quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Dois aniversários... uma imensa gratidão

Já passa da meia-noite, mas para mim, ainda é quarta-feira, 21 de Setembro. Talvez porque tenho a sensação que é "a noite de sono" que nos faz avançar para o dia seguinte.
Assim sendo, digo:
O dia de hoje, 21 de Setembro, é para mim um dia especial, marcante, pois faz hoje 110 anos que nasceu um menino, a quem chamaram José, ou - o Zé do Serafim - que foi o homem escolhido por Deus para ser o meu Pai. Um grande e extraordinário Pai! É tão grato, recordá-lo! Como é tão grato trazer á memória as imagens de tantas cenas da vida, que nos marcaram, que nos modelaram, que, contribuiram com muita força para sermos o que somos hoje, eu, e os meus três irmãos.
Ele era do Minho, de Vilela, uma verdejante e "molhada" (tantas nascentes de água) aldeia dos arredores de Cabeceiras de Basto. Os meus avós Amélia e Serafim, eram lavradores e criadores de gado.
O meu Pai, lembra-me um Castanheiro Centenário, como aqueles que havia nos enormes e abundantes soutos, naquela zona. Gosto de recordá-lo assim.
Já se mudou para o céu, há 35 anos! Mas está sempre connoscoe e, estará.


Um souto de Castanheiros.

Mas há mais alguém, muito, muito importante, que passa também hoje o seu aniversário, neste caso - o primeiro - "faz Um Ano"...estou a referir-me á Clara, a minha oitava neta, a mais novinha de todos. É uma criança saudável- até hoje nunca esteve doente - muito inteligente e bem desenvolvida. Simpática e comunicativa...um encanto! Já anda, já diz muitas palavras, como "bébé", "mamã", "gato"...etct.
A Clara, sempre me lembrou uma rosa côr - de - rosa. Mesmo antes de nascer.
Não sei porquê...mas ela lembra-me uma rosa. Este é o terceiro post onde eu falo nela e, em todos eles, eu coloquei uma rosa côr - de - rosa.
Parabéns, querida Clara!
Que Deus te abençoe.



Termino o meu dia, sorrindo, com todo o meu ser, profundamente agradecido ao meu Deus por a sua imensa bondade, concedendo-me este Pai maravilhoso e esta neta que é um tesouro (côr - de - rosa)
Obrigada, Senhor, por eles e por outros sete netos... e por toda a família que preparáste com tanto amor para mim.

5 comentários:

Maria disse...

Duplo Parabéns, enquanto filha e avó. Deus a abençoe pelo que recebeu e pelo que dá.

Bem me lembro do seu pai e da tranquilidade que sempre apresentava.
A Clara é, sem dúvida, uma pequena flor.

Beijos.

manuel marques disse...

Lindas homenagens.

Beijo.

esperança disse...

Boa noite maninha querida.

Quanto ao nosso querida pai, é tal como o descreves e muito mais ainda, pois não é possível descrever todos os actos da sua grande vida. Eu admiro; nele o falar sempre baixinho, nunca se exaltava ou zangava era tinha uma serenidade nunca viste e sempre um sorriso doce, parecia que os olhinhos dele também sorriam. È com uma tranquilidade nunca vista que o recordo.

Quero felicitar os papás, os avós e toda a família pelo 1º aniversaria da Clara, menina linda e perfeita!!! …Que ela seja sempre uma imensa alegria!!!...Que um doce perfume de uma vida cheia de predicados, fique sempre por onde ela passar.

Beijos

Avozinha disse...

Que engraçado a Clara ter nascido no dia do bisavô...
Nunca é de mais repetir que ela se parece e muito é com a bisavó Juana!
Parabéns!

Rute disse...

Também não esqueço o seu papáNa minha mente, a sua imagem ficou gravada,e até a voz! Um beijinho especial pela Clara no seu 1º Aniversário! Parabéns1