terça-feira, 16 de março de 2010

O Inverno cá e o Inverno lá


O mar português- -ontem, na Ericeira.


A filha da minha amiga Brita (que é professora tambném) com os alunos no bosque.


Mar Báltico - Utto - Finlândia


Esquiando na neve

Estamos a poucos dias de nos despedir-mos deste inverno bem rigoroso, que se instalou em Portugal, trazendo muita chuva, muito vento e muito(?) frio!
As andorinhas já voltaram e andam numa azáfama construindo os seus ninhos.
Os gatos e as gatas lá da aldeia, têm andado num namoro pegado e bem ruidoso, com muitos "miaus".
Os melros pretos de bico amarelo, empoleiram-se nas antenas das televisões nos telhados, entoando o seu cântico favorito afinado, para atrair as fêmeas.
Os meus canários cantam que se "desunham", num trinado tão elaborado e tão comprido, que nos causam aflição por estarem tanto tempo seguido sem respirar, para conquistar as canárias que se fazem difíceis - é tão engraçado observar - mas que depois se entregam totalmente "de alma e coração"!
Incrível a rapidez com que a jovem canária castanha construiu o ninho mais belo e perfeito que já vi! Três dias, foi o tempo que demorou.
O nosso mar português está calmo e tranquilo, emoldurado pelas belas flores amarelas, que nasceram bem á beirinha da água.
Os prados cobrem-se de flores brancas e amarelas.
Tudo está verde e luxuriosamente viçoso.
É que vem mesmo aí a Primavera.

Tudo isto cá!

Mas lá, na bela e tranquila Ilha de Utto, no mar Báltico, onde há dias, 50 navios ficaram bloqueados no gelo, lá nessa terra que eu amo e que me enternece, me comove e me inspira, pois nela ainda tenho as minhas raízes, porque ali nasceu e cresceu o meu querido avô Alvar Bengelsdorff...lá, dizia eu, ainda tudo é um manto branco, tão branco, tão alvo, tão belo, que nos impressiona, nos cativa, e nos atrai.
É através da minha querida amiga Brita, professora da escola primária local, que apenas tem três alunos: uma menina e dois rapazes, é através dela, dizia eu, que eu vou sabendo da transição do Inverno para a Primavera.
Ela disse-me hoje que a primavera está a chegar. Que já apareceu por lá o primeiro melro a cantar.
Disse-me também que algumas pequeninas flores começam a espreitar, metendo a cabecinha fora da neve.
Tão diferentemente do nosso, o mar Báltico, ainda se encontra coberto de blocos e placas de gelo. Mas segundo ela informa, o problema com o bloqueio dos navios está resolvido, e nada de grave aconteceu. Apenas ainda demoram muito mais tempo a fazer a travessia para o outro lado.

Inverno cá! Inverno lá!

Ambos belos, porém muito diferentes!

10 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Aqui estamos nos despedindo do verão que foi o mais intenso de todos os anos, com isso posso imaginar que o inverno aqui vai ser rigoroso(sou muito friorenta) não gosto nem um pouco dessa estação.

beijooo.

Sapatinho de cristal disse...

Onde eu moro é sempre verão mas tb tem muitas flores o inverno e meio escasso sinto falta...suas imagens estão lindas>
ah não sei se vc gosta mas tem um selinho pra vc no meu blog ..
Bjus!:*

Ao toque do Amor disse...

Hummm.que friozinho por ai, heim???
Vi,que mudou a lazy ficou limpida, aconchegante..eu gostei.
E aí, é voce rodeada pelos lindos netinhos?
viviana, por aqui estamos indo bem, ainda estamos na correria, agora meu marido vai retirar um nódulo no peito, a cirurgia esta marcada para o dia 1/4 Mas, continue firme nas promessasd do Senhor e confio que tudo ocorrerá bem.
Me desculpe por andar sumida. Espero que entendas.
Deixo o meu toque de carinho e amizade a minha tão querida e amada doce Viviana
bjus
san

Ah...quase me esqueci...vim te oferecer o selo comentarista excelente.

renato disse...

Olá, Viviana!

Duas realidades distintas, mas de uma beleza sem par!

O Inverno é um período de tempo com a sua beleza, mas também com as suas agruras que marcam e de que maneira algumas zonas do globo, como a tragédia que aconteceu na Pérola do Atlântico!

Mas temos que nos "contentar" com as realidades do tempo, seja bom ou seja mau!

Dejeso que tenham um bom final de tarde e uma noite abençoada!

Um abraço,

Renato

Viviana disse...

Olá, Ana linda!

Eu sei, estou a par.

Foi um verão de muito, muito calor, aí no Brasil!

Deve ser difícil suportar temperaturas tão elevadas!
Eu prefiro o frio.

Um beijo

viviana

Viviana disse...

Olá Cássia!

Mas que gentileza da sua parte!

Aprecio selinhos, sim.
Já fui espreitar

É lindo!

Irei lá buscá-lo.
Obrigada

um beijo

viviana

Viviana disse...

Querida Sandrinha

Minha amiga linda

Mas que bom saber de si...

Alegro-me e agradeço ao bom Deus pela forma como Ele tem abençoado o seu marido.
Vamos confiar que tudo irá resolver-se e que na próxima quarta-feira a mão do Senhor vai etar com ele.

Então apreciou as mudanças no meu blogue?

Que bom!

Fico contente.

Sou eu sim, no meio dos meus netos.

São lindos.

Já fui espreitar o selinho e achei-o lindo.
Obrigada pela simpatia, boa amiga.

Irei buscá-lo amanhã se Deus quiser.

Um grande e crinhoso abraço

viviana

Viviana disse...

Olá Renatom meu bom amigo

Sim, ambos os invernos têm a sua beleza.

Lamentavelmente houve aquela ocorrência triste na Madeira.
Creio que ninguémesperava.

É curioso, mas eu gosto do inverno.
Passo melhor nele que no verão.

Tenha uma boa noite de decanso.

O meu abraço muito amigo

Viviana

esperança disse...

Boa noite maninha linda.

Que bom é para mim ver as fotos da "Utto na Finlândia." Nunca pensei que um dia poderia contemplar aqueles lugares de onde vêm as nossas raízes. Tentei imaginar lá os nossos bisavós, e o nosso avô por ali a brincar, nos mesmos lugares que a Brita pisa com os seus alunos. A vida dá cada volta!!!...

Quem me dera ser poetisa para cantar em lindos versos o nosso Mar Português. Eu gosto muito do nosso Mar...Gosto de toda a Costa Portuguesa, é infinitamente bela !!!...

É verdade, a Primavera está aí em força! É um regalo para os olhos e um palpitar alegre para o coração. Se até os passarinhos andam contentes, como não havemos de estar nós ? Depois de um Inverno tão rigoroso, ver a vida a brotar por tudo quanto é sitio.
A estação que mais gosto, é a Primavera, e como tu, não me dou bem com muito calor.

Tem, tenhamos todos uma boa noite e um bom dia amanhã
Esperança

Viviana disse...

Olá minha linda maninha Esperança


Posso imaginar o quanto te toca eesa linda Ilha do mar Báltico...

Também a mim...

Comovo-me até.

Pena não estar cá a nossa mãe para poder apreciar também.

Beijinhos e uma boa noite

viviana