terça-feira, 7 de outubro de 2008

A ti Rosa (tia Rosa)


A ti Rosa, assim lhe chamam na aldeia, é uma mulher linda que eu conheci no verão passado, em Maceira, aldeia nos arredores de Sintra onde os meus pais viveram os últimos 55 anos da sua vida.

Eu fui lá passar esse verão e todos os dias de manhã cedo, ia fzer uma caminhada.
Foi numa dessas caminhadas que encontrei aquela mulher bastante idosa, com o rosto juncado de rugas profundas, e ao mesmo tempo tisnado e curtido pelo sol, de tal modo que que eu não conheço mais ninguem assim, nem mesmo os trabalhadores que passam o dia a trabalhar ao sol.

A ti Rosa deve ter muito perto dos noventa anos de idade. Ela já lhe perdeu o conto, não sabe quantos são.

È viuva há muitos, muitos anos e vive sózinha, numa casinha pequena mas muito arranjadinha.
Tem só uma filha que vive por ali perto e que de vez em quando vem ver como ela está e se precisa de alguma coisa.
A primeira vez que a encontrei andava ela a "passear" na Segueteira que é um local bucólico e muito antigo, lindíssimo, onde há uma fonte que continua a deitar abundante água desde o ano de 1788... sózinha lá andava ela, com o seu chapéuzinho de palha na cabeça e a sua bata de florinhas pretas e fundo cinzento. (roupa de viuva)
Parei, cumprimentei-a e logo vi que mulher linda ela era. Sorri sempre, tem uma maneira de falar pausada e uma voz cristalina como a de uma criança. Abençoou-me recitando uma oração linda que ela conhece há muito tempo.

A ti Rosa pouco pára em casa; ela gosta mesmo é de andar, andar, falar com as pessoas e quando já andou tudo... vai buscar uma cadeira e senta-se na rua a ver as pessoas passar e a dar dois dedos de conversa.

Gosta muito do jogo da bola e muitas vezes vai ver os "miudos" a jogar. Incentiva-os e grita quando algum faz uma boa jogada ou mete golo. Os garotos gostam muito dela.

Nunca a vi triste. Sempre alegre e sorridente.
Creio que por andar muito e ter cuidado, tem um aspecto saudável; com as costas bem direitinhas e nunca por nunca ser, a ouvi queixar de dores nos ossos ou coisa assim.
Todos os dias, bem cedo, ela vai a pé, ao cemitério de Montelavar, "conversar" um bocadinho com o marido e contar-lhe como as coisas vão.Leva sempre um raminho de flores ou uma verdura para colocar lá.Aqui há tempos encontrei-a lá no cemitério e logo ela me foi mostrar a campa do marido.

A ti Rosa é mesmo uma mulher especial. Gosto muito dela e dá-me uma alegria imensa encontrá-la, abraçá-la, e ficar parada conversando com ela.
Quando ela partir vou sentir muito a falta dela e tenho a certeza que ficarei com imensas saudades dela e lembrá-la -ei por muio tempo.

Sinto que Deus me abençou ao "apresentar-me" a ti Rosa.

16 comentários:

BC disse...

E como a ti Rosa é que todos nós devíamos ser. Sempre a sorrir e manter a pureza dos sentimentos, como isso é bonito, cativante.
Nunca perder a tal essência, não importa a idade mas a forma como agimos.
Beijinhos Viviana

Anita disse...

Aquele que se alegra com uma simples flor merece a felicidade de um vasto e colorido jardim!
Tenha um lindo dia amiga querida!!!

Que doçura de senhora. Mais uma bela homenagem amiga Viviana.

Beijinhos
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

* O Cantinho da Lia * disse...

Até me deu vontade conhecer a ti Rosa...
Gente, que demais...ela vai todos os dias visitar o falecido marido...e ainda conversa com ele?
Poxa,deve ser mesmo uma mulher espetacular...
Parabéns Viviana, por conhecê-la.
Beijinhos
Deua a abençõe.

Pelos caminhos da vida. disse...

BOm dia amiga!

Que Deus conserve mais ainda essa mulher maravilhosa e especial que é a TIA ROSA.
Mulher sábia,trasmite a outras pessoas sua sabedoria,amor,carinho
como precisamos de mais pessoas assim!!
Lendo seu post me deu vontade de conhecê-la tb.
Qdo vc encontrá-la de novo,fale a ela que mandei um gde abraço.

beijooo.

Rosa disse...

Admirável velhice.
Abençoadas rugas.
Bela postura na vida.
Quanto temos ainda para aprender com pessoas assim.
Que Deus me conceda uma velhice assim.
(só daqui a mais uns anitos) :)

Viviana, um bom fim de tarde

Beijos

Mary West disse...

Gente que belo. Um texto assim, simples e profundo que toca e inspira a todos a viver cada vez mais intensamente.

Viviana disse...

Olá Isabel,

Diz bem, amiga.

"Sempre s sorrir e manter a pureza dos sentimentos".

"Nunca perder a essência".

Oxalá possamos ser sábias para o fazer.

Um beijo, amiga linda
Viviana

Viviana disse...

Olá querida Anita,

"Aquele que se alegra com uma simples flor merece a felicidade de um vasto jardim florido".

Mas que lindo, amiga!

Gostei!

Tenha uma boa noite de descanso
um beijo
Viviana

Viviana disse...

Olá querida Lia,

Ah! Sim!

Se a minha linda amiguinha conhecesse a ti Rosa... ia ficar encantada, eu sei.

È por isso que eu considero que Deus pode nos abençoar de muitas formas. Uma delas, é "apresentando-nos pessoas".

Pessoas essas que nos enriquecem e inspiram.

Um abraço, amiga linda

Viviana

Viviana disse...

Olá Ana linda,

È. Eu tambem gostaria que a ti Rosa tivesse ainda muitos anos de vida!

Quem sabe?

Tomei nota.

Quando a encontrar eu vou fazer-lhe a entrega do seu abraço e vou explicar que esse abraço vem lá de muito longe, do outro lado do mar.

Tenha uma óptima noite de descanso, amiga linda

Um breijo

Viviana

Viviana disse...

Olá querida Rosa,

Sim, é uma velhice linda!

Quão diferente é da maioria!

Sinto-me uma previlegiada por conhecê-la.

Quero mesmo aprender com ela.

Um abraço, amiga linda e uma boa noite de descanso.
Viviana

Viviana disse...

Olá Mary, linda

Sabe, eu tenho aprendido muitas coisas na minha vida, através de pessoas simples e belas como a ti Rosa.

Acho que é para isso que Deus as coloca no nosso caminho.

Um beijo, amiga linda

Viviana

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Quanto mais passeio no seu cantinho mais vontade sinto de conhecê-la.Sinto,a cada dia o quanto se importa com os seus semelhantes e vai buscar-lhes os valores que,muitas pesoas,talvez nem percebam.A tia Rosa é uma alma que está um degrau acima,mas você é especial,com muito carinho,Sonia Regina.

Viviana disse...

Olá querida Sónia,

Alegra-me saber que se sente bem percorrendo e visitando o meu cantinho.

Ele é muito simples e despretencioso, como pode ver.

Sabe, amiga linda, dá-me um enorme prazer partilhar com os que aqui vêm, aquilo que preenche o meu espírito.

Tenha um lindo dia, minha boa amiga

Viviana

carmen disse...

Eu amo conversar com velhinhos; são sempre surpreendentes, com suas histórias simples e comoventes...
São muito carentes e gostam de conversar muiiito, assim como eu.
Sempre aprendemos muito com eles e particularmente, gosto muito de rir com eles das nossas histórias.
Bjs

Viviana disse...

Olá querida Carmen,

Então já não sou só eu que gosto de conversar e estar com velhinhos!

Sabe que tenho muitos, muitos amigos velhinhos?

Eles são uns amores e têm sempre qualquer coisa para nos ensinar.

Um beijo
viviana