terça-feira, 9 de junho de 2009

Porque Deus permite que as Mães vão-se embora?


Mãe e filha - Imagem da net

Por que Deus permite que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite, é tempo sem hora,
luz que não apaga quando sopra o vento
e chuva desaba, veludo escondido
na pele enrugada, água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra - mistério profundo - de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei:
Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho
e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho.

(Carlos Drummond de Andrade)

9 comentários:

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Viviana!

Porquê,eu também lhe pergunto!!!

Perdi a minha mãe há 35 anos e ontem fazia uma faxina geral em meu armário,pois o quarto apresentou problemas com cupins e para acabar com eles tudo foi retirado do quarto e estava a arrumar aquelas tantas coisas que juntamos vida afora.

De repente vi um embrulho ,com o papel já amarelado e ao abri-lo verifiquei que eram dois vestidinhos muito simples de minha mãe(falecida aos 58 anos)que havia guardado de lembrança.

Ao tocá-los me veio uma emoção tão imensa que chorei feito criança,encarapitada sobre a escada,pois a saudade aflorou como se ela tivesse partido naquele momento.

Mães são inesquecíveis,para sempre!!!

Drummomnd sabia o que dizia!!!

Perdoa o desabafo!!!

Beijos com muito carinho!!!Sonia Regina.

gaivota disse...

é assim, viviana querida... mas as mães não morrem nunca, apenas partem... descansam mais ums pouco...
beijinhossssssssss

Viviana disse...

Querida Sónia

Posso imaginar a emoção ao encontrar o embrulhinho...

Estava a ler e ao mesmo tempo a ver toda a cena, boa amiga.

Ah! mas dói tanto a saudade de uma mãe!

Mas enfim,O que sabe todas as coisas assim o determinou...

Não peça desculpa por o desabafo, amiga linda.

desafe sempre que aquiser, sentir e fôr necessário.

Obrigada por ter partilhado comigo.

Um beijo

viviamna

Viviana disse...

Olá Gaivota lnda

Eu sei o quanto a minha querida amiga tem em conta o Amor de Mãe...

Já temos "falado" sobre isso.

Eu recordo o que me contou sobre a sua~Mãe.

Diz bem, uma Mãe nunca morre.

Ela só não está presente fisicamente...

De resto é tudo igual.

Tenha um lindo dia, boa amiga
um beijo

viviana

talita disse...

Querida Viviana, querida Sonia

Vocês me emocionaram com os comentários, pois tenho a felicidade de ter mãe e pai ainda ativos, aos 81 e 84 anos, mas imagino o que me espreita se eu viver mais que eles.

Tive que ir chorar no banheiro, às escondidas.

Mas agora, ao voltar para escrever este comentário, toca o meu telefone e quem é, senão a própria D. Helô? Queria uma "assistência técnica" para um texto que está digitando no computador e que não consegue escrever em "Arial". rsrsrs

Uma coisa que eu acho interessante é que mãe e pai são realmente eternos. Minha sogra perdeu a mãe quando esta tinha 48 anos. Quando minha sogra tinha 80 anos, tinha idade suficiente pra ser mãe de sua mãe. No entanto, continuava se sentindo "filhinha". E tenho a impressão de que, se sua mãe aparecesse ali, com 48 anos, ainda assim ela diria "mamãe" e correria para os seus braços a pedir conselhos!

Um beijo afetuoso

Talita

Viviana disse...

Querida Talita

Que benção ter Pai mãe asim activos ainda...

Que bom!

Sabe, eu descobri por acaso a semana passada este poema que eu não conhecia.
Achei-o tão lindo que imediatamente o guardei para publicá-lo aqui.
E não é que enquanto o lia, senti uma imensa saudade da minha mãe, que chorei, chorei muito...

Com a alma dorida olhei para Deus e perguntei-lhe porque é que Ele decidiu fazer assim com as mães.
As mães são tão especiais que deviam ficar conosco para sempre...
Então Ele disse-me ao ouvido:

"Viviana, as mães dão-se tanto, e fazem tanto pelos filhos, e não só...que elas ás tantas estão tão cansadas, tão cansadas, que é uma benção, um prémio, serem chamadas para irem para junto do Pai para descansarem e ficarem serenamente á nossa espera.
Por isso para elas é mmuio melhor partir...
Aí o meeu coração acalmou.

Obrigada boa amiga pelo lindo e interessante comentário que aqui dixou.

Gosti muito de ler.

Tenha um bom fim de dia.

Um grande abraço

viviana

renato_oliveira disse...

Viviana!

Para já conseguiu uma esplendorosa foto para "colorir" este post!

Depois, falar da Mãe!!! É muito fácil e... muito dificil, para quem a perde!

"Porque Deus permite que as Mães vão-se embora"?

Um dia as encontraremos! Deus, certamente assim o quer!

Tenha dois bons feriados, com muita saude e muita alegria!

Um Abraço,

Renato

Ana Maria disse...

Mãe não tem limite, é tempo sem hora.
Bela frase, palavras profundas.
Beijinhos querida amiga!

Viviana disse...

Querida Ana Maria

Eu bem sei o quanto a sua alma de poetisa pode compreender o AMOR de Mãe!

Que bom que assim é.

Um beijo

viviana