quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Os meus Hinos queridos - (7)


Imagem da net.

O mundo vive dias de muita agitação, muita incerteza e muito medo. Os acontecimentos que tiveram lugar recentemente na Tunísia, no Egipto e agora na Libia e noutros países como o Bahrein e o Iémen, estão a pôr a cabeça á roda, dos vários dirigentes mundiais.Ninguém faz ideia sequer como é que estas situações vão acabar.
Vemos povos que viveram sob ferozes ditaduras durante décadas, a exigir e a revindicar o seu direito á liberdade e á livre escolha. Querem ter uma palavra a dizer sobre o seu futuro e o futuro dos seus países. Estão cansados e não estão dispostos a esperar mais pela "sua libertação." Tantos e tantos já deram a vida por esse seu nobre ideal de serem homens e mulheres livres.
No meio de tudo isto, eu, como mulher crente no Deus Eterno e no seu Filho o Senhor Jesus Cristo, tento não me deixar perturbar com o que está a acontecer.
Eu sei, pela Palavra Sagrada, que Deus está no controle da história deste nosso mundo. Aliás, tudo o que está a acontecer está escrito. Tempos bem difíceis virão e temos de estar prevenidos e preparados para, com a presença bendita de Deus em nós, enfrentarmos esses difíceis tempos.

Ao olhar as multidões naquelas praças e ruas, clamando, sem desistir, por libertação, tem-me vindo á memória um belíssimo Hino Cristão que eu gosto imenso de cantar. Foi escrito e composto há cerca de trinta/quarenta anos, por um jovem universitário da cidade do Porto, neto de um dos Pastores Baptistas pioneiros em Portugal, o querido e saudoso Irmão Pastor João de Deus Ferreira.
O jovem compositor, seu neto, chama-se Sérgio Paulo Ferreira de Matos e é Pastor da Igreja Evangélica Maranata, creio que no norte do país. Não o vejo nem sei nada acerca dele há mais de trinta anos. Constituíria para mim uma alegria enorme encontrá-lo, estar com ele. Quem sabe? Talvez Deus me satisfaça esse desejo.

Eis o Hino:

Convite á Liberdade

Ó vinde vós os povos de todas as nações,
Erguei-vos e cantai com alegria,
Fazei nos ares soar a nova melodia:
Que Jesus Cristo traz libertação.
É tempo de romper a vil escravidão,
Que em vós exercem homens ou idéias.
É tempo de dizer que só Deus pode ser,
o único Senhor da humanidade.

Refrão

A verdade vos libertará.
Sereis em Cristo verdadeiramente livres.
Vinde todos! Sim, ó vinde já!
E celebrai com alegria a vossa libertação!

E vós os oprimidos, e vós os explorados,
E vós os que viveis em agonia.
E vós os cegos, coxos, vós cativos, sós,
Sabei que em breve vem um novo dia.
Um dia de justiça, um dia de verdade.
Um dia em que haverá na terra paz,
Em que será vencida a morte pela vida
E a escravidão enfim acabará.

Autor da letra e música: Sérgio Paulo Ferreira de Matos

Peço desculpa por não inserir a musica, mas não a encontrei.
Eu, sei-o todo de memória e conheço bem a música.

5 comentários:

José disse...

Perdoe-me o atrevimento, querida amiga, mas não são os regimes como o do Khadafi os tais que são indirectamente (e timidamente) apoiados pelas franjas conservadoras dos baptistas, contra o avanço islâmico? Até o nosso Primeiro diz que são "amigos"!!!

José disse...

Nem me despedi, como é costume:

Abraços coriscos dos Açores!! :-)

Viviana disse...

Olá, meu caro Zé Luis

É muito bom "encontrar-te" aqui, meu bom amigo.

Acho que tens razão.

Sabemos de coisas bastante estranhas...

Este nosso mundo é mesmo assim.

Um grande abraço

viviana

Talita disse...

Querida Viviana, sou a irmã da Neli, aqui do Brasil. Procurando na internet, hoje o hino "Convite à Liberdade", caio aqui na sua página, onde você publicou a letra há exatamente 1 ano: 23 de fevereiro de 2011.

Será coincidência?

Um beijo pra você!

Talita

Helenmar disse...

Procurei na internet a música "Convite à Liberdade" e caí no seu Blog. Consegui a informação sobre o autor e continuei a busca. Encontrei a melodia neste link abaixo. Abçs,
Helen

http://www.metodistavilaisabel.org.br/mp3/Convite%2D%E0%2Dlibertade%2DS%E9rgio%2DMarcus%2DCoral%2Ddo%2DMorro%2Emp3