.

Um grande abraço

viviana

Viviana disse...

Querida Carmen

Interessante...

Também me recordou a parábola do bom samaritano, contada por o Senhor Jesus.

Um beijo, amiga

viviana

Viviana disse...

Olá Manuel

Encanta-nos que haja pessoas assim...

Nem tudo está perdido.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Olá Irene

Tive uma tia Irene, era uma minhota muito linda.

A sua visita e coment+ário foram uma agradável surpresa, crei-a.

Já fui espreitar os seus três blogues, tentei comentar mas não consegui... não sei se o problma será meu ou não.

Um beijo

Viviana