segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Denuncio

Como seguidora de Cristo - cristã - que procura insistentemente  viver e agir de acordo com os ensinos  do Evangelho que Ele nos deixou, tenho que rejeitar, denunciar, e lutar contra toda e qualquer forma de injustiça.
É que se eu me calar, as próprias pedras clamarão. É isso que o evangelho me ensina no Evangelho de S. Lucas cap, 19:37 a 40.

Assim, num tempo tão dificil e complicado, com consequências tão terríveis e desesperantes, para o povo português, sobretudo, os mais pobres,  que são tantos, tenho que levantar a minha voz e denunciar  atitudes de políticos que em princípio deveriam estar a cumprir aquilo para que foram eleitos, ou seja, representar o povo que os elegeu e defender os seus interesses.

DENUNCIO

Que a Assembleia da República gaste do dinheiro dos contribuintes, cerca de cem milhões de euros por ano.

Que um grupo de deputados, do partido socialista, tenha tido a ousadia de afrontar o povo que sofre e desespera, gastando duzentos e dez mil Euros na "renovação" da sua frota de veículos, comprando carros como estes:


Fiquei em choque...Eu nem imaginava que para além de tantas e tantas regalias, como reformas ou aposentações com oito anos de serviço, repare-se nestes cerca de 40 anos de democracia, quantos e quantos que por lá passaram e estão muito bem instalados na vida, auferem hoje  boas pensões.Como esse facto chocou a opinião pública, salvo o erro, os oito anos passaram para doze.
Mas mesmo assim é chocante! Um trabalhador comum só poderá aposentar-se aos sessenta e dois anos, estando previsto que passe para 65. Dizia eu, nem imaginava que aos  deputados fossem atribuidos veículos.

Termino, complementando, com um artigo do Diário de noticias de ontem, da autoria do sociólogo Alberto Gonçalves:

Os novíssimos pobres

«Além da dita pobreza envergonhada, agora também temos, em menos numerosos mas mais ntotáveis casos, a pobreza descarada. A de Paulo Campos, por exemplo. O ex-secretário de estado das Obras Públicas declarou em entrevista televisiva precisar do patrocínio mensal dos pais para viver e criar os filhos. Este dilacerante drama não traduz apenas  a profunda crise económica do País: Traduz sobretudo a crise moral.

E mais adiante escreve o sociólogo:

                                       Francisco Assis

Justificadamente enervado com a reacção populista á compra de uma pequena frota de Audi 5 e Wolksvagen Passat (por duzentos e dez mil Euros sai baratíssima, explicou o Dr. Zorrinho) pela bancada socialista. Francisco Assis(na foto) portou-se á altura:"Qualquer dia querem que o presidente do grupo parlamentar ande de Clio". É bem verdade. Se o avanço populista ganha lanço, a ralé não só desata a exigir que os membros do grupo parlamentar andem nos carros que a ralé anda como passa a reivindicar que as sumidades em questão vistam o que a ralé veste, comam o que a ralé come, habitem onde a ralé habita, no fundo que as sumidades se confundam com a ralé E isso, voltou a explicar o dr. Zorrinho, não é democracia. Democracia é  compreender e aceitar os naturais previlégios da nomenclatura que tomou conta dos partidos. Pretender o contrário é uma atrocidade sem nome. Ou com nome: Populismo, esse monstro que tanto parece ameaçar o nosso modo de vida e certamente ameaça  o modo de vida deles.»
Alberto Gonçalves - no Diário de notícias de 14 de Outubro de 2012

6 comentários:

Ana Maria disse...

Amiga, boa tarde! Com o aparecimento do facebook, fiquei um pouco distante dos blogs, apesar de ter tantos para cuidar. Mas nunca esqueci os amigos que conquistei. Amiga, saudades! Olha, faça um facebook para você, para comunicarmos mais. Eu sempre comunico com a Helô , através do facebook. Mas de vez em quando volto aos meus queridos blogs para postar. Hoje mesmo a saudade bateu, e eis eu aqui de novo postando todos eles. Quando entro e vejo o comentário de amigos, fico muito feliz, imediatamente entro e faço o comentário e mato um pouco a saudade. Um grande abraço amiga ! E meus beijinhos iluminados! Espero você no fecebook.

Ana Maria disse...

Infelizmente amiga, não é só no seu país que a política está intolerável e suja. Aqui no Brasil acontecem sempre coisas vergonhosas, difícil de digerir. Só Deus nas causas. Senão a gente enlouquece. Beijinhos de luz!

manuel marques Arroz disse...

Se fosse só o PS estava-mos bem.São todos mais do mesmo,governo ,oposição...

Abraço.

Viviana disse...

Querida Ana Maria

Olá, olá, amiga!
Quanta saudade!

Obrigada por vir até aqui...
Como a amiga...também tenho no meu coração os muitos e queridos amigos que passaram ou passam por aqui.

Que bom que está tudo bem consigo...

Receba o meu grande e carinhoso abraço
Viviana

Viviana disse...

Olá, meu caro amigo Manuel

Sim, tem razão.
Agora foram estes...amanhã serão os outros.

Acabei de ouvir hoje que há muitos países na Europa onde os deputados não têm direito a viatura.
Logo nós...dos mais pequenos e pobres...é que temos que ter.

Algo vai muito mal por aqui.
Um grande abraço
Viviana

carmen disse...

Olha que no Brasil está bem pior...
Sei que não serve, nem deve, servir de consolo.

Mas aqui a aposentadoria ainda é com 8 anos de mandato. Fora as muiiiitas regalias...

Só o Mensalão, já é uma vergonha nacional!