terça-feira, 29 de março de 2011

Isto é inacreditável!


A área do olival equivale a cerca de 1000 campos de futebol
(Foto: Enric Vives-Rubio
)

O IP8 vai cortar ao meio o olival que produz o melhor azeite do mundo.

João Filipe Passanha, um dos responsáveis da empresa familiar que produz azeite na Quinta de São Vicente desde 1738, diz estar "incrédulo" e preocupado pelo futuro da exploração. É que o prestígio já granjeado junto dos importadores que "são extremamente exigentes" com as condições ambientais da produção, pode ficar comprometido.

"O mais aberrante em tudo isto é que nem se deram conta das infra-estruturas que existiam", quando optaram trazer o traçado do IP8 pela Quinta de São Vicente, acentua Filipe Passanha, em declarações ao jornal Público.

Para além de perder cerca de 6000 árvores e uma parcela de terreno com três quilómetros de comprimento por 80 metros de largura, a viabilidade económica e ambiental da empresa pode ser afectada.

Com a herdade cortada ao meio "temos de gerir o olival nos dois lados da estrada", observa Filipe Passanha, que assegura que o traçado do IP8 - que ligará Sines a Beja - vai causar "impactes brutais na exploração".

Em 2010, a Sociedade Taifas exportou, para 18 países, quase 90% das 800 toneladas de azeite que produziu em lagar próprio. Os principais importadores encontram-se em Inglaterra, Noruega, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Alemanha, Brasil, China e Estados Unidos da América.

(Económico - Sapo Notícias)

8 comentários:

Lilá(s) disse...

Já tinha lido a noticia e fiquei deveras impressionada!
Bjs

carmen disse...

Nossa!

E não dá para "empurrar" esta estrada mais para lá???

Deveria ser feita em terreno não produtivo, sei lá...

bjs

manuel marques disse...

É um fartar vilanagem.

Abraço.

Rosa disse...

Olá viviana.
Nem sei o que dizer, nem o que pensar.
Mas o que terá acontecido ao bom censo e à inteligência humana?
Só pode estar em crise também :((

Viviana, tenha uma boa noite.

Viviana disse...

Olá Lilá(s)

É tanta incompetência que até nos perturba!

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida carmen

A par e passo... acontecem coisas destas por aqui...


Que raiva!

Um abraço, amiga

viviana

Viviana disse...

Amigo Manuel

O que mais estará reservado para este pobre País?

Um abraço

viviana

Viviana disse...

Querida Rosa

É como a amiga vê!

Como é que pode ser?

Nem o mehor olival escapa ao cimento.

Um beijo

viviana