segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Ele há cada coisa...



Alguém partiu. Um familiar, colocou um pequeno e simples ramo de rosas de plástico sobre a sua campa que para ali ficou esquecida.
A natureza achou que as velhas rosas já estavam a ficar desbotadas e sem côr. Resolveu dar uma ajudinha, fazendo nascer, bem no meio, uma papoila vermelha que coloriu e alegrou o pequeno ramo.
É tanto mais significativo, visto não se ver mem mais uma ervinha ou folhinha verde nascida ali á volta.

8 comentários:

helia disse...

E com a ajuda da papoila ,o ramo ficou muito bonito! A singela papoila é uma flôr linda e muito decorativa que alegra os campos, mas que também fica bem em nossas casas numa jarra, misturada ou não com outras flores!

manuel marques disse...

As pequenas coisas parecem insignificantes, mas dão-nos a paz ...

Abraço.

Rosa disse...

Olá Viviana.
O que pensei ao ver o post foi, a natureza está sempre atenta, ao contrário de mim (muitas vezes)


Viviana, até amanhã se Deus quiser.

Beijos.

gaivota disse...

realmente... ele há coisas...
a natureza é assim!
beijinhos

Viviana disse...

Olá Hélia

Vejo que também aprecia as papoilas.

Desde criança que sempre me atraíram.

Mais dia menos dia, aparecerão por aí.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Olá Manuel

Mas é que dão mesmo...

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida Rosa

É incrível a natureza.

surpreende-nos contínuadamente.

Uma boa noite

beijinhos para todos

viviana

Viviana disse...

Querida Gaivota

Mas ficou bonito, não ficou?

Bem mais alegre.

Um beijo

viviana