terça-feira, 24 de agosto de 2010

Ninguém as semeou...


Florinhas na beira da Ribeira das Jardas.
Clique em cima para ver melhor.

... elas nasceram sòzinhas na beira da ribeira, no tempo próprio, assim distribuídas e entremeadas nas diversas cores e formas.
Vejam que bem resultou o conjunto!
Pensando bem...creio que seria muito pouco provável, que o melhor jardineiro decidisse semeá-las tal qual estão...decerto não se lembraria disso.

Ah! Ali "está o dedinho do Criador"!

7 comentários:

Anita disse...

Querida Viviana bom dia passo rapidinho só para deixar beijinhos com sabor a aniversário. Porque será?
Um dia lindo.
Fique bem. Fique com Deus.
Anita (amor fraternal)

Rosa disse...

Lindas, e ensinando-nos como é possível, mesmo juntos, uma sã convivência, sem invejas ou ciumes...
E mais ao fundo, lá estão (penso que ainda estarão) as saborosas amoras :)

Viviana, que seja uma tarde onde "tudo" corra bem.

Beijos

BC disse...

Sem dúvida, minha amiguinha, que sempre me fez e faz comentários tão belos, tão sensíveis e que eu gosto de retribuir com palavras, mas como disse agora à Teresa (Ematejoca)a cabecita tem que começar a desabrochar palavras como sempre, mas talvez mais para o Inverno, há mais concentração.
Beijinhos

Pelos caminhos da vida. disse...

Dedos esses maravilhosos.

beijooo.

manuel marques disse...

Flores líndíssimas.

Abraço

gaivota disse...

a mãe natureza, o dedo do criador... nascem espontaneamente, mais lindas ainda!
beijinhos

esperança disse...

Boa noite minha querida maninha.

Linnndaaaasssss... E viçosas...Tão frescas!!! As florinhas da sementeira de Deus.
Imensamente gratos por tanta beleza!!!...Para onde quer que olhamos, a beleza está lá; é preciso ter olhos de ver. É preciso sentir gratidão, todos os dias da nossa vida, pela luz dos nossos olhos, e por todos os outros sentidos, que nos proporcionam um prazer imenso!!!!...Nas cores, nos aromas e nos sabores, e também nos SONS.
Tem, tenhamos todos uma noite tranquila
Esperança