quinta-feira, 28 de maio de 2009

Um pouco da minha longa experiência na luta contra o Aborto.


Os que me conhecem, sabem o quanto dei de mim, da minha vida, do meu tempo, do meu entusiasmo, das minhas forças,das minhas capacidades...na defesa da vida dos bébés não nascidos, ou seja, na luta contra o Aborto.

Compreendi o que era o Aborto, no Terceiro Ano do meu Curso de Enfermagem, no início da década de sessenta.
Logo que terminei o curso, aí vou eu...por o país a fora, de Norte a Sul, de Este a Oeste.
Não consigo sequer recordar todos os lugares onde estive.
Por vezes encontro pessoas que mal conheço, ou desconheço mesmo, e que me vêm dizer que se lembram de eu ter estado em determinado lugar a fazer uma
Palestra contra o Aborto.
Procurava documentar-me o melhor que podia, numa altura em que havia muito pouco material sobre o tema.
Foi na Associação dos Enfermeiros Católicos Portugueses em Lisboa, no tempo em que era responsável a grande e exemplar Enfermeira, Maria Emília Costa Macedo, ao tempo tambem Directora da Escola de Enfermagem Artur Ravara, que encontrei todo o apoio quer em material como Slides, panfletos e livros, quer todo o apoio em incentivo e encorajamento.
Recordo que nessa altura ninguem falava o que quer que fosse sobre o Aborto.
Trabalhei enquanto pude, ocupando os fins de semana e as férias, prejudicando a família - quatro filhos e marido - para correr em defeza da Vida.
Fi-lo durante cerca de quarenta anos.
Mas valeu a pena.
E só disse que não, aos convites, quando já sofrendo muito com a Artrite, tinha muita dificuldade em deslocar-me.
Mas aí, Deus deu-me uma enorme alegria!
Conheci o advogado cristão Dr. João Botelho, e a Eugénia sua esposa, que sentiram da parte de Deus um apelo forte, para servi-lo nesta mesma área da defeza da vida, e que com uma enorme entrega e entusiasmo criaram "O Sabor da Vida".
Um dia destes apresento-lhes aqui este Movimento, eu prometo.
Insitiram para que eu trabalhasse com eles, mas não tinha já saúde para o fazer.
Dei-lhes todo o meu apoio e acordei com eles, que sempre que eu recebesse um convite para um Encontro ou trabalho nessa área, eu encaminharia os interessados para eles e para a sua organização.
Eles aceitaram e assim tem acontecido.
E eu estou tranquila e feliz, porque sei que eles estão a prosseguir o caminho que eu percorri durante mais de quarenta anos.
E eles têm uma enorme mais valia, são Jovens e muitíssimo bem preparados.
Não imaginam o quanto eu os amo, e quantas graças dou a Deus por as suas vidas e o seu trabalho.
Creio que nunca aqui tinha escrito sobre isto, mas um dia teria que o fazer.
E fi-lo agora, porque o meu filho mais velho, Pedro, no seu blogue, "Rua da escola", me sugeriu uma visita ao blogue "Conversas com Deus", para usar nove minutos do meu tempo para conhecer um vídeo que trata de um assunto que eu bem conheço, "O aborto por envenenamento salino", que é um método usado nas gravideses de fim de tempo", um método horrível, do qual eu já falava na década de sessenta.Peço-lhes que vejam por favor até o fim.
São apenas nove minutos do seu dia de vinte e quatro horas.


12 comentários:

Ana Maria disse...

Mulheres que têm filhos e os abortam, não merecem ser chamadas de mães.
Beijinhos querida amiga.

Pelos caminhos da vida. disse...

Um belo trabalho seu amiga,meus parabéns por tudo o que fizeste nestes 40 anos.
Que Deus te ilumine e abençõe todos os dias de sua vida.

beijooo.

gaivota disse...

uma profissão digna e cheia de interesse, é claro, com "pano para mangas", como o tema...
há que prevenir, isso sim
e mães não são só as que estão ou vão parir!
bom fim de semana
beijinhos

gaivota disse...

querida viviana, volto aqui, pois nem tinha falado do vídeo... é de facto uma filha de Deus!
que história de vida... desconhecia de todo essa tal solução salina...
como é possível!!!
que Deus nos proteja e ilumine
beijinhos

Anita disse...

A amizade engrandece a vida...
Dá forças para começar cada dia...
Consola quando estamos tristes...
Dá-nos paz quando chega a aflição...
Muito calor quando sentimos frio...
E afasta a solidão!

Obrigado pela sua amizade!!!

Amiga Viviana conheço a Eugénia e o seu marido já cá estiveram em casa numa das nossas reuniões de casais precisamente na altura do referendo contra o aborto.
Como foi uma benção para todos nós.
Obrigada Viviana por alertar tantas pessoas para este perigo que é o aborto.
Que cada vez mais pessoas possam ser consciencializadas para este mal que é o aborto.

Beijinhos.
Bom fim de semana.
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

Ao toque do amor disse...

Oi, mocinha!!
Que testemundo de vida, heim? Deus opera maravilhas, ele cuida dos seus, ele protege e os guarda sempre.
ela é uma escolhida do Senhor. aleluias.
e, quanto a voce, mocinha!!! tem um hino do hinario do cantor cristão, que diz: conta as bençãos, dize quantas são: recebidas da divina mão. Uma a uma, conta a cada vez, hás de ver, surpreso, quanto Deus já fez.
E continuamente fará em sua vida. Deus te abençõe, sempre.

renato_oliveira disse...

Olá Viviana!

É precisa muita informação e muito esclarecimento para a maior parte das mulheres não praticarem o aborto!

A Viviana lutou muito tempo, mas muitas outras pessoas o deveriam fazer para uma maior assistência a muitas mulheres que se tivessem algum apoio, mesmo da parte psiquiatra, não praticariam qualquer aborto!

Não podemos nem devemos condenar mulheres que, aflitivamente e sem qualquer ajuda recorrem a este sistema!Muitas das vezes com pouca idade e sem terem meios de subsistência!

Este video é uma lição de vida!

Um Abraço,

Renato

bete disse...

Viviana querida, fiquei deveras impressionada, não conhecia esse horrorso método.

Aqui em São Paulo, as meninas de rua praticam o chamado "pézada". Elas pedem para um homem lhes chutar o ventre para abortarem. Geralmente os policiais se prestam a esse sórdido serviço.

Marlene Maravilha disse...

"O que eu faco agora nao o entendes, mas entenderás depois", diz a Palavra de Deus.
Aí está. Fantástico vídeo em favor da vida! Deus na sua Onisciencia já sabia o rumo da sua vida em testemunhar e glorificar o seu nome e trabalhar para esta nobre causa, a cultivacao da Vida!!
Lindissimo texto Viviana. Parabéns também pelo teu trabalho maravilhoso nesta área! És uma pessoa especial!!!
beijos querida

Viviana disse...

Querida Ana Maria

Concordo consigo.

Olá Ana linda,

Obrigada boa amiga pelas suas palavras de apreciação do trbalho que com a ajuda de Deus, levei a cabo.

Olá Gaivota linda

Sim, boa amiga.

Há tanto, tanto para fazer!

Que Deus levante as pessoas certas para ajudar as mulheres a serem esclarecidasa sobre este triste e grave problema.

Tambem apreciei muito o vídeo.

Querida Anita

Interessante.

Então conhece o Dr. João Botelho e a Eugénia!

Eles são pessoas muito especiais...

gosto muito deles.

Sandrinha querida

Conheço muito bem esse hino.
Canto-o desde a minha infância...
e por isso sei-o de cór...

Claro, que acredito fielmente nas promessas do Pai.

Ele é Fiel!

Renato, meu bom amigo

Tem razão.

È mesmo necessário muito empenhamento das pessoas responsáveis, a fim de haver apoio e esclarecimento para todas as mulheres.
Para que dia-a -dia dimimua o número de crianças impedidas de viver.

Querida Bete,

Este método é sobretudo usado nos Estados Unidos da América, mas infelizmente tambem é praticado um pouco p+or todo o lado.

Horrores que se cometem!

Querida Marlene

Sim, esta jovem foi escolhida para glorificar o nome de Deus com a sua história de vida.

E ela fá-lo tão bem...

Eu, eu, minha boa amiga e irmã

Fiz aquilo que o Senhor me mostrou que devia ser feito!

A Ele eu rendo acção de graças e Louvor.

Obrigada por as suas tão carinhosas palavras para mim!

Deus sabe como elas me alegram e estimulam a procurar servì-lo mais e mais cada dia do meu viver.

A todos os bons e simpáticos amigos que por aqui passaram e deixaram os seus comentários, o meu muito, muito obrigada.

Abraço-vos com carinho

viviana

Fátima André disse...

Excelente post!
Obrigada, Viviana pelo seu testemunho tão bonito e tão nobre.
Um caloroso abraço :)

Viviana disse...

Querida Fátima

Muito obrigada boa amiga, por as suas amáveis e gentis palavras.

Lembrei-me de dizer algo sobre essa área da minha vida.

Um abraço

viviana