quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Estou para ver...


Bombeiros de Lourosa.

Hoje á tarde, uma jovem mulher-bombeira morreu carbonizada quando combatia um incêndio em Monte Meda - Gondomar.
Josefa Santos tinha 21 anos, era estudante universitária no Porto e exercia voluntariado como bombeira desde 2008. Há cerca de ano e meio, passou a conciliar essas duas actividades com as funções de operadora de caixa num supermercado de S. João de Ver, no mesmo município.
“Toda a gente gostava muito dela". Disse uma colega de trabalho.
Um bombeiro seu colega disse: "era muito simpática e sempre sorridente”.
Ouvi um outro seu colega dizer: "Era muito corajosa. Avançava sempre para a frente do incêndio e estava sempre a incentivar os colegas para continuarem...mesmo quando já estavam muito cansados."
A morte desta jovem mulher deu-se quando a viatura dos bombeiros ficou cercada pelas chamas, não tendo ela conseguido fugir.

As televisões anunciaram a sua morte nos últimos noticiários, porém até agora, e já lá vão várias horas...nem sequer foi apresentada uma fotografia sua, nem entrevistada a família.
Eu própria, tentei em vão... encontrar na net uma fotografia, pois teria muito gosto em publicá-la aqui.
Não vi enhum governante ou autoridade deste país, vir a terreiro lamentar a sua morte.Inclusivé, uma jovem que apresenta o "Minuto verde" na R.T.P., e que foi convidada pelo Jornalista Mário Crespo no noticiário das 21 na SIC, para se pronunciar sobre os incêndios em Portugal nos últimos dias, esteve todo o tempo muito sorridente e bem disposta, e que me lembre nem sequer falou na morte da jovem Josefa Santos. Como diria o meu irmão quando era adolescente: "Esteve sempre na galhofa".
Estou para ver...como lidarão com este tristíssimo caso.Que importância e que honrarias lhe vão dispensar...
Estou certa que se fosse da classe política ou das artes...a esta hora seria o assunto de momento e apareceriam todos a querer "botar palavra" e a elogiá-la.
Mas como era bombeira...adiante.

5 comentários:

Fernanda disse...

Por vezes sinto vergonha de fazer deste grupo a que nos chamamos seres humanos. Quanta insensibilidade. Se fosse para falar dos casos politicos vergonhos, fariam noticia constante. Se fosse filha de alguem considerado importante nos veriamos os jornais e noticiarios durante semanas a falar do mesmo.Mas para que falar de alguem que gratuitamente ou quase gratuitamente arrisca a vida em prol dos outros?

Pelos caminhos da vida. disse...

Qta tristeza amiga.

Que Deus ilumine a sua nova caminhada.

beijooo.

Fernanda disse...

Olhe Viviana estou triste. Recebi da radio lusitania a mensagem de um sr a pedir ajuda para trabalhar no estrangeiro porque tem 3 filhos e precisa de os manter na escola. ele nao pede nada mais o que todo o ser humano necessita para manter a dignidade : trabalho. Sei que tem alma sensivel, se quiser pode publicar o pedido. obrigado.

manuel marques disse...

Reparei nisso e sinto-me revoltado.Mas que raio de comunicação social é esta que temos ?
Estou solidário com o seu grito..

Beijo.

Multiolhares disse...

Como são tristes estes casos, seres jovens que se dão até á morte pelo país pelas outras pessoas, puro amor ao próximo, depois muitas vezes quando dizem algo é que são danos colaterais,triste mesmo
Bj