sexta-feira, 24 de julho de 2009

Não gosto da palavra tolerância. Prefiro a palavra Amor.


Imagem da net

Desde que me apercebi da existência da palavra tolerância, nunca gostei dela, nunca a aceitei.
Eu explico porquê:
Esta palavra, á partida, divide as pessoas em dois grupos.
Um que tolera, e outro que é tolerado.

Logo aqui, para mim, existe uma enorme contradição.

Porque todos sabemos, que todos os seres humanos nascem iguais e têm por igual, direitos e deveres, garantias e responsabilidades.
Depois, analisando o significado da palavra tolerância, encontramos:
Permissão, paciência, condescendência.

Para entendermos melhor vejamos tambem o que significa tolerar:

Consentir tácitamente
Ser indulgente
Deixar passar
Permitir
Desculpar
Suportar.

Segunda contradição:

O que tolera usufrui de um estatuto especial em relação ao outro, que é seu igual, arrogando-se o direito e usurpando um poder, de exigir que o tolerado, aja e se comporte perante ele, não como um igual, mas como alguem subalterno ou inferior em relação a ele.
Alguem que tem o dever, ou a obrigação, de ser como ele acha que deve ser, e que esteja dentro dos seus valores e posições.
Se o outro a isso não corrresponder, ele talvez faça o favor de o desculpar, de o suportar.

E agora perguntamos:

Mas quem foi que delegou nele, ou lhe atribuiu esses poderes e essas prerrogativas, para assim agir em relação a um seu igual?

Ainda poderemos inquirir: com que bitola, o que tolera, aferiu os seus princípios e valores, os quais considera superiores em relação aos do tolerado?

12 comentários:

Angela Guedes disse...

Oi Viviana!!!
Eu nunca tinha pensado nisso, seu raciocínio está impecável.
Concordo totalmente com você, Viviana.
Beijinhos
Angela

Jacira mavignier disse...

Oi, Viviana!

Creio que quem acredita que tudo sabe, não passa de um ser que vive no mais puro engano.

Como diz o sábio: "De uma coisa sei, sei que nada sei."

Não podemos dizer que temos a última palavra em nada. O ser que está aberto ao eterno aprendizado, esse é feliz, é bem aventurado.

O conceito de tolerância que aqui você nos expõe, realmente, é como se estivéssemos nos colocando em posição superior ao outro.

O AMOR, derruba essa, e muitas outras barreiras...

Ana Maria disse...

Porque quando se tem amor, há tolerância.
Um sábado espetacular!
1000beijinhos!

Viviana disse...

Querida Ângela

Olá!

Eu sempre quis dizer isto...

Agora já disse.

È a minha convicção cristâ.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida Jacira

È verdade o que diz minha boa amiga.

"Creio que quem acredita que tudo sabe, não passa de um ser que vive no mais puro engano."

O conhecimento do amor de Deus e a nossa fé cristã, só nos podem levar a olhar o "próximo" como um igual a nós e alguem a quem Deus muito ama

È o Amor que deve imperar entre os homens e não a tolerância, no meu ponto de vista.

Um beijo

viviana.

Viviana disse...

Querida Ana Maria

A minha amiga sabe muito bem o significado da palavra AMOR.

Com essa alma poética e amando a Deus como ama...

Sabe, é nosso dever, nossa obrigação, semear e espalhar o amor entre a humanidade.
Que o posamos fazer com imensa alegria.

Um beijo

viviana

Paulo Costa disse...

Excelente reflexão!
Também já tinha reflectido sobre a tolerência e o que ela realmente significa. No entanto, esta reflexão abriu-me novos horizontes e perspectivas.
Também prefiro a palavra Amor ou Humildade.
Quero agradecer-lhe do fundo do coração os belos, profundos, sábios e inspiradores comentários que escreve no meu blog.
Peço-lhe desculpa por não visitar e comentar no seu com a frequência que desejaria, mas nem sempre é possível. Contudo, reafirmo minha estima e admiração por si. A forma como vive suas convicções e sua fé são uma inspiração para mim.

Abraço fraterno!

Viviana disse...

Paulo, meu bom irmão e amigo

È muito agradável"encontrá-lo" aqui, creia.

Posso imaginar o quanto a sua vida e o seu tempo estarão cheios...

Mas é bom, que estejamos ocupados.

Infelizmente, hoje, há por aí tantaós homens e mulheres que estão fartos de não ter nada para fazer...

Preocupo-me tanto, com todes esses milhares de pessoas desempregadas...

Quanto ao meu post de hoje, sobre a tolerância, andava há muito para o escever.

Ontem á noite decidi-me.

È assim que eu vejo e sinto as coisas.

Fico feliz se através destas simples palavras, o Paulo ou outro alguem...poder ser abençoado.
Não tenho palavras para lhe agradecer as amáveis consderações que tece á minha pessoa.

Obrigada,

A Deus toda a Glória, Adoração e Louvor.

Abraço-o no amor de Cristo

viviana

Desejo-lhe um excelente Domingo

Um grande abraço

viviana

Jhacy disse...

Viviana,
Você sempre nos traz reflexões profundas e sábias,
Parabéns!!!
Um excelente fim de semana pra ti.
beijos.

Éverton Vidal disse...

Você nos apresenta uma nova maneira de encarar a tolerância. Eu compreendo e talvez concorde. É certo que num mundo "al revés", por vezes, caótico, faz-se necessário essa distinçao que nao deveria existir. O mundo está cheio de gente intolerante,e gente que pelo menos tenta tolerar.

Mas quero um mundo assim onde nao se distingua ninguém com rótulos.

Gostei muito do texto.
Valeu vir aqui.

Bom domingo!
Inté!

Viviana disse...

Querida Jhacy

Fico contente que tenha apreciado o texto.

Obrigada.

Uma boa noite

Um bom Domingo

viviana

Viviana disse...

Olá Èverton

Tão agradável vê-lo aqui.

Sim, a minha maneira de encarar a tolerância é, eu admito, diferente do que é consensual.

Neste mundo "caótico", por certo não é viável o modelo que eu defendo.

Mas...creio que será bom tentar.

Quem sabe, um dia...

Obrigada pela visita e pelas palavras amáveis deixadas.

Uma boa noite de repouso

um beijo

viviana