terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Ainda ... os braços de uma Mãe


Monumento a Giuseppi Giusti em Monsummano Terme - Itália

Gostei tanto, e achei tão lindo este "comentário" que o meu amigo Manuel, do blogue - http://arrozcomtodos.blogspot.com/ - deixou no post: Os braços de uma Mãe-, que não posso deixar de o partilhar aqui com os amigos.

Obrigada, meu caro Manuel.

Ei-lo:

"E tu, sozinho e pensativo na tua dor, procurarás a tua mãe, e nestes braços esconderás o teu rosto; no seio que nunca muda terás repouso.

(Giuseppe Giusti)

7 comentários:

manuel marques disse...

Obrigada pela sua gentileza.

Abraço.

Viviana disse...

Caro amigo Manuel

Admiro-o porque consegue ter a "palavra certa na hora certa".

Não é qualquer um que o faz.

Sei que lê muito, retem muito do que lê e destribui e espalha ao seu redor o que captou com o coração.

Parabéns!

Um grande e afectuoso abraço
viviana

Viviana disse...

Ah! nada tem que agradecer.

O "lucro" foi meu.

viviana

Rosa disse...

Lindo...
E esse seio terá sempre o mesmo aconchego aos 8 aos 18 ou aos 80.

Bênçãos para todas as mães.

Beijos, Viviana e toca a aproveitar esta linda tarde :))

Lilá(s) disse...

Que saudade dos braços de minha mãe...
Amiga esteja á vontade para usar como quiser algo do meu blogue será um prazer.
Bjs

Viviana disse...

Querida Rosa

Ah! como a minha amiga compreende o sentido deste belo pensamento!

"Seja aos 8, 18 ou 80..."

Obrigada por deixar aqui para nós todos palavras tão lindas.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida Lilá(S)

Também eu...tenho tantas saudades dos braços e da voz doce da minha mãe!

Obrigada por disponibilizar coisas lindas do seu blogue.

Um grande abraço
viviana