quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Um bichinho simpático!


Uma lesma do mar? Clique em cima para vêr melhor.

Há uns dias, metemo-nos no carro e fomos passar o dia com o nosso filho mais velho - o Pedro - á Lagoa de Óbidos, na Foz do Arelho, onde estava a passar férias com a família.
È um lugar muito agradável, onde se pode escolher tomar banho no mar ou na lagoa.
A lagoa é enorme e tem uma "aberta" por onde entra e sai a água do mar, conforme as marés. É muito segura para as crianças pequenas e muito apreciada pelos adultos.
Quando chegámos á praia e nos instalámos, a criançada correu a mergulhar nas limpidas e transparentes águas. A certa altura descobrimos um "bichinho" - lesma do mar? - que surgiu vinda do meio da lagoa aproximando-se da margem, bem juntinho onde nós estávamos. Deslocava-se nadando de uma forma muito graciosa e elegante. Era preta e tinha como que umas "asas" grandes de cada lado do corpo.
Pareceu-nos que ela estava a gostar da nossa companhia, tanto assim que veio calmamente nadando até mesmo á beirinha onde estávamos. Não manifestou qualquer receio, e por ali andou algum tempo como que a meter-se conosco. Depois, assim como veio, assim se foi.Afastou-se vagarosamente e seguiu o seu caminho em direcção á parte mais funda da lagoa.
Consegui fotografá-la, o que me deu bastante alegria.
Nenhum dos presentes sabia identificá-la; chamámos-lhe "lesma do mar".
Já em casa fui pesquisar um pouco na net acerca dela.Encontrei apenas duas fotos e muito poucas explicações.
Será que algum amigo conhece bem este simpático bichinho e me pode dar alguns dados sobre ele?
Ficaria grata.

4 comentários:

gaivota disse...

minha querida, fui "criada" nessas águas da lagoa e desse mar maravilhoso, se bem que muito bravo...
a aberta ERA, já não é...
mexe-se e remexe-se na natureza e tentam modificar a fisionomia natural das coisas...
enfim, outra conversa...
a lesma é mesmo uma espécie de caracol do mar, sem casca, nós brincávamos com todos esses "bichinhos", mas não sei muito mais
andaste aqui pertinho, sou de caldas e estou na nazaré, como sabes!
beijinhos

Pedro Leal disse...

Segundo parece, são animais do género Aplysia, que pertencem à família Aplysiidae. Para além de lesmas-do-mar são também conhecidos como vinagres ou vinagreiras. Têm uma característica peculiar: quando ameaçados, libertam nuvens de tinta para dificultar a visão do atacante. Essa tinta é tóxica.
No centro da lagoa, num dia de maré baixa em que demos uma volta a pé, havia centenas delas, quase todas pretas ou castanhas escuras.

Ao toque do Amor disse...

Bom dia, minha linda e doce Viviana
Ah..já virou sua marquinha, heim!! se eu não escrever assim... meu coração reclama.
te ano e por isso vim te oferecer o selo campanha feliz
san

manuel marques disse...

Não conheço mas fiquei curioso.

Abraço.