domingo, 1 de agosto de 2010

Porque hoje é Domingo (113)


Imagem da net.

Meus irmãos, pela fé que têm em Jesus Cristo, nosso glorioso Senhor, não tratem as pessoas com medidas diferentes! Imaginem, por exemplo, que entram dois homens na vossa sinagoga, um com anéis de ouro e ricamente vestido e outro pobre e muito mal vestido. Dirigem-se ao que vem ricamente vestido e dizem-lhe: «Senta-te aqui no lugar de honra!» Depois dizem ao pobre: «Tu fica aí de pé ou senta-te no chão junto ao meu estrado.» Não vêem que desta maneira estão a fazer diferenças entre pessoas e a julgá-las por critérios errados?»

Ouçam bem, meus queridos irmãos. Como sabem, Deus escolheu aqueles que são pobres aos olhos do mundo para lhes dar a riqueza da fé e os fazer herdeiros do reino que ele prometeu a quem o ama. No entanto, desprezam os pobres. Mas não são porventura os ricos que vos oprimem e que vos levam a tribunal? Não são eles que blasfemam contra o maravilhoso nome que foi invocado em vosso benefício?
Portanto, procedem bem, se cumprirem o mandamento fundamental do reino, que está na Escritura: Amarás o teu semalhante como a ti mesmo.
Mas se fazem diferenças entre as pessoas, isso é pecado e a lei de Deus condena-vos como transgressores. Pois aquele que cumpre os mandamentos da lei, mas despreza um só deles, é como se os tivesse desprezado a todos. Deus que disse: Não cometerás adultério também disse: Não matarás. Se matares alguém, ainda que cometas adultério, tornas-te fransgrssor da lei.
Portanto devem falar e viver como quem vai ser julgado pela lei da liberdade. Será julgado sem misericórdia aquele que não mostrou misericórdia.
No dia do juízo, a misericórdia é a que vence.
(Ep. de S. Tiago cap. 2:1 a 13)

4 comentários:

Rosa disse...

«Senta-te aqui no lugar de honra!»

É o que mais se ouve e vê na nossa sociedade.
Valorizam-se os que "pensam" ser...
os que aparentam ter.
São apenas exteriores e aparências a que "nós" homens damos importância.
São as diferenças,entre pessoas e bens, que orgulhosamente teimamos em fazer...
impedimos assim que a justiça, fraternidade e misericórdia... possam alastrar e contaminar a terra.

Obrigado Senhor Deus, porque não usas o mesmo critério para connosco.
Para Ti, temos outro valor...não necessitamos de forjar aparências... ou dissimular o nada que somos.

Pelos caminhos da vida. disse...

Passando rapidinho só pra avisar que estou de volta.

Senti tantas saudades desse mundo fascinante da blogsfera, dos amigos, é muito bom estar de volta.

beijooo.

manuel marques disse...

Uma linda e maravilhosa semana para você.

Beijo.

Ana Maria disse...

Amiga, tenha sonhos maravilhosos e com muita paz.
Beijinhos no seu coração!