terça-feira, 30 de junho de 2009

Liberdade de expressão


Peninha -Serra de Sintra

Conheço alguem, que quando teve lugar a Revolução dos Cravos no dia 25 de Abril de 1974, celebrou, festejou o acontecimento, deu asas á sua alegria, eu sei lá, o que mais fez ele!

Porque, dizia, agora finalmente havia "LIBERDADE DE EXPRESSÃO"!
Agora já se podia falar, já era possível dizer o que se pensava!
E isso era a melhor conquista para o povo português!

Só que, a pessoa em questão, tanto antes do 25 de Abril, como depois... até hoje... nunca deixa ninguem falar, alguem acabar de transmitir uma ideia, um pensamemto, porque mal o outro abre a boca, imediatamente é interrompido, e ele pretende mesmo é fazer-se ouvir, fazer passar as suas ideias... as dos outros, pouco ou mesmo nada lhe interessam.
E mais: Uma das suas frases preferidas é: "Tu cala-te".
Afinal tanta euforia pela chegada da LIBERDADE DE EXPRESSÃO, para quê?

9 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Para nada.

Boa noite amiga.

beijooo.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Olá Viviana!

Há pessoas que são eles mesmos os ditadores!Conheço muitas assim:só as vozes deles são sonoras,apenas seus pensamentos são brilhantes...

Para que conversar...para que poder falar-se sobre tudo se eles nos impedem?

Gostei muito do post,se encaixa em alguns conhecidos meus,rsrsr!!!

Beijos com carinho!!!Sonia Regina.

Anita disse...

Eseja sempre disposta a dar um sorriso amigo, uma palavra de amor e optimismo em todos os momentos da sua vida, porque o sorriso é o espelho da sua alma!!!

Beijinhos.
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

Viviana disse...

Olá Ana linda

Diz bem...nada.

Um abraço

viviana

Viviana disse...

Querida Sónia

Acho que tem razão:

"Para que conversar...para que poder falar-se sobre tudo se eles nos impedem?"

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida Anita

O ideal mesmo é estar sempre bem disposta e com um sorriso.

Por vezes é difícil, mas não é impossivel.

Um abraço

viviana

bete disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bete disse...

Vivi, a frase "porque não te calas?" só ficou bem ao rei de Espanha para o presidente Chavez.

De resto, acho horrível mandar alguém se calar, sabe que aqui em casa a gente não manda nem a cachorra se calar? Quando ela está a latir muito, a gente a chama para dentro, e a agrada para acalmá-la.

Viviana disse...

Querida Bete

Imagino sim, como tratam bem aí em casa a Cachorra.

Claro, eos familiares.

Acho tão lindo e tão importante respeitar a "fala e a voz" dos outros...

Os meus netos, quase todos...passaram por a fase de mandar os outos calar.

Eu sempre, sempre intervi ensinando que isso era horrívelmente feio.

È sagrado o direito de cada um para falar, para expôr as suas ideias.

Eles aprenderam...

Hoje, não oiço mais nenhum mandar calar o outro.

Funcionou!

Um beijo, amiga linda

Viviana