terça-feira, 11 de maio de 2010

Tive fome e não me deste de comer.


Imagem da net.

No fim da nossa vida não seremos julgados pelos muitos diplomas que recebemos.
Pelo dinheiro que ganhámos, ou por quantas grandes coisas realizámos.
Seremos julgados por:
"Eu tive fome e deste-me de comer.
Eu estava nu e vestiste-me.
Eu não tinha casa e abrigáste-me."

Madre Teresa de Calcutá

12 comentários:

Anita disse...

Amigos são como o vento... é impossível prende-los entre as mãos... Eles às vezes têm outra direcção... às vezes são como furacão invadindo nossas vidas, às vezes são como brisas acariciando nossa alma, às vezes perto, às vezes longe... mas eternamente em nossos corações!

Desejo-lhe um dia cheio de amor e deixo-me muitos beijinhos com sabor a bolo de aniversário.

Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

gaivota disse...

sim, minha amiga, é bem verdade,s e bem que tão poucos o sabem!
beijinhos

Pelos caminhos da vida. disse...

Não tenho do que me preocupar então, o que posso fazer eu faço.

Bom dia amiga.

beijooo.

Rosa disse...

...tive sede e me deste de beber.
adoeci e me visitastes.
estava na prisão e foste ver-me.

E custa tão pouco, nem dinheiro é preciso (o nosso eterno problema :(
apenas uma mochila cheia de vontade,um olhar atento, e um coração grande e disponível...
E veremos então, que no final estaremos muito mais "ricos" e mais "importantes" aos olhos do Senhor.

Abraços de amizade

manuel marques disse...

"Não é o sofrimento das crianças que se torna revoltante em si mesmo, mas sim que nada justifica tal sofrimento ."

Beijo.

renato disse...

Olá Viviana!

Um pequeno gesto, por vezes, é uma grande atitude!

E a falta de solidariedade é o "orgulho" dos egoistas, que gostam muito de olhar o seu próprio umbigo!

Fiquei sensibilizado, impressionado pelo seu magnifico post, Minha Grande Amiga!

Um grande abraço e continue com esse seu "poder" de colocar no seu blog todas estas injustiças!

Renato

Viviana disse...

Querida anita

Lindo!

O que escreveu sobre os amigos.

"...eternamente nos nossos corações."

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Olá Gaivota linda

Temos tendência a esquecer-nos...amiga.

E isso não pode acontecer.

Um grande abraço

viviana

Viviana disse...

Querida Ana

Que bom que pode estar tranquila.
Se cada um de nós fizer o que pode...

é meio caminho andado.

Um grande abraço

viviana

Viviana disse...

Querida Rosa

Que bom que completou o texto!
Palavras sagradas proferidas pelo Mestre...

Gostei muito desta frase sua:

"apenas uma mochila cheia de vontade,um olhar atento, e um coração grande e disponível...

Sim, é quanto basta.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Olá Manuel

Tem razão, amigo.

É assim...porque os homens querem que seja assim.

Os poderosos não estão interessados em mudar.

Um abraço

viviana

Viviana disse...

Olá Renato, meu bom amigo

Este tema impressiona, sim.

Incomoda até.

Sabe que eu própria meditei hoje bastante sobre isto?

Perturba-me.

Sinto que tenho que fazer mais alguma coisa.

Amigo

Fiquei sensibilizada pelas amáveis palavras a respeito do que aqui vou publicando.

Obrigada. É um estimulo para ir em frente.

Um grande abraço

viviana