terça-feira, 25 de outubro de 2011

Moisés Valador, foi encontrar-se com o Seu Senhor


O irmão Moisés Valador e eu em 2009.

O meu querido e muito amado amigo e irmão na fé em Cristo Jesus - Moisés Valador - foi encontrar-se com o seu Senhor, a quem ele tanto amava.Estava há bastante tempo preparado e ansioso por partir. Ele disse-me um certo dia, á saída da Casa de Oração: "Irmã Viviana, estou preparado para ir ter com o meu Senhor, estou á espera que Ele me chame a qualquer momento." Teve que esperar alguns meses, internado num Hospital, porém sempre sereno e calmo aguardando pacientemente o toque da trombeta, que acabaria por soar ontem de manhã.
Uma das últimas vezes que foi á Casa de Oração, ao passar junto de mim ao sair, eu acariciei a sua mão que segurava a bengala; já contei aqui o que é que ele fez: parou junto de mim, pegou na minha mão que estava sobre a sua e, sorrindo, sem nada dizer, levou a minha mão ao seu coração. Foi um momento único! Nunca o esquecerei! Este homem de 95 anos, conheceu Deus e com Ele teve uma experiência pessoal há mais de sessenta anos, vivendo feliz e servindo ao Senhor de muitas e variadas formas, inclusivé colaborando em Acampamentos de jovens e outros. Recordo-me tão bem de irmos os dois aos figos, de manhã cedo, numa propriedade de um homem amigo, na Farinha Branca, perto de Montargil. Lembro a alegria com que ele colhia os figos para pôr na mesa do pequeno-almoço, onde eram saboreados com o pão da terra, quentinho, acabado de chegar. Uma das suas tarefas era assar sardinhas para mais de setenta pessoas...ou frango, que ele conseguia que ficasse delicioso Sempre disponível para ajudar, para fazer o que fosse necessário. Ah! esses tempos continuarão na minha memória como algo belo marcante. Este santo homem de Deus, sendo crente há dezenas e dezenas de anos, sempre dizia nas suas orações públicas: "Senhor, ensina-me a orar porque eu não sei."
Já chorei lágrimas de saudade pela separação, pela sua partida, pela sua falta; porém já sorri também e alegrei-me...por esta vida preciosa que o meu Deus permitiu que eu tivesse a benção de conhecer e ser amiga e irmã na fé. Sei que agora ele está bem melhor; está onde ele queria estar, no lar eterno na glória junto do seu Senhor. usufruindo da vida eterna com tudo que ela tem para ofertar a todo aquele que que um dia entendeu e aceitou o imenso e inegualável amor de
Deus revelado por o seu Filho o Senhor Jesus Cristo, lá na cruz do Calvário.
Meu querido irmão Moisés Valador: Irei sentir muitas saudades, eu sei, mas é uma questão de tempo e a gente vê-se. Até lá, lembrar- me-ei de si, sorrindo.

5 comentários:

Flor disse...

Oh Senhor, que maravilhoso foi o testemunho deste teu filho!! O nosso amado irmão está com certeza a gozar da presença do seu/nosso Senhor e Salvador, a quem ele serviu de todo o seu coração...

Estive com este irmão e a sua esposa em vários acampamentos Familiares da União Bíblica, no Carrascal... Agradeço a Deus esse previlégio... partiu com uma idade tão bonita... irmã Viviane, e a sua esposa? Ainda é viva?

Diga-me como está o Pastor Leal, o seu amado esposo?

Beijinho de muito carinho no Amor e na Alegria de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, para a irmã Viviane e também para o Pastor Leal, de mim e do meu filho mais novo, o Pedro.

Deus seja com toda a sua famíia querida irmã!

:-) Florbela

Flor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria disse...

Partiu o querido irmão Moiés. Fiel até ao fim e sempre pronto a testemunhar.
Nesta hora, quando os amigos e familiares dão a última despedida ao corpo, já ele está no gozo do Senhor.
Grande testemunho a ser lembrado.

Lilá(s) disse...

Linda homenagem! e pelo que li bem merecida.
Bjs

Fernanda Maria Rocha Mesquita disse...

Parabens pos sentir e saber sentir a verdadeira amizade e amor. claro que pode levar consigo o texto de Natércia Freire. continue sorrindo... um beijinho