terça-feira, 26 de maio de 2009

Menina de dois anos e meio, abandonada de madrugada na esquina de uma rua em Faro no Algarve.


Vista parcial das Instalações do Refugio Aboím Ascenção


O Dr, Luis Villas Boas, Director do Refúgio


Crianças do Refúgio Aboím Ascenção em Faro no Algarve.

Em Faro, no Algarve, uma menina de dois anos e meio, semi nua, vestindo apenas um casaco de pijama, uma fralda e calçando uns chinelos de mulher, foi abandonada ás quatro e trinta da madrugada, na esquina de uma rua, em frente do Refúgio para Crianças, Aboím Ascenção.
Será que poderemos por um instante imaginar a cena?
Os perigos e riscos que correu?
O terror e o medo que terá enfrentado?
Felizmente que Deus cuidou dela, pois alguem a viu e a entregou ao Refúgio, onde está e ficará, até o Tribunal de Faro decidir o seu futuro.
E nós, que somos pais e avós, perante isto ficamos com o coração gelado e perguntamos:
Como é possível os pais fazerem isto?
Humanos! Serão humanos?
Pois se nem as feras e os animais abandonam os filhos!
Pobres crianças que vêm ao mundo para ter esta sorte...
Que bom que existe o Refúgio.
Que bom que existe o Dr. Luis Villas Boas, seu director.
Que bom que existe todo aquele grupo de colaboradores que faz daquela Instituição Portuguesa, uma referência exemplar, no apoio ás Crianças abandonadas.

10 comentários:

Ana Maria disse...

Que triste amiga!
Infelizmente o mundo está cheio de irresponsáveis e desumanos.
Beijinhos!

Pelos caminhos da vida. disse...

Revoltante que uma mãe(se é que posso chamar assim),fazer uma coisa dessa com uma criança.
O mundo esta de pernas pro ar só pode ser.

Tem selinho la pra vc amiga.

beijooo.

bete disse...

Que bom que existe o Dr.Villas Boas e sua equipe.

Deus deve sofrer muito, de contemplar esse abandono desde os céus, muito triste, muito triste, não tenho o que dizer.

A Flor disse...

Que tristeza... infelizmente são tantos casos de mães/pais que não o merecem ser....

Bom seria as crianças terem uma família que as acolhesse.... elas precisam tanto de amor...

Amiga, arranjei um tempinho para responder ao seu desafio, não em cinco, mas em seis respostas.. :-)

Beijokinhas da Flor e que o Senhor seja com a irmã e com toda a sua família.

gaivota disse...

é verdade, minha amiga, este refúgio é uma obra digníssima que tem dado prova de tão bom trabalho em prol do que de melhor há no mundo, as crianças!
que Deus os ajude neste bom trabalho
beijinhos

neli araujo disse...

Vivi querida,

Eu realmente não consigo entender pessoas que agem desta forma!

Só entristecem meu coração!

beijinhos, linda!

Neli

renato_oliveira disse...

Olá, Viviana!

Crianças sem direitos fundamentais
Os casos já estão a ser demais...

São muitos os cidadãos como nós, que dizem que isto nunca devia acontecer...

Mas porquê, Senhor...as crianças!!!


Renato

Licas disse...

Aqui sim, vive-se a família, o amor pelos outros e os direitos das crianças.
Poucos sítios existem assim.
Tenho o máximo respeito por esta instituição e especialmente pelo seu director.
Que Deus os proteja!
Um abraço
Licas

Viviana disse...

Querida Ana Maria,

Sempre que algo causa sofimento ás crianças, é muito, muito triste.

Olá ana linda,

Causa revolta, sim, amiga.

O pior é que pouco ou nada podemos fazer...

Falta muito o AMOR nos corações das pessoas.

Querida Bete, Um dia detes, se Deus permitir hei-de falar aqui com mais desenvolvimento do Dr. Villas Boas e "do Refúgio".

Sabe que essa instituição recebeu um prémio e um louvor da Princesa Diana?

Recebeu sim, por ser exemplar.

Olá querida Flor,

Já fui espreitar "as suas seis preferências".
Giro!

Quanto ás crianças, estão sempre a acontecer casos...

Já aí temos outro:

O triste caso da Alexandra...

Neli querida, Até pode parecer que eu tenho prazer em apresentar aqui estes casos tristes...

Mas não!

Sinto é que os devo denunciar!
è o mínimo que eu posso fazer por as crianças.

Ah! mas que visual lindo que a minha amiga tem!

Gostei.

Olá Renato, meu bom amigo

È verdade!

São mesmo casos a mais...

Agora já temos outro.

O triste e revoltante caso da Alexandra.

Veja só o que fizeram com aquela criança e os pais de afecto.

Querida Isabel

Ah! sim!

O Dr. Vilas Boas e o seu "Refúgio"
é um exemplo a seguir.

Quanta entrega, quanto AMOr, quanto bem querer...

Devemos orgulhar-nos dele e da sua Instituição.

È exemplar.

A todos os queridos amigos que aqui dixaram os seus comentários, o meu muito obrigada.

Um grande abraço

viviana

Marlene Maravilha disse...

E que crianca linda!!!
Nao dá mesmo para entender...por mais que queiramos.
Deus a guardou e com certeza tem planos para a sua vida! Que seja de alegria, porque nao poderia ser feliz ao lado de quem nao a queria.
beijos