terça-feira, 3 de agosto de 2010

Um momento hilariante


A mangueira. Faz lembrar as cobras.

A velha e gasta mangueira (de regar) estava mesmo a precisar de ser substituída.
Tinha sido baratinha...daí a qualidade não ser por aí além.
A mãe costumava dizer: «O barato sai caro.» E creio que ela tinha razão.
Há pouco tempo abriu uma grande superfície (Modelo) pertinho da aldeia, e nós, eu e a minha irmã Teresa, logo no dia da inauguração decidimos comprar uma mangueira nova. Claro, que lembrando as palavras da mãe, optámos por uma das melhores e mais caras. É tão avançada, que tem uma série de opções e mecanismos que não é facil logo á primeira lidar com ela com sucesso.
Estes dias, ao fim da tarde, estava a regar com muito cuidado um canteiro onde tinha acabado de plantar algumas plantas. Digo, regar com cuidado, pois se o jacto de água fôr demasiado forte vai decerto desenterrar as plantinhas...
Bom, lá ia regando com muita precaução, mas a certa altura atrapalhei-me pois rodei para o lado errado, e ás tantas, estava a sair um jacto com enorme potência, que eu tentei desviar do canteiro para salvaguardar as plantas, e ao virar a mangueira para fora do canteiro, fui apanhar em cheio o sr. Jaime, que estava ali a trabalhar.Não foi nada! Apanhei-o de frente! Podem imaginar o banho que o homem levou!
Ao olhar para ele, deu-me um ataque de riso daqueles que é difícil de parar, e quanto mais me ria mais descontrolado estava o jacto de água que já ia em todas as direcções!
Foi quando clamei: Acuda-me sr. Jaime! Ajude-me a fechar isto!
Lá veio o homem perdido de riso, encharcado, fechar a mangueira.
Nota:
Informo, com muito prazer e satisfação, que já domino a técnica na perfeição.

7 comentários:

acácia rubra disse...

Quando se jardina com instrumentos novos, às vezes acontecem situações destas.

O engraçado é que tudo acabou molhado. Valera as boas risadas que fazem tão bem.

Beijo

Pico da Pedra disse...

Desculpe, já domina que técnica? A de encharcar pessoas?

EHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEH

Anita disse...

Já saudou o dia de hoje?
Olhe pela janela e diga: BOM DIA para a vida. Ela sorrirá para si. Experimente!

Amiga estive uns dias de férias mas agora estou de volta.
Quando chegamos a primeira coisa que fizemos depois de falar aos nossos cães e pousar as coisas dentro de casa, foi regar as plantas que devido aos fortes calores que se fizeram sentir na semana passada estavam mesmo necessitadas.
Como elas pareciam "agradecer-nos" por as estarmos a refrescar.
Beijinhos.
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

manuel marques disse...

Modernices querida amiga,ai que saudades do regador,Heheheheh.

Abraço.

Pelos caminhos da vida. disse...

Seu post me trouxe lembranças de qdo morava com minha mãe, nossa eu adorava pegar a mangueira lavar todo o quintal e ainda brincar com quem pizasse onde estava lavado, levava um banhão de mangueira.
Bons momentos.

beijooo.

carmen disse...

Vivi:

Ri muito ao ler esta sua crônica!!!
kkkkkkkkkkkkkk

Afinal, não é sempre que a gente pode dar um banho em alguma pessoa e dizer que foi culpa da mangueira...rsrsrs

Brincadeira à parte, eu ainda tenho aquelas bem antigas que tenho que controlar com o dedo... mas depois desta acho melhor ficar com ela mais um pouco...rsrsrs

bjs hilários

Fernanda disse...

Que me desculpe o Sr. Jaime, mas tambem eu, mesmo de tao longe dei umas boas gargalhadas ao imaginar a cena e sei que sempre que me lembrar vou comecara a rir. Espero nao estar em algum lugar publico sozinha senao chamar-me-ao doida, ams quando acho graca a alguma coisa rio mesmo sempre que me lembro. Nao e' muito facil algo provocar-me gargalhadas mas esse momento mereceu! ahah... beijinhos