sexta-feira, 6 de março de 2009

Como é que pode ser?








Ontem, enquanto na cozinha preparava o almoço (corôa de atum, a pedido do Zè) ia ouvindo as notícias que a televisão apresentava, numa sala ao lado

Oiço então uma jovem a ser entrevistada; tratava-se de uma voluntária que foi "entregar" ajuda humanitária, resultante de uma campanha promovida por um sector da Igreja Católica, ao Hospital da Guiné-Bissau.

A jovem tentava descrever o que encontrou

Um hospital em que faltava tudo.

Sem o mínimo de condições.

As parturientes, á espera de "dar á luz", deitadas no chão, mesmo no chão...

As que já tiveram os filhos, deitadas em velhos colchões no chão, ás duas e três em cada um, com os seus meninos...

Nos "cuidados intensivos", as pessoas deitadas em velhos colchões , praticamente em cima das molas... e onde não se vê mais nada a não ser o rosto de alguem á espera da morte ... sem o mínimo de conforto ou bem-estar.

A jovem estava muito impressionada com o que encontrou, mas disse que queria voltar lá, logo que seja possível.

O noticiário continuou e, ainda eu estava a pensar no que tinha ouvido, quando o jornalista entrevista uma jovem que fez uma operação plástica aos seios, porque não gostava do "peito que tinha".

Quando inquirida sobre os custos, respondeu: A operação custou cinco mil euros, os quais foram conseguidos através de um empréstimo bancário que a mãe fizera.

A jovem estava extremamente feliz com o resultado, pois agora sim, tinha o peito que gostava. .

Entretanto a mãe ao ser entrevistada, estava muito contente e feliz por ter ajudado a filha a ficar mais bonita e realçando que é muio importante a beleza exterior.

Daí a momentos outra notícia:

O Presidente da Indústria Automóvel em Portugal, informou que desde o princípio do ano, ou seja, em pouco mais de dois meses, tinham sido já vendidos sete Ferráris; mais de duzentos por cento de aumento que no período homólogo do ano passado.



Cada Ferrari poderá custar várias dezenas, ou mesmo centenas de milhares de Euros.
Posso afirmar que fiquei deveras perturbada com estas três noticias..
Ainda hoje estou a pensar nelas.

18 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Noticias que nos abalam,outras que nos revoltam.

Bom dia amiga.

beijooo.

bete disse...

Absurdos contrastes, olha Viviana,eu acredito firmemente que Deus está atento, e que na hora certa Ele irá intervir, as vezes penso que está demorando, mas ainda creio que Ele intervirá, isso não pode continuar assim.

Licas disse...

Sim!

A duplicidade de modos e conceitos de vida, incomodam e revoltam.
Nada podemos fazer contra estas desigualdades a não ser pormo-nos do lado dos mais desfavorecidos tentando criar-lhes mais e melhores condições de vida e educarmo-nos e educarmos os mais novos no sentido da igualgade de direitos do ser humano.

Um beijinho
Licas

BC disse...

Sem comentários para não nos espalharmos mais que as próprias notícias.
Beijinho
Isabel

Rosa disse...

Olá Viviana.
Diferenças...
É claro que não podemos ficar indiferentes a estas e outras semelhantes noticias.
São "diferenças" que custam a aceitar, que doem mesmo, principalmente pela quase indiferença com que as vimos e ouvimos.
É triste irmos sabendo que para o culto do corpo se gasta milhares, pela vaidade, se exibe milhões.
Quando para outros "muitos" os mesmos milhões faziam diferença entre a dor e a miséria, a morte ou a vida.
Mas ignorando tudo isso, vamos ouvindo também que, se gastam milhões em lagostas e champanhe...
e a miséria ali mesmo ao lado.
Darão contas disso um dia, e do Mestre vão ouvir:
"Afastai-vos de mim...
tive fome e não me destes de comer, tive sede e não me destes de beber, estava nu e não me vestiste ...
Dirão talvez,
Senhor quando foi que Te vimos assim! Em verdade vos digo que, sempre que o deixaste de fazer a um dos meus irmãos, deixaste de o fazer a Mim ...

Viviana, desculpe o desabafo, mas incomoda ver tanta indiferença.
Beijos e boa noite

Viviana disse...

Olá Ana linda,

Sim, é este o mundo que os homens construiram...

O que choca maia, como diz a Rosa, è a absoluta indiferença dos que têm e não ajudam e dos que mesmo ali ao lado... comem lagosta e bebem champanhe...


Até quando?

Que Deus tenha misericórdia destes povos.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida Bete,

Assim vai o nosso mundo!

Uns com tanto... e outros sem nada.

Não é isso o que o Evangelho ensina.
O pior mesmo... é que muitos que se chamam de cristãos...contribuem e são os responsáveis por isto.

Enfim...

Não percamos a esperança.

Um beijo, boa amiga
Viviana

Viviana disse...

Querida Isabel (Licas)

Sim, amiga.

Ao menos façamos isso.

Fiquemos do lado dos mais fracos e mais pobres...

E não nos calemos!

Porque então, ainda será pior.

Um abraço, boa amiga

viviana

Viviana disse...

Querida Isabel

Estas desigualdades são terríveis!

Como diz a Bete, eu creio que Deus está atento... e a seu tempo irá agir.

È grave demais para continuar.

Entretanto , não nos deixemos insensibilizar.

Um abraço. amiga linda

viviana

Viviana disse...

Querida Rosa,

Se os homens, e principalmente os que governam e dirigem o mundo,
Conhecessem e vivessem, segundo os ensinamentos do Mestre do amor e da Bondade, Jesus Cristo, isto não existiria...

Mas, qnum mundo sequioso de poder, glória e dinheiro...quem se importa ou preocupa com os ensinamentos do Mestre?

Que pena!

Um abraço. boa amiga

Tenha uma boa noite

Viviana

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho la pra vc.

beijooo.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Viviana!Este é o mundo em que vivemos,uns com tanto,envoltos em futilidades e outros com falta do essencial!!!

Deus proteja a todos!Beijo com carinho!Sonia Regina.

Tite disse...

São os contrastes da vida.
Uns com tanto e outros ...nem por isso!
Enquanto o Mundo andar assim tão desajustado pessoas como nós não podem ser completamente felizes.
Ando a ficar deprimida com os noticiários.
Agora dou por mim a ouvir... sem ouvir. Há muitas notícias que só escuto depois do marido me chamar a atenção para elas. Dói, dói muito!

António Gallobar disse...

Ainda bem que há gente boa e atenta ao mundo cruel que nos rodeia cheia de contadições onde uns tem tudo outro uma mão cheia de nada. Muitos parabens vou ficar atento ao seu trabalho. Adorei

Viviana disse...

Olá Ana linda,

Tão gentil a minha amiga!

Obrigada por o selinho.

Um abraço

viviana

Viviana disse...

WQuerida Sónia,

È tal qual diz...

Seria tão bom que fosse diferente, não?

Mantenhamos a esperança.

Um beijo, boa amiga

Viviana

Viviana disse...

Olá Tite,

Mas que agradável surpresa encontrá-la aqui...

Obrigada por a visita.

Venha sempre que quiser e puder, pois será muito bem recebida.

Um abraço

viviana

Viviana disse...

Olá António,

Só hoje me apewrcebi da sua visita e do seu comentário, pois desde o dia 6 não voltei aqui.

è muito agradável recebê-lo nes humilde cantinho, creia.

Volte sempre que quiser e puder, pois terei muito gosto em recebê-lo.

Já fui espreitar o seu blogue e gostei imenso.

Parabens, amigo.

Um abraço

viviana