... como eles crescem; não trabalham nem fiam; e eu vos digo que nem mesmo Salomão, com toda a sua glória, se vestiu como um deles.
Ev.de Mateus 6:28 e 29.

segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

Texto Bíblico lido ontem na Escola Dominical


Mas agora Deus mostrou-nos como é que as pessoas entram em boas relações com Deus, sem ser por meio da Lei. E é a própria Lei de Moisés e os profetas que provam isso. Deus faz com que as pessoas entrem em boas relações com Ele por meio da fé em Jesus Cristo. È assim para todos os que crêm em Jesus Cristo, sem haver diferença de pessoas. Todos pecaram e ficaram longe de Deus . Mas, pela sua bondade, Deus torna-os seus amigos gratuitamente por meio de Jesus Cristo que os libertou do poder do pecado. Deus fez com que Cristo, pela sua morte, se tornasse instrumento de perdão para os que crêm nele. Mostrou assim como é bondoso. Outrora tinha sido paciente e não tinha castigado os pecados dos homens. Agora mostra como pôe as pessoas em boas relações com ele, pois Deus é bom e faz com que fiquem de bem com Ele os que crêm em Jesus.

Onde está portanto o motivo para alguem se orgulhar? Não há motivo nenhum. Que razão poderia existir? Por se praticarem as obras da Lei? Não. Somente porque se tem fé. Nós consideramos que entramos em boas relações com Deus pela fé e não por causa das obras da Lei. Doutro modo Deus seria apenas o deus dos judeus. E não é ele igualmente o Deus de todos os outros? Claro que sim. Ele é tambem Deus dos outros povos. Com efeito há um só Deus que torna seus amigos, por meio da fé, tanto os judeus como aqueles que o não são. Quer isto dizer que, por causa da fé, nós negamos todo o valor da Lei? De modo nenhum. Pelo contrário reconhecemos á Lei o seu verdadeiro valor.

(Epístola de Paulo aos Romanos cap. 3: 21 a 31. )

Sem comentários: