quarta-feira, 24 de setembro de 2008

O Dr. Simplício



Quando há dias passeava com os filhos e os netos em Sintra, na Avenida principal, á procura de uma esplanada para tomar-mos um cafézinho, e intretida que ia admirando as belas arquitecturas dos prédios antigos, de repente, quase que esbarro com alguma coisa que era nova ali.
Mesmo ao meu lado, dou com os olhos numa escultura cuja figura me era familiar.
Reparo melhor e apercebo-me que o busto que ali está á minha fente, era nem mais mem menos do Dr. Simplício
Naquele momento emocionei-me... e não resisti a dar asas ao coração, indo buscar os bons e inesquecíveis tempos que passámos juntos na sala de operações, ele operando estomagos e bócios, e eu, jovenzinha, acabadinha de formar, enfermeira instrumentista - que preparava e lhe dava para a mão os instrumentos que a par e passo ele ia usando na operação, trabalhando assim em estreita ligação com ele.
Trabalháva-mos no maior hospital de Lisboa - o Hospital Universitário de Santa Maria, no serviço de Clínica Cirúrgica, que tinha um grande número de médico divididos em equipas, cada uma destas responsável por um determinado tipo de cirúrgia, e eu... trabalhava com todos eles, num plano semanal de operações.
O Dr. Simplício era um homem bom, correcto, educado, fino, gentil, bom conversador, afável, atencioso e que gostava de partilhar o que sabia. Aprendi muita coisa com ele e como ele sabia que eu me interessava muito por o nosso trabalho, muitas vezes ele parava um pouco para me mostrar e explicar aspectos interessantes das cirúrgias.
Enquanto havia lá outros médicos noutras equipas, que não se coiibiam de gritar com os colaboradores e até por vezes atirar contra a parede uma tesoura que cortava mal... o Dr. Simplício nunca levantava a voz e era de uma educação extrema.
Viveu a vida inteira em Sintra, terra que ele amava e pela qual fez coisas incríveis, até ao fim dos seus dias, já bem velhinho.
Toda a gente em Sintra e aldeias e terrinhas á volta, o conheciam, porque praticamente toda a gente lhe passou por as mãos, como médico. Foi inclusivé, médico do meu pai.
Eu, depois saí do Hospital de Santa Maria e fui trabalhar no Instituto Maternal e depois na Administração Regional de Saúde de Lisboa e nunca mais o vi.
Soube que ele tinha falecido em 2007, e tive imensa pena de não saber a tempo de o poder acompanhar no seu funeral.
Por tudo isso que descrevo atrás... podem por certo imaginar como eu fiquei quando vi ali á minha frente, inesperadamente, o busto do Dr. Simplício.
Falei com ele, disse-lhe algumas palavras bonitas e com as lágrimas nos olhos não resisti a passar-lhe suavemente a mão rosto.

12 comentários:

Paulo Costa disse...

Olá Viviana!
Já não vinha contemplar os lírios do campo há algum tempo. Estive a passar uma semana de férias na bela e encantadora ilha da Madeira.
Ontem,estive a ler os comentários que deixou nos meus blogues. Agradeço-lhe do fundo do coração a sua partilha de sabedoria, conhecimentos, fé..., assim como a admiração,gentileza, delicadeza e sinceridade com que sempre comenta o que vou publicando.

Em relação a este post, quero dizer-lhe que fiquei muito comovido com exemplo de vida do Dr. Simplício. Hoje em dia, é raro encontrar profissionais com essas virtudes e qualidades humanas. Estou certo que sentiu um privilégio imenso em trabalhar com esse médico. Imagino a sua surpresa e emoção ao deparar-se com o busto construído em sua homenagem.

Amiga e irmã Viviana, fique na Graça e na Paz do Senhor Jesus Cristo.

Abraço fraterno.

bete pereira da silva disse...

E assim, dia a dia, como uma fina costureira, a Viviana vai costurando sua biografia...para nosso deleite!

Viviana disse...

Olá Paulo, meu querido irmão e amigo

Gostei da sua frase:

"Contemplar os lírios do campo"

Bonito!

Então, esteve uma semaninha na Madeira!?

Que bom que pôde ir!

A minha irmã Esperança, que habitualmente vem aqui comentar, chegou lá hoje demanhã, para passar 2 meses com a única filha e a única neta que tem.

A convite deles estive lá tambem há algum tempo atrás, uma semana.

De carro , o meu cunhado, que é "um amor" , levou-me a conhecer praticamente tudo o que há de mais belo por lá.

Fiquei fascinada.

Quanto aos comentários que costumo deixar nos seus postes nos seus blogues, é com um imenso prazer e alegria que o faço.

O Paulo é uma pessoa linda!

È um exemplo vivo do que o nosso bom Deus e Pai, quer e pode fazer, na vida das pessoas cujo coração está aberto para Ele.

È só mesmo uma questão de lhe franquearmos a entrada... Ele entra, faz morada pela fé, e transforma e restaura a vida.

Isso é maravilhoso!

Dsejo-lhe uma semana repleta de bençãos

Um grande e carinhoso abraço no amor de Cristo, nossa Esperança

Viviana

* O Cantinho da Lia * disse...

Que emocionante Viviana!
Pelo que percebo, este Dr. Simplício era um médico exemplar, e muito cavalheiro...
Precisamos de mais pessoas assim no mundo, não é mesmo??
Até gostaria de tê-lo conhecido...
Que bela homenagem ...

Um gde beijo.

Viviana disse...

Olá querida Bete,

Que comentário mais lindo que me deixou, amiga!

Chamei o meu marido e o filho para lhes ler!

Ficaram a sorrir!

Acontece tanta coisa na vida da gente, não é?

A minha irmã Esperança costuma dizer que a minha vida está cheia que nem um ovo!

Tanta coisa linda que ficou lá para trás!...

Mas,o que é maravilhoso mesmo, é que tantas outras coisas lindas vão continuando a acontecer todos os dias.

Amiga linda,

desejo-lhe um bom entardecer

Um beijo

Viviana

Viviana disse...

Olá Lia querida,

Foi um homem exmplar, sim.

No meio de todo aquele grupo com quem trabalhei, que eu saiba...nenhum se lhe igualou.

Diz bem, minha amiga linda

Era tão necessário haver por eese mundo de Deus... muitos outros semelhantes a ele.

Diz que gostaria de o conhecer..

Creio que ficaria muito contente.

Desejo-lhe uma tarde tranquila e serena, com muita paz no seu coração.

um beijo

viviana

carmen disse...

Acho tão lindo quando podemos falar de alguém com esta empolgação...
Afinal, quando deixamos este mundo, deixar um bom exemplo para a família e para os amigos e conterrâneos é uma dádiva... Quando eu for morar com o nosso Papai do Céu, espero que deixe um perfume no ar, perfume de Jesus na minha vida... Isto, sim, não tem preço!!!
Bjs

Viviana disse...

Querida Carmen,

Sabe que me considero uma previligiada neste aspecto?

Nestes 67 anos de vida o Senhor tem colocado no meu caminho pessoas lindas, pessoas nobres, pessoas de caracter!

Muitas delas já foram morar com o "Papai do Céu"... e quantas saudades elas deixaram em mim!

"Um perfume no ar! um perfume de Deus na minha vida".

Que desejo lindo, amiga!

Sabe que tambem anseio por isso!?

Que eu possa deixar um rasto de Amor!

Semelhante áquele que o meu Senhor deixou!

Isso na verdade não tem preço.

Um abraço amiga linda e uma boa noite de descanso

viviana

Rosa disse...

Viviana amiga
Ao longo da nossa vida todos temos alguém que é exemplo para nós.
Como o foi para si o Dr.Simplício, talvez pela sua postura na vida, talvez pela sua verticalidade...
Exemplos a seguir.
São pessoas como esta que nos fazem pensar ter toda a razão de ser a frase Bíblica que nos diz:
"Pelos seus frutos os conhecereis" MT 7,16

Viviana, tenha uma boa noite
Beijos.

Viviana disse...

Olá querida Rosa,

Sim, o Dr. Simplício é uma das muitas pessoas exemplares que o nosso bom Pai colocou no meu caminho.

Tenho a certeza que não foi "um acaso"; foi Deus que por algum motivo, alguma razão, entendeu que assim fosse.

Sabe que gosto muito dessa frase do Senhor Jesus, que citou.

"Pelos frutos os conhecereis".

O Senhor espera de nós, seus filhos... bons frutos.

Que nós tenhamos isso sempre presente e que o não venhamoa a desiludir.

Um abraço

Viviana

Joao Leal disse...

mãe, gostei muito deste post.1 beijinho

Viviana disse...

Olá Juanito,

Que bom que gostáste, filhote!

Aliás, tu assiste á minha emoção.

È muito bom ter coisas lindas para recordar.

Um beijo

mãe