domingo, 19 de fevereiro de 2012

Porque hoje é Domingo (191)


Igreja Baptista das Boas-Novas - Amadora

 1«Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a
terra, tu que puseste a tua glória dos céus!

2 Da boca das crianças e dos que mamam tu suscitaste força, por
causa dos teus adversários para fazeres calar o inimigo e
vingador.

3 Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as
estrelas que estabeleceste,

4 que é o homem, para que te lembres dele? e o filho do homem,
para que o visites?

5 Contudo, pouco abaixo de Deus o fizeste; de glória e de honra o
coroaste.

6 Deste-lhe domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste
debaixo de seus pés:

7 todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo,

8 as aves do céu, e os peixes do mar, tudo o que passa pelas veredas
dos mares.

9 Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a
terra.»

(Livro dos Salmos cap.8)

3 comentários:

manuel marques disse...

Paz e muito amor.

Abraço.

Rosa disse...

Salmo maravilhoso, e que nos merece reflexão.

" Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as
estrelas que estabeleceste,
que é o homem, para que te lembres dele? e o filho do homem,
para que o visites? "


Obrigado, Senhor,por nos teres criado e dado tanta importância, tanto valor.
Mas não deixes, Senhor, que com todo esse valor, nos afastemos e esqueçamos de Ti.
Toma as rédeas da nossa vida.
Faz-nos ter sempre presente o que disseste um dia:

"Sem Mim nada podereis fazer" (João 15,5)

Boa semana

esperança disse...

Boa noite minha querida maninha.

(Quando vejo os teus céus obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste;
Que é o homem mortal, para que te lembres dele?)

O Senhor tudo renova continuamente para bons e maus, é impossível contar as suas bênçãos… Que estão em todo o lugar que os nossos olhos alcançam, e mesmo assim, muitos não conseguem ver Deus na Sua obra; nem na Sua imensa bondade para nós: é pena!!!...Agora por exemplo, começa a estar tudo aflito por não chover, será que alguém se lembre de Quem regula os tempos, e nos proporciona a chuva, o orvalho, a neve e todas as coisas?

Tem, tenhamos todos uma noite tranquila