sexta-feira, 8 de maio de 2009

Que pena! Eles nunca mais passarão de mão dada...




A Última vez que os vi passar - Fevereiro de 2009.


Em Outubro de 2008
Durante mais de trinta anos, eles passaram de mão dada debaixo da minha janela, irradiando o seu amor e a sua ternura, pelos olhos, pelo sorriso, pelo corpo e até pela forma de andar...
Nunca, nunca os vi, que as suas mãos não estivessem entrelaçadas umas nas outras.
Serenos, calmos, tranquilos.
Ambos professores e pioneiros na criação do talvez mais importante Centro de Apoio e Formação de cidadãos Deficientes do Paìs - o CECD. de Mira- Sintra, que surgiu de um pequeno grupo de "Carolas," logo a seguir ao 25 de Abril.
Admirados e respeitados por toda a gente.
Há uns anos atrás ela ficou doente com cancro.
Lutou, lutaram,fizeram tudo quanto era possível fazer, mas a doença venceu e ontem ela partiu e deixou-o só.
Por isso, esse casal amoroso e terno, nunca mais passará por baixo da minha janela.
Agora ele ficou só, sem as mãos dela para entrelaçar nas dele...
Pergunto-me, preocupo-me, se ele saberá e será capaz de andar sózinho...
Quero confiar que sim.
Eu, vou sentir imensas saudades, de os ver passar, já sei.

8 comentários:

Vilma disse...

Mas têm uma história de vida juntos e isso irá confortar o coração do seu amigo.
Oro para que ele encontre em Deus o consolo e a esperança.
Fiquei triste porque acompanhei aqui no seu blogue a história deste casal, mas creio no Deus que converterá toda a lágrima e tristeza em alegria!
Um abraço Viviana!

bete disse...

Ah, Vivi, Vivi...

Como é linda a sua história, como é comovente e doce, Jesus.

E o pensamento voa... disse...

Vivi querida,

Que Deus abençôe seu lindo e bondoso coração, amiga!

Que o Senhor dê consolo ao seu amigo que fica, e a seus familiares.

Um beijinho sentido,
Neli

renato_oliveira disse...

Viviana!

É muito enternecedora a sua narrativa e o amor que coloca quando nos transmite, faz-nos, agradecer a sua bela lição!

Um abraço Viviana!

Renato

esperança disse...

Boa tarde maninha querida de bom coração.

E o pensamento voa...disse, e muito bem: que Deus abençoe o seu bondoso coração. Eu acrescento: bondoso, sensível, prestável, sempre pronto a ajudar seja quem for, preocupado com meio-mundo...por isso, agora está doente. Noto que estás um pouco, melhor, pois não te cansas tanto. Ao Senhor tudo é possível, quem sabe, ainda vai ficar como novo; essa é a minha prece.
Na verdade ontem foi um dia pesado para ti, já tinhas que chegue, e...antes de entrares em casa, recebes a notícia dessa senhora que vias montes de vezes passar por baixo da tua janela com o marido.
Minha irmãzinha querida, alegra-te, aproveita este tempo tão bom!!!...Que Deus nos vai dando...
Dorme bem, vai cedo fazer ó-ó,descansa, pois não dormiste a noite passado, e isso não é nada bom.
Um xi-coração
Esp

Viviana disse...

Querida Vilma

Obrigada boa irmã e amiga.

Sim, eu creio que o Pai de Amor cuidará dele e dos filhos.

Bete querida,

È uma bela história de Amor e de vida, sim.

Admirei-os muito.

Neli querida

Sinto que o Senhor está acuidando de mim.
Com tudo isto...apercebo-me o quão frágil sou, e como preciso do seu cuidado e do seu Amor.

Olá Renato, mru bom amigo

Sabe, procuro estar atenta ao fervilhar da vida á minha volta.

E depois...vejo histórias de vida lindas, como esta.

Minha linda maninha Esperança

Tu conheces-me como á palma das tuas mãos...

Estou melhor, estou bem, graças ás orações dos irmãos e amigos por mim.

O meu obrigada a todos os que aqui deixaram o seu comentário e a expressão da sua amizade,

Umabraço carinhoso

Uma boa noite de repouso

viviana

Marlene Maravilha disse...

Querida Viviana!
Eu já estava com saudades de vir aqui, creias.
A vida tem destas coisas minha querida. Perdas, danos, lamentos e saudades. Ainda bem que temos um Deus soberano que nos conforta a alma. Oremos pelo senhor na certeza que Deus o estará cuidando.
Eu também sentirei falta deste lindo casal. Mas ele tem muitas histórias para contar!!!!!!!!
Tudo tem um tempo determinado debaixo do sol.
beijos e Deus te abencoe! Feliz Dia das Maes!

Viviana disse...

Querida Marlene,

Que alrgria o seu regresso!

Ainda há dias passei pelo seu blogue para a cumprimentar, mas tal como a minha amiga disse, precisava de um tempinho para colocar as coisas em ordem... e só depois voltaria...

Bem vinda!
Sim, eu tenho orado por este senhor para que o Pai o console.

Um abraço

viviana