sexta-feira, 30 de julho de 2010

"Tens que me contrariar!"


Imagem da net.

Já alguém lhe pediu para o contrariar?
Sou levada a crer que não.
Muito pelo contrário! É bem provável que já o tenham ameaçado:
"Olha que tu não me contraries!"

Pois bem, a minha irmã Teresa, mais nova do que eu, anteontem disse-me:
«Porque é que não me contrariáste? Tens que me contrariar!»

Eu explico:
Nas obras de reparação da casa da aldeia, decidimos também renovar o jardim e algumas plantas. Fomos ao viveiro e dirigimo-nos para o local onde estão os sacos de terra - composto orgânico - e a minha irmã perguntou-me quantos sacos de 50 quilos seriam necessários; eu, que sou muito boa em calculos, respondi-lhe: Uns quatro ou cinco. Ela, que é extremamente poupada e especialista em conseguir preços mais baixos (ao contrário de mim, que sou incapaz de discutir um preço) atalhou logo: «Ah! isso é muito! Eu acho que dois sacos chegam.» Eu, não a quis contrariar e disse que estava bem, que levássemos dois sacos.
Quando fomos colocar a terra no novo canteiro (alegrete) concluímos que era insuficiente. Ela virando-se para mim disse-me: «Tu é que estavas certa! Eram precisos mesmo uns quatro ou cinco.» E atalhou, quase como que implorando: «Porque é que não me contrariáste? Tens que me contrariar!»
Não é espantoso?
Bom, se eu já tinha muita consideração por ela...passei a ter ainda mais!
A sua atitude, para mim, revelou uma grande humildade..

6 comentários:

Michele P. disse...

Precisamos de mais pessoas assim. Onde encontramos? :-)

Gostei muitíssimo!

gaivota disse...

que linda "discussão"! contrariar assim, sem maldade, sem efeitos doentios...
mias um pedacinho do teu dia-a-dia
beijinhos

Maria disse...

Gostei, além da história bem contada, a mensagem que encerra.
Beijos.
Mimi

manuel marques disse...

Protágoras dizia que todo o argumento permite sempre a discussão de duas teses contrárias.

Beijo e bom fim de semana.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Viviana!

Linda a história das irmãs!!!

Admitir o erro é qualidade que nem todos têm!

Espero que seu jardim fique lindo!

Um beijo para as duas!

Sonia Regina

Fernanda disse...

Isto me faz lembrar a minha filha, ha cerca de 5 anos atras, teve uma nota um pouco mais baixa do que o habitual, mas eu so a encoragei que para a proxima ela melhoraria, pois ela tinha sempre boas notas e mais tarde ela disse-me que ficou triste porque gostaria muito que eu me tivesse zangado com ela.