terça-feira, 16 de junho de 2009

CRIANÇAS - o melhor do mundo


Imagem da net


Imagem da net

Três irmãos morrem abraçados

»O fogo invadiu o quarto, cercou por completo a cama de casal e envolveu as três crianças – que acordaram mas apenas tiveram tempo de se abraçar antes de morrerem queimadas. Diogo, 12 anos, Tiago, seis anos, e o pequeno Afonso, com apenas dois anos, dormiam juntos num prédio devoluto no Pinhal Novo, Palmela, à guarda da irmã mais velha, que se salvou com o namorado. Os três irmãos “ainda gritaram”, segundo o namorado de Juliana, toxicodependente, mas a ajuda não chegou. Quando os bombeiros chegaram ao local os corpos das três crianças estavam carbonizados na cama – num último abraço. »


Segundo fontes oficiais, em Portugal, desde o início do ano já morreram OITO CRIANÇAS QUEIMADAS.


Delas, escreveu Pessoa:
"Grande é a poesia, a bondade e as danças... mas o MELHOR DO MUNDO SÃO AS CRIANÇAS."


SERÃO MESMO?

13 comentários:

Jhacy disse...

Muito triste este episódio, querida Viviana...Precisamos mesmo cuidar das nossas crianças!!
beijos.

Viviana disse...

Querida Jhacy

È isso que vem logo á nossa mente, não é?

Quando conhecemos casos como este...

Elas estão tão vulneráveis!

Tenha um lindo dia

viviana

Xabonas disse...

"Que só seremos uma sociedade verdadeiramente civilizada quando a ninguém faltar o necessário?

Quando não existir mais velhos abandonados ou obrigados a prover o próprio sustento, mesmo não tendo mais forças físicas.

Quando não houver mais crianças sem lar e carinho...

Quando todos os cidadãos tiverem moradia, alimentação, vestimenta e recursos para a saúde.

Quando, enfim, todos os membros dessa sociedade se ajudarem mutuamente.

Enquanto tudo isso não acontecer, seremos apenas povos esclarecidos, mas não civilizados."
.....texto copiado de: Redação do Momento Espírita

Viviana disse...

Olá Xabonas

Mas que interessante!

O que deixou escrito no seu comentário, tem muito a ver com o meu sentir, que me levou a publicar este texto.

Agradeço a sua visita aqui ao meu cantinho e as palavras aqui deixadas.

Obrigada.

Já fui "espreitar" o seu blogue, que achei muito interessante, mas pretendo voltar com mais tempo para ver melhor e deixar um comentário.

Desejo-lhe um lindo dia de Quarta-feira.

Um abraço

viviana

gaivota disse...

pois é verdade, minha amiga, acidentes continuam a a acontecer sem qualquer tipo de "explicação" (se acaso é possível...)
e o melhor do mundo são e serão sempre as crianças!
beijinhos

Viviana disse...

Olá Gaivota linda

Infelizmente acontecem com demasiada frequência...

E é como se nada fosse...

A vida continua.

Fala-se dois ou três dias e depois esquce-se, até surgir outro caso igual para falar..

Um abraço

viviana

renato_oliveira disse...

Olá Viviana!

Deviam ser o melhor do mundo! Mas há sempre alguém que não lhes permite que o sejam!

Mas, cuidado, muita atenção, porque o que aconteceu a estas crianças, não é um acidente qualquer!

Onde pára a Seg.Social e o Instituto que tutela a situação das crianças? Que fazem nestas situações?

Estas crianças foram confiadas a uma irmã mais crescida com um namorado toxicodependente! Irmã essa, se calhar, também vitima desta maldita "engrenagem"!

Um Abraço,

Renato

Pelos caminhos da vida. disse...

Que triste.

Amiga tem desafio pra vc la no blog presente.

beijooo.

Viviana disse...

Olá Renato, meu bom amigo

Repare que nada acontece a ninguem que contribuiu para este drama.

Está tudo ok.

As crianças serão amanhã enterradas e a vida continua como se nada tivesse acontecido.

Não pode ser...

Tenha uma boa noite

Um abraço

viviana

Viviana disse...

Olá Ana linda

Amiga querida

Agradeço-lhe do coração o Selinho.
Mas sabe, eu não posso ir buscá-lo porquanto eu não acredito no mau olhado.

Entende?

Não me vai levar a mal por certo, não é?

Um beijo

viviana

Rosa disse...

Toma Tu Senhor conta delas, já que nós com tantas "siglas" instituições, leis... e outras coisas, não fomos capazes.

Viviana disse...

Querida Rosa

Na verdade, temos que fazer essa prece ao Senhor.

Assim digo:

Amen e Amen

Um abraço, amiga querida

viviana

carmen disse...

Coisa triste, Vivi

Que coisa!!!

bjs