quinta-feira, 28 de abril de 2011

Uma descoberta musical


Imagem da net.
Hoje á tarde, uma das minhas tarefas foi "dar uma volta" aos CDs musicais. Já há tempos que andava para o fazer e hoje calhou. Limpei o pó, confirmei que o CD coincidía com a capa e separei por temas e por "os apreciadores"cá de casa. Passaram-me pelas mãos dezenas e dezenas de Cedês, entre eles alguns que eu desconhecia e que nem sabia que estavam cá em casa, nem de onde vieram. Separei muitos para eu ouvir pois gosto muito de música; enquanto vou fazendo as coisas vou ouvindo música.
Mais tarde fui passar a roupa a ferro e claro, com a companhia imprescindível da música
Para iniciar, e por curiosidade, coloquei um CD dos tais desconhecidos, que logo na primeira música me deixou agradávelmente surpreendida e ao mesmo tempo impressionada, com a beleza da voz da solista bem como da mensagem que transmite.

É esta a letra:

"Quando o tempo marca a vida
E há caminho a percorrer
Gerações
Mais um ano trilha o rasto
De uma alma que ganhei
Gerações

Um ano que separa também pode unir
Gerações
Eu não paro enquanto houver
Enquanto houver
Uma alma para eu amar.

Solista - Catarina Corinhas
Grupo - Comunidade Cristã de Algueirão
Ano de 2010

Felizmente, tenho toda a possibilidade de conhecer este grupo, pois o Algueirão é mesmo aqui pertinho.

Sei da alegria de "ganhar" almas para Cristo. Sorrio tranquilamente e alegremente, quando penso naqueles a quem Deus se revelou através de mim, usando-me. É das maiores alegrias, acreditem.
Também sei, e é esse o meu desejo maior, o meu alvo na vida:
"Eu não paro enquanto houver
Enquanto houver
Uma alma para eu amar."

Estou muito feliz por conhecer esta melodia e por poder vir a contactar, conhecer, e ficar amiga deste lindo grupo.
Ainda bem que eu "mexi" nos CDs.

4 comentários:

Baltazar Gonçalves, o Bill disse...

Gosto de ler os seus textos e ver suas flores. Já fui evangélico (Assembléia de Deus)e entendo essa missão evangelizadora, que aqui se traduz em crônicas poética. É difícil alcançar esse equilíbrio e percebo que isso é natural por aqui. Vou procurar uma forma para ouvir sua inducação. Um abraço fraterno!

manuel marques disse...

A letra é bonita.

Beijo.

Viviana disse...

Olá, Baltazar
Alegra-me a sua presença aqui e alegra-me que goste de ler o que aqui vou escrevendo.

Obrigada por o estimulo.

Um grande abraço

viviana

Viviana disse...

Olçá, Manuel

Tenho pena de não ter como colocar aqui a melodia.

É de uma grande beleza!
Toca-me...

O meu abraço muito amigo

viviana