terça-feira, 26 de novembro de 2013

Voz da Esperança para o Povo - Um Poema de Gióia Júnior

Vaso com Papoilas vermelhas - Van Gogue



















Voz da Esperança para o Povo

Canto o Evangelho Novo,
o Evangelho de Cristo verdadeiro
para o Brasil e para o mundo inteiro...
Ouça-me com surpresa o preconceito velho.
Trago a voz da Esperança para o povo,
pois o povo precisa do Evangelho.

Canto o Evangelho nobre,
religião Verdadeira, Eficaz, Interior,
do Soberano Cristo, humilde e pobre,
que padeceu na cruz por meu amor...

A multidão descalça
que a miséria tristíssima consome
está cansada da doutrina falsa,
demagogia hipócrita e sem termo,
que diz "amai-vos", e não mata a fome,
que fala em caridade, e não socorre o enfermo...

Canto o Evangelho de Jesus Humano
que acalma o meu tormento e abranda a minha dor,
Evangelho sem luxo e sem vaidade,
que não fica somente na cidade,
mas vai também ao bairro suburbano
e destribui prodigamente o amor...

Evangelho Fartura, Evangelho Atitude,
não esse caricato Evangelho de Altar,
que, prometendo  - mente - e oferecendo - ilude...
Pois que alimento de justiça e de virtude
pode ele acaso dar?!

Canto o Evangelho sem espalhafatos,
sem badalos de sino e repiques dobres,
em que fala mais alto a voz dos actos,
sem pomposos rituais desnecessários...
Evangelho dos ricos e dos pobres,
dos poderosos e dos operários...

Canto o Evangelho Novo,
O Evangelho de Cristo verdadeiro
para o Brasil  e para o mundo inteiro...
Ouça-me com surpresa o preconceito velho:
Trago a voz da Esperança para o povo,
pois o povo precisa do Evangelho.

(Gióia Júnior - no livro - Orações do Cotidiano)

4 comentários:

Rosa disse...

Olá Viviana.


Nunca deixemos de escutar essa "voz de Esperança" O Evangelho.


Viviana, tenha uma noite tranquila e quentinha.
Abraços

manuel marques Arroz disse...

À quanto tempo! Saudades de passar por aqui.

Abraço

Viviana disse...

Querida Rosa

Digo:
Amén!

Um beijo
Viviana

Viviana disse...

Olá, meu caro Manuel

Também tenho saudades, amigo!

Foi um prazer enorme "encontrá-lo" aqui, creia.

Um forte abraço
Viviana