segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Será possível? Sabotagem na linha do Tua?


A Linha Ferroviária do Tua está situada numa das mais belas regiões de Portugal, no concelho de Mirandela, Trás - os - Montes.
A paisagem envolvente é deslumbrante, com as suas altas montanhas cobertas de verde, com os seus vales floridos em tons multicores, com um rio lá ao fundo onde correm águas cristalinas e límpidas e onde o ar é leve e inebriante.
A mão do homem pouco ou nada tocou por ali, está praticamente tudo ao natural.
Por estes motivos é uma zona procurada por muita gente, principalmente estrangeiros, que se deixam encantar com o que encontram.


A linha do Tua pode ter cada vez menos combóios, mas tem cada vez mais papoilas.
Oiço, e não quero acreditar.

Outro acidente na linha do Tua?
Presto atenção ás notícias e ás entrevistas feitas ao Presidente da Camara Municipal de Mirandela, e ao Maquinista do Composição e fico estupefacta!

Será que é mesmo assim?

Será que alguem, ou alguma entidade, interessada em fazer surgir a tal Barragem que o Governo projecta fazer no local, encerrando para isso a linha do Tua, é mesmo capaz de atentar contra a vida de pessoas inocentes que viajam naquela linha para conseguir os seus fins?

Mas o que é isto?

Se, segundo ouvi, a linha tem 120 anos e houve apenas um acidente, até se começar a falar da construção da barragem, há quatro anos atrás, e agora num ano e meio acontecem quatro acidentes... dá mesmo que pensar!

Estou revoltada, muito preocupada, e expectante... para ver como o Governo e as várias Entidades a este assunto ligadas, irão tratar estes tristes acontecimentos.
************************************************


«Maquinista do Metro do Tua desconfia de causas do acidente

“Isto não é um acidente ferroviário”, declarou Fernando Pires à RTP.

O maquinista cita técnicos que referem que um acidente ferroviário deveria implicar falhas na via, no material circulante ou existência de obstáculos. “Não tinha nada disso.

A via estava boa, o material óptimo e não tinha obstáculo nenhum.
Só pode ser uma coisa muito estranha”, comenta.

Fernando Pires sustenta que os acidentes começaram desde que teve início o debate para a construção da barragem do Foz Tua.

No período de ano e meio ocorreram quatro acidentes. “Eu estive em dois. Os mais recentes”.

Nestes acidentes faleceram quatro pessoas.

O desastre de sexta-feira, a um quilómetro da Estação da Brunheda, concelho de Carrazeda de Ansiães, provocou um morto e 43 feridos, um dos quais em estado grave.

Viajavam 47 pessoas na composição.

O acidente mais grave ocorreu a 12 de Fevereiro de 2007, em que três pessoas perderam a vida.
Conclusões de inquéritos estão por divulgar

O maquinista acredita que a Linha do Tua é segura e que o material se encontra em boas condições
Fernando Pires está curioso por saber as conclusões do inquérito em curso pela CP, REFER, Metro de Mirandela e Instituto da Mobilidade e Transportes Terrestres.

Uma curiosidade partilhada com o presidente da Câmara Municipal de Mirandela. José Silvano, que também preside à Metro de Mirandela, lamenta que só tenham sido divulgadas as conclusões do inquérito ao primeiro acidente, em Fevereiro do ano passado.

O documento apontava causas naturais, como o desabamento de terras e pedras, para o acidente. Para o autarca “ao não haver divulgação dos resultados dos inquéritos, está-se a alimentar a teoria da conspiração em que muitos transmontanos já acreditam, de alguém querer fechar a Linha do Tua”.

Governo garante que Linha do Tua tem vistorias frequentes

A REFER analisa o estado de conservação da via ferroviária de 15 em 15 dias, garantiu a secretária de Estado dos Transportes, sexta-feira, aquando de uma deslocação ao local do acidente.

A CP tinha vistoriado na semana passada a composição que esteve envolvida no acidente e concluiu este não poderia ter origem em problemas mecânicos da composição.

Barragem envolta em polémica

O PEV e os autarcas da região do Tua têm-se manifestado contra a construção da barragem da Foz do Tua.
Os autarcas de Mirandela, Carrazeda de Ansiães, Vila Flor, Alijó e Murça quiseram criar um programa de desenvolvimento do Vale do Tua, antes de negociarem as compensações com a EDP (empresa que irá construir a barragem).

O início dos trabalhos de construção desta barragem está previsto para o início do próximo ano. A barragem deverá ser construída na junção do Tua com o Douro, local onde se cruzam as linhas ferroviárias do Tua e do Douro. As obras implicam colocar debaixo de água parte da Linha do Tua, com 120 anos.»

(notícias R.T.P. 25/08/08)

5 comentários:

esperança disse...

Olá, boa tarde, quase boa noite, querida e doce maninha.
Bom poste...não é qualquer um que tem a tua coragem; sabes que mal ouvi a notícia do acidente tive esse pensamento? disse para comigo: mas como é possível isto acontecer?! Dezenas de anos sem acontecer nada,ou sou uma vez por aluimento de terras; e em tão pouco tempo três ou quatro vezes?! Ouvi a reportagem que tu ouviste, e mais me convenço que são os grandes interesses! Como quase tudo que por aí se passa, nós, as formiguinhas, nada sabemos, mas deixa que te diga: prefiro nem saber.
Tem uma noite tranquila
Um xi-coração apertado

Viviana disse...

Olá minha linda maninha Esperança,

Naturalmente o teu dia foi bom!

Com as tuas meninas cá!...

Já agora, quando é que vão para o Algarve?

Quanto ao "acidente"...é na verdade muito preocupante.

Que eu me lembre... não havia por aí esse tipo de maldade.

Havia muitas outras, claro!

Mas este é um fenómeno novo.

E eu não queria mesmo nada que fosse assim.

Que o bom Deus tenha misericórdia de nós e do nosso País.

Repara na creminalidade que por aí vai.

Bom, já é tarde, vou preparar-me para ir dormir.
Tenham uma noite tranquila e acordem contentes "logo".

Beijinhos
Viviana

Rosa disse...

A desconfiança, por si só já é incómoda.
A ser verdade é mau, muito mau mesmo.
Que em nome do progresso, não sofram os demais.

Viviana, uma vez mais lhe desejo, boa noite

R.I.

Rosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mary West disse...

Como um lugar tão bonito, é lógico que seria cercado de misterios.