segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Mãe do coração

Duas flores lindas. Foto da minha nora - Anabela Leal
Encontrei este texto no blogue da minha querida amiga e irmã em Cristo - Vilma - http://coisasdemim.blogspot.pt/ - e gostei tanto dele que não resisti a trazê-lo comigo para o "repartir" com os meus amigos aqui:

Mãe do coração

Não tivemos um bom começo.
Eu tinha 11 anos e achava que mais nenhuma mulher poderia ocupar o lugar da minha mãe junto ao meu pai.
Por isso, o início da nossa relação foi deveras complicada, com os conflitos próprios entre uma adolescente e uma madrasta.
Se já com a mãe as coisas são difíceis, imagina uma madrasta!
E na altura sim, eu pensava nela como minha madrasta no termo pior a que a palavra alude, pois pensava sempre nas histórias de fada, em que as madrastas eram os piores seres dos contos: bruxas e feiticeiras tenebrosas!

Passaram alguns anos até eu a começar ver com outro olhar.
A vida, a maturidade e mais tarde, a própria maternidade, mudaram tudo.
Passei a admirá-la, pela mulher que é.
Uma mulher sensível, sempre pronta a ajudar quem precisa.
Uma mãe dedicada, mãe galinha, mãe presente.
Uma esposa amorosa e apaixonada.
Avó 5 estrelas!
Uma mulher cuja fé me levou a desejar aproximar e a conhecer Deus.
Com ela aprendi a saber divertir-me e a ter bom humor. Aprendi a cozinhar, a organizar um lar e a ser uma mulherzinha.
Parte da pessoa que sou, a ela o devo.

Sei que este milagre também se deve a Deus, que faz tudo novo em nós!
Neste dia, em que completa mais um ano de vida, sou imensamente grata a Ele por a ter colocado no meu caminho.
Ela é linda, tem um coração maravilhoso e eu amo-a muito:

Obrigada, minha mãe do coração!!!
Parabéns!!!
Nota minha:
A Vilma tem razão, mesmo muita razão!
Conheço, e sou amiga, da pessoa  de quem ela fala.
Sorrio,  só de recordar o seu rosto e o seu sorriso.
Tenho por ela uma consideração e um carinho imensos.
Que bom, que a Vilma escreveu este texto...

2 comentários:

Vilma Correia disse...

Olá querida Viviana! foi tão bom receber a sua visita e as suas palavras!

Não me importo e até fico muito feliz por ter gostado do texto e desejado partilha-lo aqui.

Como bem disse, conhece-nos a ambas e sabe o que o Amor de Deus consegue fazer na vida daqueles que que O Amam.

Um grande beijinho para si e que Deus também vos dê uma benção e força sobrenatural para estes dias mais difíceis. A nossa Igreja ora por seu irmão!

Beijinhos e Deus vos abençoe!

Viviana disse...

Querida Vilma

Primeiro, peço desculpa por a forma incorrecta como escrevi o seu nome.
Distracção minha!

Foi um gosto muito grande publicar aqui o seu belo texto.
Sim, o nosso Deus..faz mesmo coisas extraordinárias!

Obrigada, pelas preces a favor do meu irmão, Ele está ao cuidado do Senhor, e isso tranquiliza o nosso coração.

Um grande abraço
Viviana