domingo, 10 de julho de 2011

Porque hoje é Domingo (161)


Igreja Moçarabe - Lourosa - Ano 912 DC-Fonte da Imagem:
www.portugalnotavel.com/

«Amados, escrevo-vos agora esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero;

Para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do nosso mandamento, como apóstolos do Senhor e Salvador.

Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências,

E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.

Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste.

Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio,

Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios.

Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia.

O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.»

(II Ep.de S. Pedro cap.3:1 a 9)

4 comentários:

gaivota disse...

domingo, o dia do Senhor! é-o todos os dias, de facto.embora hoje seja o dia em que todos pdoemos dispensar de um pouco mais de tempo para Ele!
acabo de ultrapassar mais uma prova de vida, como sabes, ainda vou caminhando nessa recuperação, e a mão de Deus esteve e está sempre comigo!
bem-hajas, amiga!
beijinhos

manuel marques disse...

Abraço.

Viviana disse...

Querida Gaivota

Que bom que estás a conseguir ultrassar essa difícil prova, amiga!

Que Deus te encorage e te fortaleça.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Obrigada e, igualmente...meu caro Manuel.

Viviana