segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Os meus Hinos queridos (3)


Para ler, clique por favor em cima da imagem.

Tradicionmalnmente, o canto, faz parte integrante do Culto de adoração e louvor nas Igrejas Evangélicas.
A maioria dos Hinos que cantamos são de autores estrangeiros; há no entanto autores portugueses inspirados, que contribuiram para o enriquecimento da nossa Hinologia.

Entre eles saliento o Pastor Guido Valdemar de Oliveira, da Igreja Evangélica das Amoreiras em Lisboa, do qual publico hoje aqui, com muito gosto, este cântico da Colectânea "Cânticos do Coração" publicada por ele há 55 anos.

Este è um dos meus hinos queridos cuja mensagem me toca e sensibiliza.

23 comentários:

Anita disse...

A felicidade não pode estar em nada que esteja fora de ti. Busque-a dentro de si mesma, pois a felicidade é Deus, e Deus mora dentro de ti.
SaintExupery

Um dia maravilhoso minha doce amiga.
Bela escolha.
Beijinhos
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

Pelos caminhos da vida. disse...

Sem Deus somos nada.

Lindo dia pra vc amiga.

Já tem post lá te esperando.

beijooo.

Maria Emília disse...

Obrigada por este belo e inspirado poema. Que saudade do querido tio Guido, um grande servo de Deus.
"Fala Tu, meu Senhor!..." Este é o meu desejo e que eu saiba ouvir e obedecer.
Um grande beijo.
Shalom!
Mimi

carmen disse...

Que linda idéia esta de colocar um hino de autor português, com partitura e tudo... Amei
Bjs

Viviana disse...

Ola querida anita,

è uma grande verdade, amiga.

"A felicidade é Deus".

Ditosos aqueles nos quais Ele vive!

Tenha uma boa noite de descanso.

Um abraço
Viviana

Viviana disse...

Olá Ana linda,

Diz um cântico que cantamos por aqui nas nossas igrejas:

"Sem Deus nada somos neste mundo
Sem Deus nada pdemos fazer,
Nem as folhas das árvores se movem
se não fora pelo seu poder."

Obrigada pela informação.
Já estive lá e apreciei muito.

Um beijo

Uma boa noite
Viviana

Viviana disse...

Olá querida Mimi,

Tem graça que quando publiquei este hino lembrei-me de si e até disse para o Pastor Leal:

Vais vêr que a Mimi vai deixar um comentário.

Se bem me lembro nesse tempo havia laços fortes entre a Igreja do seu pai e as Amoreiras, não era?

Que bons tempos eses!

Pois o hino é muito lindo.
Tem uma bela mensagem que nos fala, que nos toca...

Estou a pensar um dia destes pedir ao irmão Fernando Oliveira, nosso organista, para o ensaiar a solo.

Sempre o desejei cantar mas nunca se proporcionou.

Desejo que tudo esteja bem por aím nessa linda família.

Beijinhos para todos

para si, minha estimada e querida comadre... um beijinho saudoso
Viviana

Viviana disse...

olá querida carmen,

Este autor - Pastor, escreveu hinos muito bonitos.

Eu ainda o conheci, embora ele pertencesse ao grupo dos "Irmãos" e eu aos Baptistas.

Tenciono de vez em quando dar a conhecer outros lindos hinos da sua autoria.

Tenha uma boa noite , amiga linda
Viviana

Rosa disse...

Olá Viviana
Mais um dos seus lindos Hinos.
Achei a letra linda, mas sabe Viviana, o meu marido veio ter comigo enquanto estava a ver o post e de caminho lhe pedi para me "trautear" a música, e agora não só conheço a letra como também a sua música (mais ou menos).
Quando desci para ir ver o jantar lá estava ele a cantarolar :)

Tenha uma noite tranquila
Beijos

gaivota disse...

lindo o poema, entendo como pode de facto tocar o teu coração!
boa semana em paz e com saúde
beijinhos

Viviana disse...

Olá querida Rosa,

Que interessante!

Então o seu marido sabe de música!?

Que bom!

O hino é realmente bonito; tanto a letra como a música.
E creio que a música como não é complicada, fica fácilmente no ouvido.

Fiquei muito contente .

Tenha uma boa noite de repouso, com esta chuvinha miuda que está cair (aqui...)

Um abraço
Viviana

Viviana disse...

Olá Gaivota linda,

Sim, o poema é lindo.

A mísica tambem.

um abraço, amiga linda.

uma boa noite com chuva
viviana

Maria Emília disse...

Volto, só para recordar o tio Guido. Era um homem muito bonito e de uma postura muito vertical, mas de uma doçura imensa.

Na verdade conheci-o com tenra idade (literalmente, andei ao colo dele) através das suas idas à igreja do Castelo, mas o contacto mais intímo tivemos via União Bíblica e o meu querido pastor Abel Rodrigues.

Não sei se sabe que, apesar de ser respeitado, no meio dos Irmãos havia uma polémica porque ele era chamado de pastor (o que consentia) e, sobre tudo, porque batizava por imersão (o que defendia tenazmente), tal como ele próprio foi baptizado. Assim sendo, houve uma divergência e duas facções:
1- Pr. Guido Waldemar de Oliveira e o baptismo por imersão;
2- Sr. José Ilídio Freire e o "baptismo" por expressão.
Já agora, lembrar que foi presidente da A.E.P. durante bastantes anos.

Desculpe esta conversa, nem sei se acha normal que o faça aqui na sua casa/blogue, mas aproveitei para recordar e homenagear esse grande homem de Deus.
Obrigada pela oportunidade.
Beijos de boa-noite.

Shalom!
Mimi

Viviana disse...

olá Mimi,

Acabei de ler o seu último comentário, e li-o de alto para o Pastor Leal ouvir.
Interessante que ele confirma tudo quanto a Mimi aqui diz e conta.

Achei lindo o facto da Mimi ter andado ao colo do "Tio Guido"

Imaginem!

Fez muito bem de vir aqui novamente e escrever o que escreveu.

Trouxe informação muito útil para mim, que desconhecia essas coisas.

Obrigada comadre e amiga
Um beijinho e uma boa noite
Viviana

Ana Maria disse...

Tenha uma noite de muita paz e tranquilidade.
Que Deus abençoe sua vida.
Bjs!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Amiga Viviana!A música nos une a todos,nos irmana,principalmente quando louva a Deus,durma em paz,beijos,Sonia Regina.

Anita disse...

Viviana querida, agradeço por ter sua amizade.
Alguns pequenos gestos, têm um grande significado nas nossas vidas.
Beijos.
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

Viviana disse...

Olá querida Ana Maria,

Tambem para si o desejo de um dia lindo, com muita paz e alegria.

Um abraço carinhoso
Viviana

Viviana disse...

Olá querida Sónia,
Dormi bem, sim, graças a Deus.
Por aqui, finalmente...o tempo começa a arrefecer.
Ontem choveu um pouco.

Diz bem, amiga linda.

A música une as pessoas,
è uma benção.
Eu raramente não estou a ouvir música.

Olhe, neste momento estou a ouvir Grieg - numa das suas mais belas composições - "A morte de Ase" -

Tenha um lindo dia , amiga linda.
Abraço-a carinhosamente
Viviana

Maria Antonia disse...

Amiga Viviana
Havia uns dias que não vinha á net, hoje segunda dou um "saltinho" e tive que visitar o seu blog.
Adoro a maneira como escreve o que sente, o amor que coloca na sua escrita acalma-me e faz-me sentir muito bem, além de aprender muito com o que escreve.
Obrigada por ter o previlégio de o visitar.
Uma boa noite querida amiga
Mitó

Viviana disse...

Olá querida Mitó,

Que agradável surpresa encontrá-la
por aqui!

Só agora é que reparei que havia mais um comentário no post de ontem.

Nunca mais a vi sair com a Neca, nem nada, mas tenho perguntado ao seu filho e ao seu marido por si.
Dizem-me que está bem, mas como eu não a vejo... começo a ficar preocupada.

Espero que esteja mesmo bem.

Agradeço do coração as suas gentis e amáveis palavras sobre o que escrevo.

Obrigada, amiga.

Tudo muito simples, como diz, é o que me vai na alma...

Não penso muito antes de escrever, é só preciso olhar e sentir o coração... e ele dita-me as palavras.

Tenha uma boa noite ,amiga linda
um beijo
Viviana

Iana disse...

Bem minha querida
eu como demorei em aparecer para comentar...
quando venho tarde o que faço é ler os textos todos que perdi...

E esse me emocionou muito
sabe pq? eu adoro esse louvor e mais quando eu me alegro na presença de Deus é quando ele fala comigo atráves de um louvor...

Eu gosto muito e principalmente dos louvores do Diante do trono com Ana Paula Valadão aiii eu choro e me prosto aos pés do pai...

amei obrigada por partilhar esse momento abençoado com todos nós..
Shalom!

beijos
rosa amiga
Iana!!!

Viviana disse...

Olá iana,

Comente, comente...tem muita coisa por aí para comentar.

Quanto ao louvor amiga linda, então já somos duas...

Sabe que quando louvo procuro mesmo olhar o rosto do Pai, e canto cada palavra para Ele...

Então sinto-o tão perto, tão real... que me comovo e as lágrimas rolam pelo rosto, mas ao mesmo tempo sorrio para Ele.

Não limpo as lágrimas, só no fim do hino, e não tenho nenhum problema que os outros vejam.

Eu já avisei os irmãos que se sentam ao meu lado, que não se preocupem...que está tudo muito bem.

Sabe que na congregação não vejo isso acontecer com mais ninguem?

Mas não temos que ser todos iguais, não é?

Um beijo

viviana